“Caímos no conto da sereia”, diz presidente do Cremeb sobre governo Wagner

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 11 ago 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais

cremebO presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb), Abelardo Meneses, rechaçou a decisão do Governo Estadual em atribuir à iniciativa privada a gestão e operação dos Serviços de Imagem do SUS. Em entrevista à repórter Mônica Cajaíba, Meneses afirmou que “caímos no conto da sereia”.

“O Sistema Único de Saúde está sendo privatizado. As PPPs (Parcerias Público-Privadas) do governo Wagner são negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo. O governo Wagner foi eleito com o discurso da ‘desprivatização’ e com a promessa de criar uma rede de recurso humano que satisfizesse a rede. E o que é que aconteceu? 42,5% dos hospitais da Sesab (Secretaria da Saúde do Estado) estão na mão da iniciativa privada. Eles não só não combateram, como ampliaram.”, afirmou o presidente do Cremeb.

Se referindo às visitas de fiscalização aos hospitais do estado, em cooperação com o Ministério Público do Estado, Meneses citou o Hospital de Base como exemplo de abandono à saúde pública. “Recentemente nós estivemos aqui, no Hospital de Base, para avaliarmos as situações, que lamentavelmente não foram resolvidas. As nossas unidades de saúde estão em situação de caos, as filas continuam intermináveis, os corredores lotados de pacientes e unidades sem leitos hospitalares. Nós estamos em uma situação na Bahia, que é uma das piores do Brasil. Isso é lamentável.”, finalizou.

Os comentários estão encerrados.