Câmara instalará comissão da Petrobras na 4ª

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 23 mar 2014

Tags:, ,

Escrito por Josias de Souza

Geraldo Falcão

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), marcou para quarta-feira a instalação da comissão que vai investigar, em diligências externas, a denúncia de que funcionários da Petrobras receberam propinas milionárias da holandesa SBM Offshore. Trata-se de uma empresa holandesa que opera no ramo da locação de plataformas petrolíferas.

De acordo com documento divulgado por um ex-funcionário da SBM, a empresa pagou UUS 275 milhões em propinas para obter contratos, entre 2006 e 2011, em sete países: Guiné Equatorial, Angola, Malásia, Itália, Cazaquistão, Iraque e Brasil. De acordo com essa denúncia, US$ 139,2 milhões teriam sido usados para corromper funcionários da Petrobras.

Henrique Alves diz que a comissão terá oito membros. Um deles, o terceiro-secretário Maurício Quintella (PR-AL), representará a Mesa diretora da Câmara. Os outros serão: Carlos Sampaio (PSDB-SP), Onyx Lorenzoni (DEM-RS), Anthony Garotinho (PR-RJ), Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), Fernando Francischini (SDD-PR) e dois deputados a serem indicados pelo PT.

Os parlamentares terão de aprovar um roteiro de trabalho. Receberam do plenário da Câmara delegação para viajar à Holanda, onde está sediada a SBM. Antes, devem visitar a Petrobras, a CGU e o TCU, que também tentam levantar dados sobre o caso. Há uma semana, em entrevista ao blog, o ministro Jorge Hage, chefe da CGU, revelou-se cético em relação à viagem dos deputados ao estrangeiro:

“A minha primeria impressão é a de que essa comissão pode não acrescentar muita coisa indo à Holanda”, disse Hage. “Não é uma coisa que você possa dizer assim: ‘eu vim aqui pedir as informações que vocês têm’. Existe todo um regramento. É algo complexo, não é trivial. Tem todo um protocolo para que a informação disponível no exterior seja compartilhada.”

Os comentários estão encerrados.