Caso Jéssica: advogada repudia declarações da defesa do agressor

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 29 abr 2016

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

IMG_0732Após a divulgação do comunicado da defesa do acusado de agredir Jéssica Nascimento, a advogada da família da jovem se pronunciou repudiando o conteúdo do documento. A advogada Nádia Cardoso afirma que o seu colega, Gutembeg Macedo Junior, advogado de Américo Francisco Vinhas Neto, expôs a vítima de um crime “bárbaro e covarde”, que “não tem como se defender das acusações relacionadas ao dia do ocorrido” por estar em coma.

Ainda segundo a advogada, o conteúdo da nota “aumenta ainda mais o sofrimento da família da jovem, causando-lhe profunda humilhação e dor”. Dra. Nádia também não quis se manifestar sobre detalhes do caso “por entender que tais circunstâncias devem ser aferidas no processo penal e não na imprensa”.

Confira a nota na íntegra:

Na condição de advogada da família de Jéssica da Silva Nascimento, devo dizer que repudio a exposição a que foi submetida a vítima desse bárbaro e covarde crime com a declaração dada pelo advogado que se identifica como representante daquele que a polícia tem como suposto autor do fato, mesmo porque, por óbvio, a vítima, em coma na UTI, não tem como se defender das acusações relacionadas ao dia do ocorrido, mormente com relação às graves imputações de uso de entorpecentes, além da abordagem relativa a atos sexuais, os quais, a toda evidência, dizem respeito a intimidade dos envolvidos, sem falar da lastimável menção a concepção de seu filho que falecera por conta das agressões sofridas.

Tudo isso, sem sombra de dúvidas, aumenta ainda mais o sofrimento da família da jovem, causando-lhe profunda humilhação e dor.

Não vou me manifestar sobre detalhes do caso, muito menos sobre a intimidade dos envolvidos, por entender que tais circunstâncias devem ser aferidas no processo penal e não na imprensa submetendo a vítima, já bastante sofrida e com risco de morte, ao escárnio público.

Temos certeza que a justiça será feita e estamos trabalhando para isso.

Os comentários estão encerrados.