Câmara se reúne com o prefeito Herzem Gusmão

0

Publicado por Editor | Colocado em Política, Vit. da Conquista | Data: 10 jan 2017

Tags:, ,

Ascom / Câmara

Aconteceu nessa segunda, 9, a primeira reunião entre os vereadores da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) e o novo prefeito, Herzem Gusmão (PMDB). O encontro, ocorrido na Prefeitura Municipal, foi solicitado pelo novo presidente da Câmara, Hermínio Oliveira (PPS), e o 1º Secretário, o vereador Gilmar Ferraz (PMDB), e contou com a presença de praticamente todos os vereadores. Nildma Ribeiro (PCdoB) e Professor Cori (PT) não puderam participar por estarem em viagem.

Herzem afirmou que fará uma gestão de diálogo, que pretende conversar com todos os parlamentares, independente do partido. O novo prefeito, em crítica à gestão anterior, disse que “a oposição é muito importante” e não pretende seguir o caminho do isolamento. Em sua fala, mais uma vez se comprometeu a ir às sessões periodicamente e a “estabelecer uma agenda de relacionamento com os vereadores”. Gusmão frisou que já recebeu, individualmente, alguns vereadores, como Luciano Gomes (PR) e Danillo Kiribamba (PCdoB), e que pretende, na medida do possível, atender as demandas apresentadas. O prefeito declarou que fará uma gestão de austeridade e criticou o ex-prefeito. Segundo Herzem a prefeitura deverá reduzir custos em diversos itens. O gestor afirmou que a prefeitura gastava mais de R$ 400 mil reais por mês somente com aluguéis, cerca de 90 prédios, e mais de R$ 100 mil com telefone. A conta deve diminuir.

Já o presidente da Casa, Hermínio Oliveira (PPS), enumerou as principais demandas do município, temas de debates ocorridos no Legislativo desde a gestão passada e que deverão retornar à agenda da Casa, como construção da barragem, término das obras do novo aeroporto, medidas de segurança e combate ao crime, transporte coletivo, entre outros. Oliveira ainda destacou que a criação da Região Metropolitana do Sudoeste da Bahia será uma de suas principais bandeiras. Segundo ele, apesar de o projeto ser da alçada da Assembleia Legislativa, a Câmara provocará o debate e articulará a participação de outros municípios da região sudoeste.

Vereadores defendem diálogo entre Legislativo e Executivo

O Líder do Governo, vereador Luis Carlos Dudé (PTB), afirmou que fará uma liderança harmoniosa, buscando a coalização em torno de projetos importantes para a cidade. Ele ainda informou que o colega Álvaro Pithon (DEM) foi o escolhido para ser o vice-líder do Governo. Pithon agradeceu pela reunião e disse estar satisfeito pelo gesto do novo prefeito. Em tom de crítica ao ex-prefeito, Guilherme Menezes, ressaltou que ficou 11 meses a espera de uma audiência. Já o líder da bancada de Oposição, Fernando Vasconcelos (PT), salientou que se trata de um momento fundamental em que vereadores e prefeito podem dialogar. Ele acredita que a Câmara será palco de grandes debates, mas propôs que as divergências partidárias e ideológicas fiquem em segundo plano diante dos projetos prioritários para Conquista. O vice-líder da Oposição, Valdemir Dias (PT), advertiu que a classe política vem passando por um processo de desgaste profundo e que é preciso fazer frente a essa crise com trabalho e respostas à comunidade. O vereador declarou que espera que a promessa de diálogo do prefeito seja cumprida e não fique apenas no campo do discurso.

Para Kiribamba o momento pede consciência e responsabilidade. Ele afirmou que cada vereador deve honrar os votos que obteve e agradeceu a Herzem pela audiência e a realização da reunião. Cícero Custódio (PSL) lembrou que a população cobra dos vereadores as demandas não atendidas e pediu que os secretários municipais dialoguem com os parlamentares. Adinilson Pereira (PSB) solicitou mais atenção com a região de Lagoa das Flores e informou que no dia 16 de janeiro a comunidade se reunirá para discutir demandas. Ele espera a participação de Herzem Gusmão. Luciano Gomes (PR), que ocupou a posição de Líder do Governo na gestão passada, parabenizou o prefeito pela reunião e disse que oposição e situação só querem o bem da cidade. O edil advertiu que os vereadores devem ser assertivos, apresentando críticas, demandas e elogios nesses momentos.

Os comentários estão encerrados.