Associação pleiteia construção de feira popular na Morada dos Pássaros

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 06 maio 2017

Tags:, ,

da Redação
Conteúdo Ascom / Prefeitura

Projeto foi apresentado nesta quinta, 4; Prefeitura vai analisar, ouvir técnicos e dar parecer final

Desde que foi fundada a Associação de Feirantes da Morada dos Pássaros, há cerca de dois anos, os cerca de 160 integrantes se mantêm unidos no propósito de organizar uma feira popular no bairro. O objetivo é que todos os associados – muitos deles hoje desempregados – possam garantir suas fontes de renda a partir desse empreendimento.

Desde então, o projeto rendeu. A entidade já se reuniu pelo menos duas vezes com integrantes da Administração Municipal, a fim de pleitear autorização para a construção da feira. Em caso de aprovação da demanda, a própria associação já adiantou que se encarregaria de arrecadar fundos e construir os boxes e tudo o mais que está previsto no projeto.

Na tarde desta quarta-feira, 4, uma comissão* designada pelo prefeito Herzem Gusmão foi à Morada dos Pássaros 3, na zona sul da cidade, para conhecer o local onde a associação pretende construir a estrutura da feira.

Trata-se de um terreno pertencente ao município, com área total de 4.935,39 metros quadrados, no qual está situada a unidade de saúde do bairro. A planta do projeto, mostrada pela entidade aos representantes da Prefeitura, prevê uma estrutura com área verde, praça de alimentação, jardinagem, setor administrativo e estacionamento para 76 automóveis e 22 motocicletas.

Os boxes estariam divididos por área de atuação dos prováveis comerciantes: bijuterias, confecções, utilidades domésticas, hortifruti, frios, biscoitos, artesanato e carnes vermelhas e brancas, além de sanitários e área para carga e descarga. A planta estipula 1.382,37 metros quadrados de área construída.

Após analisar o projeto, os integrantes da comissão deverão fazer uma análise técnica da proposta e apresentá-la ao prefeito. Com base nessa avaliação, o gestor ouvirá ainda técnicos da Prefeitura e, por fim, dará o parecer final, permitindo ou não a construção da feira.

‘Análise criteriosa’ – “Hoje, viemos aqui a campo, no terreno, ver, dimensionar, sentir de perto o que é, qual é a possibilidade”, informou o secretário de Serviços Públicos, Esmeraldino Correia. “Depois de uma análise criteriosa, uma análise técnica, ouvindo os engenheiros, aí entra o secretário de Infraestrutura, que vai se pronunciar, comigo, secretário de Serviços Públicos. Então, o prefeito vai deliberar sobre esta temática aqui da feira popular da Morada dos Pássaros”.

A presidente da associação, Maria do Carmo Santana, ressaltou a disposição dos associados para, em caso de resposta positiva, porem logo a mão na massa. “A finalidade é a gente, feirantes, construir. E aceitar a ajuda de parceiros, como a Prefeitura”, disse. “E a gente vai querer também a ajuda de todo o pessoal do bairro, que vai ter apoio. Nós mesmos é que estamos fazendo movimentos. É feijoada, é isso, é aquilo, para levantar fundos para nós construirmos uma feira boa, excelente para o bairro”.

Caso a construção da feira seja aprovada, caberá à Prefeitura exercer sobre ela a fiscalização, que já é realizada nas outras feiras livres da cidade.  “Nós, como concessão, se for o caso, se o prefeito e os técnicos deliberarem nesse sentido, vamos fazer aquilo que é da competência da Secretaria de Serviços Públicos quanto às feiras públicas”, salientou o secretário Esmeraldino.

*Além de Esmeraldino Correia, a comissão foi formada pelo secretário de Infraestrutura, José Antônio Vieira – representado hoje pelo engenheiro Roberto Carvalho – e pelo coordenador municipal de Serviços Básicos, Iluminação Pública e Posturas, Deocleciano de Souza Filho.

Os comentários estão encerrados.