Caixa paga R$ 500 do FGTS para quem tinha mais que R$ 998 na conta

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 07 fev 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

O saque de R$ 500 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) ainda está valendo para quem tinha mais que R$ 998 até julho de 2019, data em que o governo federal anunciou medida provisória para liberação do recurso. De acordo um levantamento da Caixa Econômica Federal, cerca de 38 milhões de trabalhadores que podem resgatar até R$ 998 e ainda não o fizeram.

A regra vale para contas ativas e inativas do fundo, emprego atual e anterior. Por exemplo, se o trabalhador tiver três contas com R$ 500 cada, terá direito de sacar R$ 1.500 no total. O dinheiro está disponível para saque até dia 31 de março de 2020. Porém, quem já sacou os R$ 500, mas tinha até R$ 998 pode solicitar o saque complementar de R$ 498. Lembrando que quem pegar o dinheiro do FGTS agora não perde o direito ao seguro-desemprego em caso de demissão sem justa causa.

Para saber os valores disponíveis para saque, os canais de recebimento e as opções de crédito em conta, acesse o link www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts. Abaixo da opção de saque imediato clique em “Acesse aqui”. Será solicitado o número do CPF (ou NIS, PIS, PASEP) e a data de nascimento.

Pela página também é possível saber sobre os canais de pagamento e escolher se quer receber notificações em seu celular sobre o saldo do FGTS. Quem tem Cartão Cidadão e senha pode fazer o saque imediato diretamente no caixa eletrônico, quem não tem pode apresentar documento de identificação em uma agência da Caixa.

Os comentários estão encerrados.