Brasileiro volta a empreender motivado por oportunidade

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 23 maio 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Agência Sebrae de Notícias / CDL

De acordo com pesquisa GEM, do Sebrae e do IBQP, 75% das pessoas que levantam informações para abrir uma empresa enxergam uma oportunidades de mercado

Vislumbrar uma oportunidade voltou a ser comum entre os que se preparam para abrir um negócio. De acordo com a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2016, apoiada pelo Sebrae e realizada pelo Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP), 75% dos empreendedores nascentes – aqueles que estão envolvidos na abertura de uma empresa – buscaram esse caminho porque encontraram um nicho. Confira aqui dados da pesquisa.

No ano anterior, metade das pessoas com empresas recentes investiu no próprio negócio por causa da necessidade. O presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, destaca que essa mudança no perfil dos novos empreendedores pode revelar um início de reação positiva da economia. “Um país vai se desenvolver no futuro se tiver pessoas querendo empreender hoje. O aumento do empreendedorismo por oportunidade demonstra uma luz no fim do túnel, é o início da volta do crescimento econômico”. …Leia na íntegra

Justiça libera atrasados a 57.863 segurados do INSS

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 23 maio 2017

Tags:, ,

Cristiane Gercina e Leda Antunes
do Agora

A Justiça Federal liberou ontem R$ 585,9 milhões para o pagamento de atrasados de até R$ 56.220 para segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

A bolada será paga a aposentados, pensionistas e outros tipos de beneficiários que ganharam ações de revisões ou concessões de até 60 salários mínimos contra o instituto.

Essas dívidas são chamadas RPVs (Requisições de Pequeno Valor).

O CJF (Conselho da Justiça Federal) realizou ontem os repasses aos TRFs (Tribunais Regionais Federais), responsáveis por abrir as contas judiciais dos credores.

Manchetes de jornais desta 3ª feira (23)

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 23 maio 2017

Tags:,


Jornal Logo

– A Tarde: Novas estações do metrô entram em operação nesta terça-feira

– Tribuna da Bahia: Metrô começa a circular na Paralela

– Correio (BA): Idas e vindas de Temer

– Correio Braziliense: Temer ganha fôlego e testa apoio da base

– Folha de S. Paulo: Áudio é imprestável diz perito de Temer; defesa retira recurso

– O Globo: Temer desiste de suspender inquérito e ataca gravação

– Estado de Minas: Como a JBS sugou o BNDS

– Jornal do Commercio (Recife): Defesa de Temer diz que áudios são imprestáveis

– Agora (SP):  57.863 receberão atrasados do INSS  de até R$ 56.220

As cidades deixaram de ser das pessoas para serem dos automóveis

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 22 maio 2017

Tags:, ,

Por William Cruz

As cidades já foram mais humanas. As pessoas se cumprimentavam na rua, mesmo as que não se conheciam. Havia gentileza. Olho no olho, espaços para as pessoas, praças, parques, árvores, aves, flores e sorrisos. Então veio o carro, com tudo de bom e de ruim que ele representa.

Árvores foram derrubadas, rios foram sepultados e as praças e os caminhos foram cobertos por asfalto, o chão escuro e estéril que sinaliza o território reservado para as máquinas e proibido para as pessoas. As que se fecharam dentro do metal e dos vidros escuros começaram a ver as demais – em outras latas vedadas ou mesmo a pé atravessando a rua – como simples obstáculos em seu caminho, atrapalhando seu trajeto.

Não são mais as pessoas que foram um dia. As que estão dentro das bolhas querem chegar depressa a todo custo, maldizendo os obstáculos vivos que lhe cruzarem o caminho. As que circulam livres, têm que cruzar o território estéril sem que as primeiras as vejam, já que aumentam sua velocidade para assustá-las, rugem motores, mugem buzinas, gritam com a borracha no chão áspero: “saia da frente! o território preto não é para você!”

As crianças não podem mais brincar nas ruas, não sabem mais o que é ir de bicicleta até a casa dos amigos, não sabem pular corda e não saem para tomar um sorvete sozinhas. Os novos donos da cidade, vestidos de metal, vidro e fumando combustível, não as permitem.

Esses mesmos novos donos da cidade também têm sua prole, mas poucos percebem a liberdade que foi tomada de seus filhos para que eles próprios tenham seu luxo e conforto. Isolam suas crianças em espaços delimitados, sendo levadas de um espaço a outro dentro dos monstros de metal que vivem no território preto. Fora deles, a criança não pode cruzar essas terras.

As cidades foram feitas para as pessoas. Os carros vieram depois e deformaram os espaços urbanos. Olhe da janela agora e veja quanto espaço das ruas é reservado para a circulação das pessoas e quanto dele está disponível para os automóveis. Se a cidade é feita para a circulação motorizada, a tendência das pessoas será inevitavelmente essa – e o resultado é o que conhecemos como hora do rush (das 7 da manhã às 10 da noite).

Em vez de perceber no que nossa cidade se tornou e contribuir para torná-la um lugar melhor para nós e nossos filhos, usando alternativas ao automóvel sempre que possível, a maioria das pessoas pensa apenas em comprar um carro mais confortável e se isolar dos problemas. Ligar o ar condicionado, fechar os vidros, aumentar o som e ignorar o que está do lado de fora, fazendo de conta que não está lá. Em outras palavras, fugir. Grande solução.

Sua cidade depende de você

Se você cansou de sua cidade, faça o possível para torná-la melhor. Um momento em que seu carro te deixa na mão, por exemplo, pode ser uma oportunidade para ver a cidade de outro ângulo, em vez da viciada experiência de se trancar em um ambiente climatizado e se isolar do mundo e das pessoas até chegar a outro local de confinamento.

Por sinal, foi exatamente o que aconteceu comigo: em um dia que o carro quebrou, resolvi usar a bicicleta para ir ao trabalho e vi que não era tão complicado quanto parecia. Foi aí que tudo começou a mudar. A cidade mudou para mim, e eu mudei para a cidade e para os que estão à minha volta.

Não podemos viver confinados em bolhas de metal. As ruas são suas também. Saia a pé, sinta o sol, olhe para o céu. Há quanto tempo você não repara nos formatos das nuvens, no som dos pássaros e nas plantas que insistem em nascer em qualquer buraquinho da calçada, resistindo à petrificação da cidade?

INSS recebe pela internet documentos de segurados

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 22 maio 2017

Tags:, ,

Clayton Castelani
do Agora

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) já recebe pela internet cópias de documentos necessários para a concessão de aposentadorias, pensões por morte e outros benefícios.

O Agora soube de funcionários do instituto que a digitalização de documentos faz parte de um plano do órgão para tentar agilizar a concessão de benefícios, desafogando agências que estão lotadas de processos.

No futuro, esse sistema poderá permitir que as agências menos procuradas pelos segurados possam auxiliar na análise de pedidos de benefícios vindos de localidades com maior demanda.

Manchetes de jornais desta 2ª feira (22)

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 22 maio 2017

Tags:,



Jornal Logo

– A Tarde: Protestos em 15 estados pedem a saída de Temer

– Tribuna da Bahia: Temer costura apoio da base, encara a OAB e aposta em edição da fita

– Correio (BA): Manifestantes fazem protesto contra Temer no Farol da Barra; grupo pede saída do presidente

– Correio Braziliense: Temer quer mostrar força antes de decisão do STF

– Folha de S. Paulo: ‘Não renuncio; se quiserem, me derrubem’, afirma Temer

– O Globo: Temer perde apoios e aposta tudo no Supremo

– Estado de Minas: Dias decisivos

– Jornal do Commercio (Recife): Uma semana decisiva para o governo Temer

– Agora (SP):  Envie documentos pela internet para acelerar a aposentadoria

‘Fui vítima de armação de bandidos que saquearam o País e querem sair impunes’, diz Temer’

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 21 maio 2017

Tags:, , ,

Diário do Poder

E tudo quando a economia inicia a recuperação, lamenta Temer

Minutos depois do pronunciamento que fez sobre a crise que atinge seu governo, Michel Temer reafirmou a Vera Magalhães, do jornal O Estado de S. Paulo, sua recusa a renunciar à Presidência, se disse vítima de “armação”, negou que tenha participado de um plano para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha e disse estranhar que a delação da JBS, que o atingiu, tenha sido selada “no momento em que a economia começa a se recuperar”.

Temer concedeu uma entrevista exclusiva ao Estadão por telefone. Disse estar convencido da capacidade de rearticulação política do governo, deu sua versão para o encontro que teve com Joesley Batista, da JBS, em março — que foi gravado e entregue ao Ministério Público Federal, o que desencadeou a delação do grupo, e criticou os termos da colaboração negociada com o empresário pela Lava Jato.

 “Esse sujeito me ligou seguidamente, ao longo de vários dias, me pedindo para ser recebido”, afirmou o presidente. Segundo ele, a segurança da Presidência vive repreendendo-o por “atender o celular”. “Eu tenho o hábito, que a segurança do Planalto vive reclamando, de atender o celular, responder mensagem. É um mau hábito pela liturgia do cargo, mas que eu adquiri da experiência parlamentar”, disse Temer.

Segundo ele, depois de muita insistência por parte de Joesley, ele concordou em recebê-lo no Palácio do Jaburu. Questionado sobre o horário tardio da conversa, Temer disse que a razão foi o fato de que, anteriormente, ele compareceu à festa de aniversário da carreira do jornalista Ricardo Noblat. “Disse a ele: estou na festa do Noblat. Se quiser, passa mais tarde no Jaburu. E ele concordou.”

Temer afirmou que já conhecia Joesley, e que tem o costume de receber empresários para conversas. “Já recebi dezenas de empresários. Em São Paulo, no Jaburu, no Planalto. Muitas dessas reuniões acontecem fora da agenda”, disse o peemedebista.

Questionado sobre os assuntos tratados na reunião, alguns deles a confissão de crimes como o suborno a um procurador e supostamente a dois juízes, Temer disse ter atribuído o teor da conversa ao fato de Joesley ser alguém acuado por investigações e contrariado por não obter acesso que tinha antes a altas autoridades do governo. “Logo de cara, vi que ele era um falastrão”, afirmou.

Ele afirmou ter achado “estranho” o teor da conversa, mas que não levou a sério as afirmações. “Mas você veja que comecei a ser cada vez mais monossilábico, quando a conversa dele começou a enveredar para o pedido de que precisaria ter acesso a esse ou aquele setor do governo.”

Temer afirmou que a divulgação do áudio da conversa demonstra que ele não deu aval à compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, conforme se divulgou inicialmente. “Veja que ele diz que está mantendo uma boa relação com ele, e incentivo que deveria manter, apenas isso.”

Sobre o eventual interesse em evitar uma delação de Cunha, Temer evoca o fato de o ex-aliado tê-lo arrolado como testemunha: “Que silêncio do Cunha eu poderia comprar? Se ele me mandou 21 perguntas num processo e 17 em outro, todas claramente tentativas de me incriminar, e o próprio juiz Sergio Moro tratou de indeferir?”.

 A respeito da sugestão para que Joesley procurasse o ex-assessor especial da Presidência e deputado afastado Rodrigo Rocha Loures, Temer disse que apenas confirmou uma sugestão do empresário. “Falei que poderia falar com o Rodrigo sobre assuntos do grupo, como poderia falar o Moreira, ou o Padilha”, justificou.

Temer disse acreditar que Rocha Loures “deve ter sido seduzido” pela promessa de receber R$ 500 mil ao longo de 20 anos. Questionado pelo Estadão se tomou conhecimento, em algum momento, da negociação de recursos por Rocha Loures, ou se autorizou a transação, o presidente negou.

Afirmou que o suborno ao deputado foi negociado pela obtenção de um acordo no Cade que foi negado. “O Cade resolveu? Não resolveu! Ele estava desesperado porque a Maria Silvia saneou o BNDES, ele teve de mudar a operação da empresa para outro país porque fechamos a torneira do BNDES”, afirmou o presidente.

Temer atacou os governos do PT e criticou os termos da delação oferecida ao grupo JBS. “Fui vítima de bandidos que saquearam o País nos governos passados e não obtiveram acesso ao nosso. E negociaram um acordo pelo qual querem sair impunes!”, afirmou o presidente, para em seguida dizer que tentará todos os recursos jurídicos para tentar anular o inquérito aberto contra ele no STF, que, segundo sua avaliação, se baseou em provas armadas.

Ele afirmou que não renunciará e que tentará recompor a base de sustentação do governo para aprovar as reformas. “Querem me tirar para continuar com as mesmas reformas que eu propus, com o meu programa. A quem interessa desestabilizar o governo?”, questionou o presidente.

Temer disse “estranhar” que a crise tenha sido “criada” justamente quando a economia começava a dar sinais de reação. E repetiu os dados que dissera no pronunciamento, de que a JBS lucrou com o câmbio e a venda de ações nos dias que antecederam a Operação Patmos.

Atraso na reforma amplia a chance do benefício integral

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 21 maio 2017

Tags:, ,



Clayton Castelani
do Agora

É inegável que a reforma da Previdência subiu no telhado após o presidente Michel Temer (PMDB) passar a ser investigado por atrapalhar a Lava Jato, corrupção e organização criminosa. Apesar de a tentativa de mudar as aposentadorias não ter sido enterrada, o atraso no andamento do projeto é bem-vindo para trabalhadores que estão perto de conseguir vantagens que só serão possíveis pelas regras atuais, como o benefício integral com o cálculo 85/95.

Aprovado no Congresso em 2015, ainda na gestão Dilma Rousseff (PT), o sistema 85/ 95 impede que a aposentadoria seja reduzida pelo fator previdenciário quando a soma da idade ao tempo de contribuição do segurado resulta em 85, para as mulheres, ou 95, para os homens.

O trabalhador que atingir essa soma antes da aprovação da reforma, mesmo que não peça o benefício, manterá o direito de receber uma aposentadoria com renda mensal equivalente à média dos 80% maiores salários recebidos desde julho de 1994.

Manchetes de jornais deste domingo (21)

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 21 maio 2017

Tags:

Jornal Logo

– A Tarde: Corrupção encolhe postos de trabalho em construtoras

– Tribuna da Bahia: Temer disse que se limitou a ouvir “lamúrias” do dono da JBS

– Correio (BA): Estratégia de defesa

– Correio Braziliense: Temer ataca delator. STF  vai periciar áudios

– Folha de S. Paulo: Acuado, Temer ataca Joesley  e pede fim de inquérito  no STF

– O Globo: Temer muda estratégia, ataca dono da JBS e tenta barrar o inquérito

– Estado de Minas: Na ofensiva

– Jornal do Commercio (Recife): Em vez de reformar, somente rachaduras

– Agora (SP):  Temer ataca delatores e quer suspender as investigações

 

Perícia aponta mais de 50 cortes em áudio Joesley-Temer. É o fim!

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 20 maio 2017

Tags:, ,

Por Reinaldo Azevedo

Avaliação técnica encomendada pela Folha aponta que o áudio sofreu mais de 50 intervenções. Estamos diante de lixo!

Leia reportagem importantíssima publicada pela Folha. Por Matheus Magenta e Daigo Oliva.

Uma perícia contratada pela Folha concluiu que a gravação da conversa entre o empresário Joesley Batista e o presidente Michel Temer sofreu mais de 50 edições.

O laudo foi feito por Ricardo Caires dos Santos, perito judicial pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Segundo ele, o áudio divulgado pela Procuradoria-Geral da República tem indícios claros de manipulação, mas “não dá para falar com que propósito”.

Afirma ainda que a gravação divulgada tem “vícios, processualmente falando”, o que a invalidaria como prova jurídica.

“É como um documento impresso que tem uma rasura ou uma parte adulterada. O conjunto pode até fazer sentido, mas ele facilmente seria rejeitado como prova”, disse Santos.

Segundo disse à Folha a Procuradoria, a gravação divulgada é “exatamente a entregue pelo colaborador e sua autenticidade poderá ser verificada no processo”.

“Foi feita uma avaliação técnica da gravação que concluiu que o áudio revela uma conversa lógica e coerente”, declarou a Procuradoria na noite desta sexta (19). …Leia na íntegra

Partidos articulam saída negociada, sem eleições diretas

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 20 maio 2017

Tags:, , ,



da Redação
Conteúdo / Revista Veja

Alguns nomes de consenso para eventual eleição indireta já são discutidos, como Henrique Meirelles, ministro da Fazenda de Temer

Partidos aliados de primeira hora do presidente Michel Temer buscam uma saída negociada com o Planalto que seja uma continuidade do que, para eles, tem dado certo no atual governo. Diante da perspectiva de agravamento da crise deflagrada pelas delações da JBS, líderes de siglas como PSDB, PMDB e DEM pretendem bloquear qualquer iniciativa de realizar eleições diretas por meio de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) e articulam um nome de consenso para uma eventual disputa indireta no Congresso.

Nas últimas horas, ganhou força o nome de Henrique Meirelles, ministro da Fazenda de Temer, como uma alternativa viável para manter a base unida e não derrubar a bandeira das reformas. Se Temer renunciar, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), terá 30 dias para convocar o pleito, que contará apenas com senadores e deputados no colégio eleitoral.

Principal aliado do governo, o PSDB ensaiou uma debandada após a divulgação do áudio da conversa entre o Joesley Batista, da JBS e Temer, mas recuou após um pedido de tempo para a construção de um consenso que evitasse a implosão da base e comprometesse as reformas.

Meirelles é filiado ao PSD, partido liderado por Gilberto Kassab, ministro da Ciência, Tecnologia e Comunicação. Ele tem sido assediado por políticos para aceitar a missão. Os outros nomes ventilados nos bastidores da Congresso são o próprio Rodrigo Maia e o senador tucano Tasso Jereissati (CE). Meirelles tem a seu favor a condução da política econômica, que começa a apresentar os primeiros resultados, e também um bom trânsito com setores da oposição.

Plano de saúde familiar vai subir até 13,55%

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 20 maio 2017

Tags:,

Janaína Ribeiro
do Agora

Os planos de saúde individuais e familiares terão reajuste de até 13,55%, mais do que o triplo da inflação registrada nos últimos 12 meses até abril, que ficou em 4,08%, segundo o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

O aumento definido pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) vale apenas para os planos contratados após janeiro de 1999 ou adaptados à lei 9.656, de 1998, e atingirá o contrato de 8,2 milhões de beneficiários no país.

O número representa 17,2% do total de 47,5 milhões de consumidores de planos de assistência médica no país em contratos firmados a partir de 1999.

Manchetes de jornais deste sábado (20)

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 20 maio 2017

Tags:



Jornal Logo

– A Tarde: STF investigará Michel Temer por três crimes

– Tribuna da Bahia: Temer é investigado por corrupção e obstrução. Planalto quer anular provas

– Correio (BA): Furação Joesley

– Correio Braziliense: Corrompem, delatam e vão para Nova York

– Folha de S. Paulo: Janot vê indícios de três crimes em atuação de Michel Temer

– O Globo: Propina sem partido

– Estado de Minas: Brasil mostra tua cara

– Jornal do Commercio (Recife): Janot acusa Temer de corrupção, obstrução e organização criminosa

– Agora (SP):  Temer na mira da Justiça

 

Famílias carentes de Vitória da Conquista serão prioridade no Cartão Reforma

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 19 maio 2017

Tags:, ,

da Redação

Vitória da Conquista é um dos municípios do Estado da Bahia que está relacionado e capacitado a participar da Primeira Etapa do programa Cartão Reforma do Ministério das Cidades – que tem como prioridade as famílias de baixa renda. O prefeito Herzem Gusmão (PMDB), enviou técnico para Brasília, o engenheiro Péricles, para receber toda capacitação que contribuirá para que o programa seja logo iniciado na cidade.

Economia

O Cartão Reforma lançado pelo Governo Federal irá fomentar a economia local pelo dinheiro oriundo da concessão de subsídio para compra de materiais de construção e contratação de profissionais da área de construção civil.

O Ministério das Cidades alerta que os municípios brasileiros, como Vitória da Conquista, poderá participar do processo seletivo, a partir do edital que será divulgado em breve pelo governo federal.  A PMVC iniciou a preparação do projeto, condição indispensável para que os recursos venham.

Os bairros mais carentes serão prioritários e as famílias terão que ter renda familiar bruta de até R$2.811,00 – e a quantidade estimada de famílias que poderão ser atendidas serão identificas e selecionadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social. A previsão é que cada família receba cerca de R$ 5 mil para as obras de melhorias de suas habitações.

 

Nota à Imprensa – Deputado Arthur Maia

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 19 maio 2017

Tags:, , ,

da Redação

Nota a imprensa

Ao longo da semana tivemos a clara impressão de que as inúmeras notícias positivas divulgadas pela imprensa apontavam para um futuro melhor para o nosso país. Não tenho dúvidas de que a expectativa da Reforma da Previdência para a qual trabalhei com tanta determinação, sempre com norte de diminuir privilégios e garantir os benefícios aos mais necessitados, contribuiu para esse cenário de esperança.

De ontem para cá, a partir das denúncias que surgiram contra o presidente da República, passamos a viver um cenário crítico, de incertezas e forte ameaça da perda das conquistas alcançadas com tanto esforço.

Certamente, não há espaço para avançarmos com a Reforma da Previdência no Congresso Nacional nessas circunstâncias. É hora de arrumar a casa, esclarecer fatos obscuros, responder com verdade a todas as dúvidas do povo brasileiro, punindo quem quer que seja, mostrando que vivemos em um país em que a lei vale para todos. Só assim é que haveremos de retomar a Reforma da Previdência Social e tantas outras medidas que o Brasil tanto necessita.

Deputado Arthur Maia (PPS/BA)
Relator da Reforma da Previdência

Gastos de planos com hospitais sobem 20%

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 19 maio 2017

Tags:, ,



Vanessa Sarzedas
do Agora

Os custos dos planos de saúde individuais e familiares com exames, consultas e internações hospitalares subiram entre 18% e 20% no ano passado, segundo o IESS (Instituto de Estudos de Saúde Suplementar).

Chamada de custo médico-hospitalar, essa variação é uma das referências usadas pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) para definir o reajuste anual dos convênios médicos, juntamente com as variações de custos dos planos coletivos empresariais.

A decisão sobre o reajuste deve ser anunciada pela agência nos próximos dias.

Manchetes de jornais desta 6ª feira (19)

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 19 maio 2017

Tags:

Jornal Logo

– A Tarde: Áudios são divulgados, mas Temer diz que não sai

– Tribuna da Bahia: Até onde Temer se sustenta? E o Brasil vai sangrar?

– Correio (BA): A República abalada

– Correio Braziliense: STF afasta Aécio e abre inquérito para afastar Temer

– Folha de S. Paulo: Temer avisa que não renuncia; áudio sobre Cunha é inconclusivo

– O Globo: “Não renunciarei”. Em gravação, Temer ouve dono da JBS relatar crimes

– Estado de Minas: Temer:  ‘Sei o que fiz’

– Jornal do Commercio (Recife): Insustentável

– Agora (SP): ‘Não renunciarei’

Michel Temer diz que não irá renunciar

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 18 maio 2017

Tags:, , ,

Da Redação 


O presidente Michel Temer fez o seu primeiro pronunciamento na tarde desta quinta (18) após uma denúncia de um dos donos do grupo JBS, Joesley Batista, divulgado nessa quarta (17). Em sua fala, o presidente disse que não irá renunciar.

Em delação à Procuradoria-Geral da República (PGR) Joesley Batista disse que, em março deste ano, gravou o presidente dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Depois disso, o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou abertura de inquérito para investigar o presidente Michel Temer. O pedido de investigação foi feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

No pronunciamento, Temer afirmou que, em nenhum momento, autorizou pagamentos “a quem quer que seja” para ficar calado. “Não comprei o silêncio de ninguém”, disse Temer, afirmando que não teme nenhuma delação e não tem nada a esconder. O presidente afirmou ainda que a investigação pedida pelo Supremo vai ser o “território onde surgirão todas as explicações”.

Atrasados do INSS acima de R$ 47.280 saem em junho

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 18 maio 2017

Tags:, ,

Leda Antunes e Clayton Castelani
do Agora

A Justiça Federal deve antecipar o cronograma de pagamento dos atrasados do INSS acima de R$ 47.280 neste ano.

A grana será liberada no mês que vem, e não em novembro, como vem ocorrendo nos últimos anos.

Por lei, o governo tem até 31 de dezembro para fazer o pagamento desses valores.

Neste ano, recebem a grana os segurados do INSS que ganharam uma ação de revisão ou concessão de benefício e que tiveram o pagamento do precatório liberado pelo juiz entre 2 de julho de 2015 e 1º de julho de 2016.

Leia Mais

Manchetes de jornais desta 5ª feira (18)

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 18 maio 2017

Tags:

Jornal Logo

– A Tarde: Delação vaza e mostra Temer dando aval para calar Eduardo Cunha

– Tribuna da Bahia: Temer é acusado de querer calar Cunha, presidente nega

– Correio (BA): Nudistas em guerra contra sexo na praia

– Correio Braziliense: Delação da JBS atinge Temer. Governo nega

– Folha de S. Paulo: Áudio de conversa de Temer e empresário encurrala governo

– O Globo: O País na incerteza

– Estado de Minas: JBS: Temer deu aval para compra de silêncio  de Eduardo Cunha, diz jornal

– Jornal do Commercio (Recife): Temer é alvo de denuncia e oposição pede impeachment

– Agora (SP): Grampo de Temer com dono da Friboi balança o governo