Brumadense acusado de injúria racial nega ter cometido crime, diz delegado

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 16 mar 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

delegado-leonardo-rabeloO BLOG DA RESENHA GERAL conversou com o coordenador da 20ª Coorpin de Brumado, responsável pela operação que prendeu um dos integrantes do grupo que praticava injúrias raciais contra atrizes e repórteres da Rede Globo de Televisão. Segundo o delegado Leonardo Rabelo (foto), o brumadense Tiago Zanfolin Santos da Silva, de 26 anos, negou participação nos crimes.

O delegado Leonardo Rabelo, coordenador da 20ª Coorpin de Brumado, disse que Zanfolin negou a participação nos crimes. “Ele negou, disse que chegou a participar desse grupo [que, pela Internet, fez vários ataques racistas a atrizes, jornalistas e apresentadoras], mas que saiu há algum tempo e não praticou o crime de injúria. Mas a polícia tem elementos que comprovam a participação dele nesses crimes”, relatou o delegado.

Ao blog Brumado Notícias, a mãe de Tiago Zanfolim, Kátia Cilene Zanfolin da Silva, negou o envolvimento do filho. “Meu filho é inocente. Alguém invadiu o computador dele e as redes sociais e postou essas coisas”, disse. Cilene afirmou ainda que a namorada de seu filho é negra e por isso descarta qualquer crime de injúria e racismo. “Meu filho não vai ficar preso porque ele é vítima disso tudo”, disse a auxiliar de serviços gerais. A polícia apreendeu o celular e o notebook do acusado.

De acordo com o coordenador da 20ª Coorpin, o mandado de prisão é temporário, válido por cinco dias, mas que pode ser renovado por mais cinco dias a pedido da Justiça. A princípio, Thiago ficará detido em Brumado e deve responder criminalmente pela prática dos crimes de injúria racial, racismo e associação criminosa.

O material apreendido será enviado para perícia ainda nesta quarta-feira (16), no Rio de Janeiro. A investigação foi realizada pela Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI), do Rio, e, em Brumado, contou com o apoio das unidades policiais da Polícia Civil de Brumado.

Os comentários estão encerrados.