Cada deputado estadual custa aos cofres públicos R$108 mil por mês

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 06 jan 2010

Correio da Bahia

Cada um dos 63 deputados estaduais da Bahia passará a custar, por mês, R$108 mil aos cofres públicos em 2010, depois que conseguiram aumentar o valor da verba indenizatória de R$15 mil para R$29.259,38, a mesma paga aos parlamentares do estado na Câmara Federal. O reajuste foi publicado do Diário Oficial do Poder Legislativo em 31 de dezembro, quando grande parte da sociedade estava envolvida com as festas de fim de ano.

Com o aumento, os gastos da Assembleia com os deputados estaduais sofrerá um acréscimo de 15%, totalizando cerca de R$7 milhões ao mês, mais de R$82 milhões ao ano. A concessão da benesse fez parte de um acordo entre o presidente da Casa, Marcelo Nilo (PSDB), e os líderes de todos os partidos, acertado antes do Natal.

Do total recebido por cada parlamentar por mês, fora a verba indenizatória, R$60 mil são referentes à verba de gabinete, que deve ser usada para contratação de até 25 assessores. Outros R$12,5 mil são referentes ao salário. Os parlamentares também recebem mais R$4 mil para passagens aéreas e R$3 mil para serem utilizados em combustível.

Com estas duas outras despesas adicionais, os deputados estaduais acabam recebendo mensalmente mais do que os federais baianos, em relação à verba indenizatória, já que os gastos da bancada baiana na Câmara foram unificados em 2009, quando passaram a arcar com todos os custos que eram pagos em separado, incluindo o deslocamento aéreo. Segundo a lei, a verba indenizatória é a soma paga pelo Poder Legislativo para que os deputados cubram os gastos referentes à atividade parlamentar.

Escreva um Comentário

Faça o login para publicar um comentário.