Caso Jéssica: mulheres conquistenses pede punição ao agressor

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 14 maio 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

DSC_0480

Uma nova manifestação em homenagem a Jéssica Nascimento, morta aos 21 anos após ser agredida por um ‘ficante’, durante uma reunião de amigos, foi realizada na manhã deste sábado (14), em Vitória da Conquista. A mobilização foi organizada por grupos ligados aos Direitos das Mulheres e reuniu dezenas de pessoas pelas ruas do centro da cidade.

O ato se iniciou na Praça 9 de Novembro, onde foi lido manifestos pedindo a punição do acusado pela agressão, Américo Francisco Vinhas Neto, e apontando os números alarmantes de violência sofrida pelas mulheres no Brasil. Segundo um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revela que, no Brasil, 15 mulheres morrem por dia vítima de violência doméstica e que a cada três minutos uma mulher é violentada.

DSC_0484

O grupo seguiu em caminhada em direção ao Terminald e Ônibus da Avenida Lauro de Freitas e terminou o ato na Praça Barão do Rio Branco, onde foi feito um minuto de silêncio pela e um abraçaço.

Crime

Jéssica estava grávida de quatro meses e acabou perdendo o bebê após a agressão. Ela morreu no dia 10 deste mês na UTI do Hospital de Base, 16 dias após ser agredida, e deixou um filho de 5 anos de idade. O acusado, Américo Francisco Vinhas Neto, teve a prisão preventiva decretada, mas encontra-se foragido.

Os comentários estão encerrados.