Caso Chemello: defesa consegue adiar julgamento de Mirtes novamente

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Justiça | Data: 12 jul 2014

Tags:,

por Mateus Novais

MIRTESA defesa de Mirtes Chemello conseguiu adiar pela terceira vez o julgamento, marcado para a última sexta-feira (11), da acusada de matar com requintes de crueldade o empresário Reginaldo Alves Ferraz, em 2006. Mirtes é apontada como cúmplice do crime cometido pelo seu esposo, Waldir Antônio Chemello.

Desta vez, o advogado da acusada conseguiu um parecer positivo do Tribunal de Justiça da Bahia sobre o seu pedido de que fossem levados aos autos laudos periciais que foram solicitados à Polícia Técnica, e não foram entregues. Este mesmo pedido foi negado pelo juiz da Vara do Juri, Reno Soares, o que provocou o cancelamento do último julgamento, no dia 18 de junho, já que os advogados abandonaram o salão do júri.

Uma nova data para o novo julgamento de Mirtes ainda não foi marcada. O julgamento de Waldir Antônio Chemello, principal acusado do crime, suspenso no dia 11 de junho,também não tem data para acontecer.

Os comentários estão encerrados.