Após fuga de presídio, estuprador teria violentado três mulheres

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 14 mar 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

DSC_0171A fuga do acusado de cometer mais de 10 estupros, Marcos Suel Teixeira Brito, do Presídio Nilton Gonçalves durou 24 horas, mas foi tempo suficiente para ele voltar a cometer crimes. No período em que o preso estava foragido, três estupros foram registrados em Vitória da Conquista. Destes, pelo menos dois foram cometidos por Marcos Suel, aponta a Delegacia Especial de Atenção à Mulher (Deam).

“Houve dois estupros na noite do sábado, um por volta das sete horas da noite e outro por volta das 22 horas, e um no domingo às quatro horas. Uma vítima afirmou com certeza que o reconheceu. As outras vítimas não viram o rosto, mas informaram que as características físicas, a voz [eram semelhantes]. Inclusive uma relatou que ele [o agressor] mancava da perna. E ele [Marcos Suel], quando foi preso, estava mancando da perna por conta da fuga do presídio – deve ter se machucado”, afirmou a delegada titular da Deam, Decimária Cardoso.

Após ser preso, às 11 horas desse domingo (13), Marcos Suel ainda conseguiu fugir da carceragem da delegacia. No entanto, foi recapturado momentos depois. “Ele fugiu do presídio, e a Polícia Civil conseguiu localiza-lo e prendê-lo. No momento em que ele foi colocado na cela [da delegacia], os outros detentos começaram a agredi-lo, então ele teve que ser retirado e ser colocado temporariamente em outra cela. Nesta cela, ele conseguiu tirar as algemas, forçar a grande e conseguiu sair. Mas, imediatamente foram feitas diligências e foi recapturado minutos depois”, relatou Dra. Decimária.

A Polícia aponta que Marcos Suel tem um histórico de outras cinco fugas de delegacias da região.

Os comentários estão encerrados.