Bate-pé cobra asfaltamento e estrutura para Educação, em Sessão Itinerante

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 27 ago 2015

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais
Fotos: Rafael Gusmão

DSC_0151

A Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) realizou, nessa quarta-feira (26), a sessão itinerante no Centro Educacional Eurípedes Peri Rosa, no distrito de Bate Pé. A sessão reuniu um grande número de moradores, que aproveitaram o contato com os vereadores para fazer cobranças. Entre os pedidos da comunidade estão o asfaltamento da estrada que liga o Pradoso a Bate-pé e estrutura para a Educação.

DSC_0089Itamara Ribeiro, estudante e moradora do distrito, ocupou espaço na Tribuna Livre para falar sobre as dificuldades enfrentadas pelos estudantes do ensino médio na região. De acordo com a estudante, o distrito não possui uma estrutura necessária para oferecer aulas para os estudantes de ensino médio. “A única estrutura disponibilizada não possui energia elétrica nas salas de aula. Além disso, os estudantes não têm acesso à biblioteca e, em alguns casos, duas turmas ocupam uma mesma sala”, disse Itamara. Ela também destacou que muitos estudantes passam por dificuldades com o transporte para a escola.

A estudante também pediu que fossem disponibilizados outros turnos de aula, já que só há aulas no noturno, o que faz com que estudantes de 13 anos assistam aulas durante a noite, o que, para ela, é inadequado. Ela apontou ainda que o número de estudantes cresce a cada ano, aumentando a demanda por estrutura de melhor qualidade.

Estrada

O morador Antônio Figueiredo levantou a questão do asfaltamento da estrada que liga Bate Pé ao Pradoso. “Nossa prioridade número um. Não adiante jogar pedra em alguém. É preciso que se unam e busquem junto a seus deputados. Abracem conosco essa grande obra”.

DSC_0159Já o diretor escolar, professor Davino Nascimento sugeriu a formação de uma comissão para discutir e reivindicar o asfaltamento da estrada de Bate Pé ao Pradoso. Ele ainda solicitou a realização de uma audiência pública na Câmara com a participação do Ministério do Transporte e dos setores da prefeitura relacionadas ao tema. Segundo ele, as estradas estão ruins, o que causa prejuízo para muita gente. Davino relatou que “nessa quarta um ônibus escolar quebrou em decorrência do péssimo estado da estrada, obrigando os alunos a seguir a pé até suas casas. A situação deve piorar ainda mais com a proximidade do período de chuvas, informou o professor”, relatou.

Por fim, Davino destacou os problemas de segurança na escola e pediu a construção de muro no local. Já para atender à juventude do distrito, o diretor defende a implantação de um ginásio de esportes. Ele ainda relatou a chegada da internet na escola. “Está na hora de a zona rural avançar com o uso da internet em nossas escolas”, disse. A escola já conta com esse serviço, mas de forma precária, pois apenas três computadores possuem acesso à internet e com conexão fraca. Em sua fala, cobrou ainda uma visita das comissões de Educação e de Cultura e Esporte para poder discutir de forma mais detalhada as questões do distrito.

Os comentários estão encerrados.