Bando que matou agente penitenciário é morto em confronto com a polícia em Anagé

0

Publicado por Editor | Colocado em Polícia, Vit. da Conquista | Data: 07 jan 2010

Tags:, , , ,

Na caçada aos marginais, que durou cerca de 4 horas, policiais civis recorreram à ajuda de um ‘mateiro’ (rastreador) para localizá-los no meio do cerrado. Ao todo, 3 bandidos foram mortos

do Blog do Marcelo . Atualizado em 08/12, às 7:51

O assaltante Ítalo Soares Cardoso, de 21 anos, integrante da quadrilha que assassinou o agente penitenciário Arionaldo Rodrigues, pouco antes do revéillon, foi morto às 16 horas desta quinta-feira (07), em troca de tiros com o Grupo de Apoio Tático da Polícia Civil de Vitória da Conquista-BA, na Serra dos Pombos, município de Anagé-BA.

A quadrilha era formada por quatro elementos que foram presos ontem em Livramento de Nossa Senhora-BA. Ao serem flagrados com droga um dos componentes se apresentou como dono do produto. Desta forma, os outros três foram liberados por falta de provas. Porém, ao deixarem a cidade foram vistos saindo de um matagal portando armas de fogo de grosso calibre e seguindo em direção a Vitória da Conquista num Corsa branco, com placa também identificada por testemunhas oculares.

A Polícia Civil de Vitória da Conquista, foi acionada e esperava interceptá-los em Sussuarana, município de Tanhaçú, porém, ao chegarem em Anagé cruzaram com o carro ocupado pelos bandidos, que ao se depararem com o GAT, aceleraram e assim iniciou-se uma perseguição “cinematográfica”.

Na tentativa de despistar a polícia, a quadrilha entrou numa estrada vicinal em alta velocidade, mas foram seguidos até capotarem o Corsa. Dois correram e se embrenharam num matagal, um resolveu ficar e de posse das armas, passou a atirar nos policiais; o cerco foi fechado e o bandido acabou sendo atingido no coração por um tiro de escopeta. Em seguida, a polícia conduziu o meliante ao Hospital de Anagé onde se confirmou o óbito.

GAT tomba mais dois do bando de Ítalo

Os dois integrantes da quadrilha que assassinou a tiros o carcereiro Arionaldo Rodrigues, pouco antes do réveillon, Henri Luís dos Santos Júnior (26) e Ricardo Barreto Lopes (24) (ambos foragidos da Justiça), e que conseguiram escapar do cerco do GAT- Grupo de Apoio Tático da Polícia Civil, na tarde desta quinta-feira (07), foram abatidos em violento tiroteio na localidade de Lagoa Torta, município de Anagé às 19 horas.

Após a primeira troca de tiros às 16 horas, que culminou na morte de ìtalo Soares Cardoso (21), o GAT empreendeu uma apurada busca em toda a região da Serra dos Pombos (Anagé-BA). O terreno é acidentado, pedregoso e com vegetação cerrada, o que dificultou a investigação.

Os policiais localizaram um “mateiro” (rastreador) no qual colocaram um colete à prova de balas, que os ajudou a encontrar pegadas e pistas (como uma garrafa d’água recentemente descartada). Em dado momento, de uma moita fechada surgiram os dois elementos atirando contra o GAT. O tiroteio durou cerca de quinze minutos até o desfecho com a morte dos marginais.

A Polícia Civil conduziu os corpos ao Hospital Municipal de Anagé, onde os óbitos foram constatados pelo médico de plantão.

Escreva um Comentário

Faça o login para publicar um comentário.