Câmara de Vereadores reduz gastos com contas de energia e água em até 40%

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 17 nov 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

DSC_0047

Desde o mês de junho, a Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) trabalha em um projeto diferente, mas, como os outros analisados pela casa, busca trazer melhoria e conscientizar o cidadão. Este projeto busca reduzir os gastos e dar sustentabilidade às contas do Legislativo. A ação já conseguiu reduzir em 40% o valor da conta de energia e pretende fazer o mesmo com a conta de água.

Até agora 50% das lâmpadas tradicionais foram substituídas por iluminação LED. Os resultados logo apareceram. Segundo Junior Felix, administrador da Casa, no mesmo período, a instituição obteve o retorno do investimento. A expectativa é substituir 100% das lâmpadas antigas por LED até o final do ano. “Em cinco meses a gente pagou o investimento total. Na verdade, agora só estamos colhendo os lucros”, detalhou.

Outro benefício foi o fim das quedas de energia no quarto andar do prédio. “Usávamos lâmpadas potentes, que acabavam sobrecarregando a rede, daí as quedas. Hoje isso não acontece mais”, disse Felix. A instituição pretende ainda instalar sensores de presença; outra forma de reduzir ainda mais a conta.

Já para reduzir a conta de água, a instituição lançou mão da criatividade. Garrafas PET preenchidas com 1 litro de água foram instaladas nas caixas de descarga dos vasos sanitários. A ideia é que, a cada acionamento da descarga, um litro de água seja poupado. Com isso, a administração da Câmara espera economizar entre 7 e 10 mil litros de água por mês.

A melhor parte é que o investimento foi quase zero. Ao todo, foram usadas 38 garrafas de 1 litro doadas pelos próprios servidores. O sistema foi implantado em meados de outubro e a expectativa agora é pelo resultado.

O presidente da Câmara, o vereador Gilzete Moreira (PSB), explicou que mais que economizar, o Legislativo quer também ser um exemplo para a sociedade. “Nós somos um órgão público, administramos recursos públicos, temos que buscar sempre a eficiência e a sustentabilidade. É nosso dever. Queremos também dar o exemplo. São medidas que qualquer um pode copiar em sua casa ou empresa”, falou.

Os comentários estão encerrados.