Associação de Reservistas pede apoio da Prefeitura para implantação de Batalhão do Exército em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 29 jun 2019

Tags:

Prefeito Herzem Gusmão recebe projeto daAssociação de Reservistas das Forças Armadas e Febianos (Arfaf)

Na manhã desta quinta-feira (27), o prefeito Herzem Gusmão recebeu membros da Associação de Reservistas das Forças Armadas e Febianos (Arfaf). O encontro teve como propósito entregar ao Governo Municipal um projeto que solicita às autoridades públicas a implantação de um Batalhão do Exército Brasileiro em Vitória da Conquista.

De acordo com a Associação, a cidade aguarda a construção desse Batalhão desde 1989. “Quando o então presidente Collor de Mello contingenciou as Forças Armadas, e esse Batalhão ficou no esquecimento por 30 anos. Agora, nós retomamos, com essa receptividade do prefeito, que para nós é muito importante”, explica David Vieira, presidente da Arfaf.

Além da capital baiana, apenas os municípios de Feira de Santana e Barreiras possuem uma unidade ativa do Exército. A região sudoeste da Bahia e norte de Minas Gerais, portanto, encontram-se desprotegidas em caso de algum conflito externo. Nesse sentido, a proposta da Associação é implantar ou transferir uma unidade ativa para cá.

De acordo com o prefeito Herzem Gusmão, a localização privilegiada de Conquista favorece o projeto, que conta com total apoio da Prefeitura. “Recebemos o projeto da Associação, eles solicitam a criação do Batalhão do Exército Brasileiro aqui, em Vitória da Conquista, e terão todo o meu apoio. Vamos encaminhar esse pleito para o Ministro da Defesa e para o Presidente Jair Bolsonaro, para que eles possam atender ao nosso pleito”, afirma.

A proposta também visa facilitar o ingresso dos jovens na carreira militar

Somando-se à questão da segurança pública, a medida virá a impulsionar a geração de emprego e renda, como também facilitar a logística de algumas políticas públicas, a exemplo da “Operação Carro Pipa”, uma parceria entre o Exército Brasileiro e o Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional. A instalação da unidade em Vitória da Conquista também irá significar o melhor aproveitamento dos 4 mil conscritos anualmente para prestação do serviço militar, já que, atualmente, apenas 50 desse total são selecionados.

Ubaldino Figueiredo, representante da Afarf, destaca que a proposta também visa facilitar o ingresso dos jovens na carreira militar. “Então seria uma maneira de, além da prestação de serviço militar pelo jovem, dotar a cidade de um Batalhão do Exército, para que esses jovens tivessem uma renda, e além da renda, ter uma formação profissional. Porque as Forças Armadas proporcionam essa condição, além da formação moral e a formação familiar, a formação profissional”, diz.

Os comentários estão encerrados.