Acusado de cárcere privado diz que esposa foi quem torturou jovem

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 30 set 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

Jpeg

O último acusado de torturar e manter sob cárcere privado uma jovem de 22 anos, em uma residência do bairro Pedrinhas, foi apresentado na Delegacia Especializada de Atenção a Mulher (DEAM), na tarde desta quarta-feira (30). Antonio Bispo Santos foi preso na tarde de ontem, na zona rural de Manoel Vitorino, no mesmo instante em que sua esposa prestava depoimento em Vitória da Conquista.

O depoimento de Antonio foi semelhante ao de sua companheira, Eliana Almeida de Araújo. Ele afirmou que a jovem foi levada para sua casa por outras duas garotas, uma delas identificada como Rafaela. “A Rafaela foi quem encontrou a menina em um posto e trouxe ela pra dentro de casa”. De acordo com Antonio, Rafaela foi quem praticou a maior parte da tortura contra a vítima, no intuito de descobrir o paredeiro de sua irmã, conhecida como Catibili. “Eu me arrependo de tudo. Não quero essa vida mais, não. Eu levei muita cadeia, muita porrada”, completou Antonio.

Ainda segundo Antonio, ele manteve relações sexuais consensual com a vítima. “Teve relação durante três dias, mas não foi forçado. Quem queimou ela foi minha mulher, porque me pegou em cima da cama com ela”, disse Antonio. Ele também negou ter agredido a jovem.

A delegada Decimária Cardoso, titular da DEAM, revelou que irá cruzar os dados com outras delegacias para descobrir o paradeiro de Rafaela e sua irmã, Catibili, desaparecida.

Os comentários estão encerrados.