Autor de ataque em Munique agiu sozinho e não tem ligação com Estado Islâmico, diz polícia

0

Publicado por Editor | Colocado em Mundo | Data: 23 jul 2016

Tags:, ,

Da Redação

IMAGEM_NOTICIA_5Neste sábado (23), o chefe da Polícia de Munique, Hubertus Andrae, disse que não há razões para acreditar que o suspeito por trás do tiroteio de Munique, que na última sexta (22), abriu fogo indiscriminadamente contra pessoas nas imediações de um movimentado shopping na cidade alemã, estivesse ligado ao grupo extremista Daesh. Em entrevista coletiva, Hubertus Andrae afirmou que “o atirador tinha 18 anos, nasceu e cresceu em Munique e era um aluno da escola. Uma busca foi conduzida no seu apartamento e no quarto onde ele morava. A busca não identificou nenhuma ligação ao Daesh [Estado Islâmico]”.

“Não há indicações de que, além do criminoso que cometeu suicídio, houvesse outras pessoas envolvidas nos acontecimentos da sexta-feira (22). Do nosso ponto de vista, está claro que estamos lidando com um lobo solitário”, acrescentou. Segundo a agência Sputnik Brasil, o chefe da polícia frisou que o ataque não tem relação com a questão dos migrantes. “No total, 10 pessoas foram mortas e 27 ficaram feridas, incluindo um adolescente que sofreu ferimentos graves”, disse Hubertus aos jornalistas na entrevista coletiva.

O chefe de polícia estadual disse ainda que o atirador não tinha licença para o porte de arma e que carregava uma pistola Glock usada. O atirador suspeito também tinha 300 munições em uma mochila.

Os comentários estão encerrados.