Caminhões-pipa são impedidos de entregar água para Zona Rural

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 25 mar 2015

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

carros-pipa2Os 41 caminhões-pipa da Operação Carro-Pipa, que distribui água potável para a população das regiões afetadas pela seca ou estiagem de Vitória da Conquista, estão parados. O problema começou após um desentendimento entre Embasa e Defesa Civil do município, que não conseguem definir um local de captação da água.

Por conta desse impasse, 37 donos de caminhões-pipa contratados pelo Exército Brasileiro foram às ruas da cidade cobrar uma resolução para o problema, já que eles não conseguem trabalhar e as comunidades rurais seguem sem água. Segundo um dos caminhoneiros, Vicente Moreira, quem definiu o local da captação foi a Defesa Civil, parceira do Exército no projeto, “mas a Embasa não quer mais que a gente pegue a água lá no hidrante, que fica depois do Atacadão”.

Ainda segundo o proprietário do caminhão-pipa, em uma reunião realizada na última semana, “um engenheiro da Embasa disse que está faltando água na cidade e não tem interesse de fornecer para os ‘pipeiros’”. Vicente Moreira também afirma que nem os quatro caminhões da Defesa Civil estão podendo abastecer no local. “E a Prefeitura diz que não pode fazer nada, que está esperando a Embasa, mas não indica outro lugar pra gente pegar a água. Enquanto isso, o pessoal das comunidades fica nos ligando, pedindo pra levar”.

Os caminhões pipa atendem 130 povoados da zona rural da cidade e são escolhidos após vistoria e sorteio realizado pelo Exército. “Nós fazemos três ou quatro entregas por dia e, no dia que não entregamos a água, pagamos multa pro Exército. Então, estamos pagando por um erro que não é nosso”, finaliza o ‘pipeiro’.

Os comentários estão encerrados.