Polícia descobre através de redação escolar que advogado conquistense estuprava filhas

0

Publicado por Editor | Colocado em Polícia | Data: 05 abr 2017

Tags:, , ,

Redação
foto; arquivo BRG

Um advogado de Vitória da Conquista foi preso nessa terça-feira (4) acusado de estuprar as duas filhas, de 11 e 12 anos. A prisão ocorreu após comprovação obtida por laudo que atesta a violação dos órgãos genitais das garotas.

Em contato com o G1 Bahia, a Polícia apontou que o crime foi descoberto após a professora das crianças ler uma redação em que uma delas se declarou infeliz. A professora estranhou o relato, avisou à direção da unidade escolar, que comunicou o Conselho Tutelar. Em seguida, o órgão fez a denúncia à polícia, que investigou o caso e constatou os abusos.

O advogado teria declarado à Polícia que as filhas moram com ele e que a mãe delas não participa da criação das meninas. As vítimas estão sob cuidados de uma família acolhedora.

OAB

A Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Vitória da Conquista emitiu nota informando que o advogado foi encaminhado para o Conjunto Penal de Vitória da Conquista, onde se encontra em uma sela especial. Confira a nota:

Em relação aos fatos noticiados acerca da prisão do Advogado com as iniciais P.A.T, a Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Vitória da Conquista informa que:

• Conforme previsto no inciso IV do artigo 7º da Lei 8.906/94, é direito do Advogado ter a presença de representante da OAB, quando preso em flagrante, por motivo ligado ao exercício da Advocacia. Contudo, neste caso não se trata de fato ligado ao exercício da advocacia.

• A OAB – Subseção Vitória da Conquista foi acionada pelo advogado no momento da sua prisão e, por meio do presidente da Comissão de Sistema Penitenciário, Jefferson Soares, em defesa da prerrogativa de cela especial, compareceu ao DISEP e acompanhou os encaminhamentos que se deram dentro da normalidade.

• A OAB Subseção de Vitória da Conquista acompanhará o caso para adotar as medidas de sua competência, principalmente quando for comunicada formalmente pelas Autoridades acerca dos fatos, notadamente dando encaminhamento ao Tribunal de Ética e Disciplina da Seccional para, se for o caso, deflagração de processo ético-disciplinar em desfavor do advogado, o que pode culminar, dentre outras penalidades, com sua expulsão dos quadros da Ordem;

• A OAB Subseção de Vitória da Conquista ressalta que, além da persecução disciplinar, é seu dever zelar pelas prerrogativas e por toda advocacia, de igual modo prezando pelos postulados do contraditório e da ampla defesa, bem como da aplicação da lei, tendo a plena certeza que o Poder Judiciário dará o correto desfecho ao caso.

WENDEL SANTOS SILVEIRA – Presidente da Comissão de Ética e Disciplina da OAB Vitória da Conquista

Os comentários estão encerrados.