Avaliação do Educar pra Valer comprova: Educação Municipal avança

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 14 fev 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

da Secom/PMVC (Conteúdo)

Os novos tempos vividos na Rede Municipal de Ensino, graças às ações da atual gestão municipal, têm sido marcados por novas práticas pedagógicas. E os avanços na aprendizagem dos alunos, nos últimos dois anos, já são perceptíveis. É o que demonstra o diagnóstico do programa Educar pra Valer, referente ao ano letivo de 2019.

Mais de 7 mil alunos do 2º e 5º ano de todas as escolas da Rede Municipal de Ensino foram submetidos à avaliação realizada em dezembro de 2019. As provas foram feitas e aplicadas pelo Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (Caed/UFJF).

“Essa avaliação somativa foi para saber a evolução educacional dos alunos do município, já que no início do ano havíamos feito a primeira avaliação diagnóstica para saber em que nível educacional os estudantes estavam”, explicou o assistente de coordenação do Educar pra Valer, Marcos Dionísio, durante a preparação para a aplicação das provas.

Resultados expressivos – Em 2018, apenas 25% dos alunos do 5º ano tinham um nível de conhecimento considerado adequado em relação ao desempenho deles nas avaliações de Matemática, Língua Portuguesa e Leitura. Em 2019, esse percentual aumentou significativamente, passando para 45%.

Quanto à avaliação do 2º ano, o resultado foi medido por pontos. As escolas deveriam atingir 600 pontos, que é o nível adequado. Em 2018, 51 escolas (das que foram avaliadas) alcançaram mais de 600 pontos. Em 2019, esse número aumentou para 73 escolas.

Para o secretário municipal de Educação, Esmeraldino Correia, os números refletem as ações do programa de intervenção pedagógica que foi adotado pela atual gestão. “Os resultados obtidos qualificam a política adotada pela Secretaria Municipal de Educação. Ou seja, os investimentos feitos com base nas metas propostas estão dando as respostas esperadas. O desafio agora é chegar ao patamar avançado, com o intuito de melhorar, cada vez mais, a qualidade do ensino da Rede Pública Municipal”, assegurou.

Novas metas – A partir dos resultados obtidos, a Secretaria Municipal de Educação, em parceria com o programa Educar pra Valer, vai traçar as estratégias que farão parte do planejamento pedagógico para 2020. “Os resultados de 2019 servem de base para planejarmos as ações para 2020. E o nosso objetivo para este ano letivo é alcançar o nível avançado nas nossas turmas de 5º ano e chegar ao nível adequado nas turmas de 2º ano, quando finalizamos o processo de alfabetização”, comentou a coordenadora pedagógica da Rede Municipal, Tânia Novais.

“Estamos percebendo que as políticas públicas que o Governo Municipal adotou, inspiradas no modelo de Sobral, considerando também a experiência e os aspectos positivos da nossa rede, têm surtido o efeito que esperamos. A gente vem numa linha de crescimento e temos certeza de que vamos alcançar os resultados que colocamos como meta”, acrescentou a coordenadora. Inclusive, neste ano, a Secretaria implantará o “Educar é Conquista”, programa de autoria do atual gestor da pasta e que estabelece diretrizes pedagógicas para a Educação Municipal, tornando-se o lema da atual gestão.

Sobre o Educar pra Valer – Vitória da Conquista foi a única cidade baiana escolhida, em 2018, para receber o programa “Educar Pra Valer – Boas Práticas de Gestão” da Fundação Lemann. O programa tem como referência as boas práticas de gestão pública da educação, realizadas pela Prefeitura de Sobral (Ceará), apoiando os municípios brasileiros na busca pela melhoria nos índices educacionais.

Os comentários estão encerrados.