Caso Jéssica: “estamos no encalço do Américo”, afirma delegado

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Polícia | Data: 13 maio 2016

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

delegadoO delegado Luiz Gustavo Tortorelli, responsável pelo inquérito do caso Jéssica Nascimento, garantiu que a Polícia Civil continua trabalhando para cumprir o mandado de prisão preventiva contra o acusado da agressão, o estudante Américo Francisco Vinhas Neto. Segundo o delegado há a expectativa que Américo seja preso ou se apresente em breve.

“Estamos no encalço do Américo para que ele seja preso, ou que ele se apresente espontaneamente e que venha a Justiça realmente ser feita, que ele passe por um julgamento, já que ele tem todo direito à ampla defesa, que o ordenamento jurídico concede”, afirmou o delegado.

Dr. Luiz Gustavo Tortorelli lamentou a morte de Jéssica e afirmou que, com isso, o inquérito muda. “Lamentavelmente ela veio a óbito, o que muda a tipificação do crime, já entendo como lesão corporal seguida de morte, crime previsto no Artigo 129, Parágrafo 3 do Código Penal, que dá uma pena de até 12 anos de reclusão”. No entanto, o prazo para o envio ao Ministério Público continua o mesmo. “Temos o prazo para concluir o inquérito até dia 25, temos colhido todas as provas possíveis, tudo o que é pertinente ao caso tem sido feito, e a gente espera concluir o inquérito, para que o Ministério Público tenha um bom embasamento para oferecer a denúncia”.

Os comentários estão encerrados.