Prazo para justificar ausência no segundo turno das eleições termina no próximo mês

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 16 nov 2018

Tags:, ,

Da Redação

Os eleitores que não compareceram ao local de votação nas eleições  e não justificaram a ausência no segundo turno ainda podem regularizar a situação eleitoral até dezembro. Os ausentes do primeiro turno, realizado em 7 de outubro, tem até de de dezembro para justificar por que não compareceram à votação. Para os que se ausentaram no segundo turno, o prazo vai até 27 de dezembro.

A justificativa pode ser feita mediante o preenchimento de um requerimento disponível no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que deve ser entregue pessoalmente em qualquer cartório eleitoral ou enviado por via postal ao juiz da zona eleitoral na qual é inscrito. Além do formulário, o eleitor deve entregar documentação que comprove a impossibilidade de comparecimento na votação.

Pela internet, o eleitor pode justificar a ausência usando o Sistema Justifica nas páginas do TSE ou dos tribunais regionais. No formulário online, o eleitor deve informar seus dados pessoais, declarar o motivo da ausência e anexar comprovante do impedimento para votar.

Manchetes de jornais desta 6ª feira, 16 de novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 16 nov 2018

Tags:,

 

– A Tarde: Roberto Campos Neto é indicado ao Banco Central 

– Tribuna da Bahia: Roberto Campos Neto substituirá Ilan no comando do BC

– Correio (BA): Para fechar contas, 75% das prefeituras baianas vão demitir

– Folha (SP): Solução é cortar os salários, não vagas, diz governo a eleito

– O Globo: Estados querem facilitar a demissão de servidores

– Jornal do Commercio (Recife): Indicação para o BC reforça perfil liberal

Ação na Justiça acelera a análise de benefício no INSS

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 15 nov 2018

Tags:, ,

Clayton Castelani
do Agora

Dos 685 mil benefícios pendentes de análise no INSS em todo o país, 324,3 mil (47%) esperam por respostas do órgão por mais tempo do que os 45 dias determinados por lei, segundo Boletim Estatístico da Previdência Social de setembro, que é o mais recente divulgado.

Para tentar destravar essas análises, advogados previdenciários estão recorrendo a mandados de segurança na Justiça Federal, obrigando assim o órgão a apresentar respostas para os segurados, sejam elas positivas ou não.

Após receber o mandado de segurança, juízes têm sido rápidos em determinar as análises dos benefícios, afirma o presidente do Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários), Roberto de Carvalho Santos.

“As ordens judiciais costumam ser emitidas em até 48 horas após o recebimento da ação”, diz.

“Ao ser notificado, o INSS também é rápido para fazer essa análise, para evitar o pagamento da multa estipulada pelo juiz, normalmente no valor de R$ 100 por dia”, comenta o advogado.

15 de Novembro: Proclamação da República, história

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 15 nov 2018

Tags:, ,

 

da Redação
Youtube com dados históricos da Suapesquisa.com

Introdução

No final da década de 1880, a monarquia brasileira estava numa situação de crise, pois representava uma forma de governo que não correspondia mais às mudanças sociais em processo. Fazia-se necessário a implantação de uma nova forma de governo, que fosse capaz de fazer o país progredir e avançar nas questões políticas, econômicas e sociais.

Crise da Monarquia

A crise do sistema monárquico brasileiro pode ser explicada através de algumas questões:

– Interferência de D.Pedro II nos assuntos religiosos, provocando um descontentamento na Igreja Católica;

– Críticas feitas por integrantes do Exército Brasileiro, que não aprovavam a corrupção existente na corte. Além disso, os militares estavam descontentes com a proibição, imposta pela Monarquia, pela qual os oficiais do Exército não podiam se manifestar na imprensa sem uma prévia autorização do Ministro da Guerra;

– A classe média (funcionário públicos, profissionais liberais, jornalistas, estudantes, artistas, comerciantes) estava crescendo nos grandes centros urbanos e desejava mais liberdade e maior participação nos assuntos políticos do país. Identificada com os ideais republicanos, esta classe social passou a apoiar o fim do império;

– Falta de apoio dos proprietários rurais, principalmente dos cafeicultores do Oeste Paulista, que desejavam obter maior poder político, já que tinham grande poder econômico;

Diante das pressões citadas, da falta de apoio popular e das constantes críticas que partiam de vários setores sociais, o imperador e seu governo, encontravam-se enfraquecidos e frágeis. Doente, D.Pedro II estava cada vez mais afastado das decisões políticas do país. Enquanto isso, o movimento republicano ganhava força no Brasil.

A Proclamação da República

No dia 15 de novembro de 1889, o Marechal Deodoro da Fonseca, com o apoio dos republicanos, demitiu o Conselho de Ministros e seu presidente. Na noite deste mesmo dia, o marechal assinou o manifesto proclamando a República no Brasil e instalando um governo provisório.

Após 67 anos, a monarquia chegava ao fim. No dia 18 de novembro, D.Pedro II e a família imperial partiam rumo à Europa. Tinha início a República Brasileira com o Marechal Deodoro da Fonseca assumindo provisoriamente o posto de presidente do Brasil. A partir de então, o pais seria governado por um presidente escolhido pelo povo através das eleições. Foi um grande avanço rumo a consolidação da democracia no Brasil.

Manchetes de jornais desta 5ª feira, 15 de novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 15 nov 2018

Tags:

 

– A Tarde: Cuba retira profissionais do programa Mais Médicos

– Tribuna da Bahia: Cuba anuncia retirada de médicos do Brasil após eleição de Bolsonaro (online)

– Correio (BA): Cubanos deixam o Mais Médicos

– Folha (SP): Em divergência com Bolsonaro, Cuba sai do Mais Médicos

– O Globo: Bolsonaro promete dinheiro do leilão do petróleo a estados

– Jornal do Commercio (Recife): Apelo dos Estados e do novo governo

Gabarito oficial do Enem 2018 é divulgado

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação | Data: 14 nov 2018

Tags:,


Da Redação

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), divulgou na manhã desta  quarta-feira (14), o  gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os cadernos de prova juntamente com os gabaritos  estão disponíveis na página do Enem.

Foi disponibilizado também todos os vídeos da videoprova em Língua Brasileira de Sinais (Libras) no Canal no Youtube. Segundo a autarquia, Isso permitirá que os surdos e os deficientes auditivos tenham como estudar para futuras edições do Enem em sua primeira língua. As respostas das questões estão no gabarito do caderno verde.  Além disso, estão disponíveis as provas ampliada e superampliada, que são azuis para o primeiro domingo e amarelo para o segundo; e as provas ledor, de cor laranja.

Mesmo com o gabarito, os candidatos não conseguirão saber a nota que tiraram, porque o sistema de correção do Enem usa a metodologia da teoria de resposta ao item (TRI), que não estabelece previamente um valor fixo para cada questão. O valor varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item.

Os resultados individuais do Enem serão divulgados no dia 18 de janeiro.

Busca por benefício sobe 40% com debate da reforma

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 14 nov 2018

Tags:, ,

 

Clayton Castelani
do Agora

Em uma típica corrida para escapar da reforma previdenciária, 775,6 mil segurados do INSS pediram aposentadorias por tempo de contribuição no primeiro semestre deste ano.

O número é 40% maior do que as 554,2 mil solicitações do benefício realizadas nos primeiros seis meses de 2016, antes de o presidente Michel Temer (MDB) ter enviado ao Congresso a sua proposta de mudanças nas regras.

Na comparação com igual período de 2017, os requerimentos variaram 1%.

A tendência é que a busca pelo benefício continue alta no ano que vem, considerando que a reforma é prioridade para o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

Manchetes de jornais desta 4ª feira, 14 de novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 14 nov 2018

Tags:,

 

– A Tarde: Alta de ICMS pressiona preços dos combustíveis 

– Tribuna da Bahia: Bolsonaro fala em cortar 30% dos cargos políticos em bancos estatais

– Correio (BA): Assalto a carro-forte gera pânico em shopping

– Folha (SP): Segurança pública se torna questão militar em estados

– O Globo: Gasto com pessoal excede o limite em 14 estados

– Jornal do Commercio (Recife): Nordeste esvazia reunião com o time de Bolsonaro

Inep divulga resultado do Encceja 2018 do ensino médio

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação | Data: 13 nov 2018

Tags:,

Da Redação

Já podem ser consultados pelos  estudantes os resultados individuais do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2018 para o ensino médio.

As notas estão na Página do Participante, e pode ser acessada com o número do CPF do estudante e a senha individual. Segundo o Inep, quem obteve a nota mínima deve procurar as Secretarias Estaduais de Educação e dos Institutos Federais de Educação Ciência e Tecnologia, que escolheram durante a inscrição, para solicitar a certificação do ensino médio.

A prova do Encceja foi aplicada em 5 de agosto para 1,6 milhão de pessoas. Dos inscritos para o ensino médio, 578.865 fizeram as provas e 36% conseguiram a certificação completa nas quatro áreas de conhecimento.Segundo o instituto, 91% dos inscritos para o ensino médio tiveram nota mínima em ciências da natureza; 81,1 % em ciências humanas; 67,3% em linguagens e redação; e 59,6 % em matemática.

O Inep diz que, no entanto, o número de certificados poderá ser maior porque o Encceja permite que o estudante solicite a certificação se ele obtiver desempenho mínimo de algumas áreas em anos anteriores, e outras áreas neste ano. Os resultados do ensino fundamental serão liberados a partir de 10 de dezembro.

Caixa suspende contratações na faixa 1,5 do Minha Casa, Minha Vida

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 13 nov 2018

Tags:, ,

Da Redação

Fonte:G1

Foi suspendido pela Caixa Econômica Federal (CEF),  a contratação de novas unidades do programa Minha Casa Minha Vida na faixa 1,5, que enquadra famílias com renda mensal de até R$ 2,6 mil. O motivo foi  ocasionado pela   falta de recursos

A linha utiliza recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para conceder crédito imobiliário a juros abaixo dos praticados pelo mercado a famílias de renda mais baixa.

Em comunicado, o banco informou que o orçamento para esta modalidade foi esgotado e o programa será retomado nesta faixa “a partir do início de 2019”.

O orçamento do Minha Casa, Minha Vida para 2018 é de R$ 57,4 bilhões. Até o momento, a Caixa informou que foram contratadas cerca de 4,7 milhões de unidades habitacionais.

Bolsonaro admite reforma da Previdência para 2019

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 13 nov 2018

Tags:, ,

da Folha de São Paulo

Folha de S.Paulo

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem que dificilmente conseguirá aprovar algo da reforma da Previdência ainda neste ano.

Na mesma linha, o futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que a tendência é que a aprovação fique para o ano que vem.

No Rio de Janeiro, Bolsonaro disse que o tema é complicado e que a reforma para o setor público deve ser discutida primeiro.

“Sabemos que a previdência realmente é complicada, é o que mais pesa, tem aposentadorias que são acima do teto, tem privilégios. Tem que começar com a previdência pública”, disse.

“É complicado, mas você tem que ter o coração nessa reforma também, não é apenas números.”

Manchetes de jornais desta 3ª feira, 13 de novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 13 nov 2018

Tags:

 

– A Tarde: STJ manda soltar Joesley e outros presos da Capitu 

– Tribuna da Bahia: Reforma da Previdência só em 2019

– Correio (BA): Bandidos mais perigosos da Bahia estão no interior

– Folha (SP): Bolsonaro sinaliza que Previdência só será votada em 2019

– O Globo: Com Levy, BNDES se voltará para privatizações e infraestrutura

– Jornal do Commercio (Recife): Estado sobe imposto para bancar promessa

Enem 2018: segundo dia de provas tem mais de 110 mil abstenções na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Educação | Data: 12 nov 2018

Tags:, ,

Da Redação

No segundo e último dia das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018,  realizadas no domingo (11), foi registrado 110.781 abstenções na Bahia. Os dados foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O número corresponde a 27,8% do total de inscritos, que foi de 398.493 candidatos. O balanço é maior que no primeiro dia, quando 93.646 pessoas deixaram de fazer a prova, um percentual de 23,5%.Apesar do aumento de ausências entre os dois dias, o índice é menor que o balanço de 2017, quando foi registrada ausência de 32,4% dos candidatos inscritos. Além disso, os dados também são menores que a média nacional de ausências deste ano, que fechou em 29,2%.

Em todo o estado, 287.712 pessoas fizeram as provas nos dois domingos de Enem, um total de 72,2%. Um desses candidatos foi o jovem Yago Cruz, de 23 anos. Com o objetivo de conquistar uma bolsa integral gratuita em uma universidade, ele prestou o exame pela terceira vez.A Bahia fica em 9º lugar no ranking de presenças no Enem 2018, no segundo dia de provas. No primeiro dia, ficou em 7º. Em ambas as provas, a lista com as maiores presenças foi liderada pelo estado do Piauí.

Modernização da legislação trabalhista completa um ano

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Trabalho | Data: 12 nov 2018

Tags:,

Há um ano, a legislação trabalhista está mais moderna e flexível. Desde que a Lei 13.467 entrou em vigor, em novembro de 2017, foram criados mais de 372,7 mil postos de empregos formais em todo país, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged*) do Ministério do Trabalho. No mesmo período foram realizadas 47.139 admissões na modalidade de trabalho intermitente, gerando saldo de 35.930 empregos, envolvendo mais de 6,4 mil estabelecimentos.

Quando foi proposta, ainda em 2016, a nova legislação tinha o objetivo de atualizar a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), instituída em 1943, e aproximar o Brasil do que era praticado em outras nações desenvolvidas. “O Ministério do Trabalho, em conjunto com a Casa Civil, começou a fazer um diagnóstico para entender como estava o mercado de trabalho depois da crise de 2014/2016. Embora a legislação tivesse sofrido algumas alterações, estava desatualizada em relação ao restante do mundo”, lembra o secretário-executivo substituto do Ministério do Trabalho, Admilson Moreira dos Santos …Leia na íntegra

Caixa define Prazo de aditamento do Novo Fies; Confira

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação | Data: 12 nov 2018

Tags:, ,

da Redação

Foi publicado nesta segunda-feira (12), no  Diário Oficial da União (DOU), da Caixa Econômica Federal, a circular sobre as regras para aditamentos de contratos do Novo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) relativos à renovação semestral dos dois semestres deste ano. De acordo com a norma, o período para a realização dos aditivos começou em 29 de outubro e vai terminar no dia 30 de novembro de 2018.

“Seguindo a regra do Novo Fies, os aditamentos de renovação semestral formalizados até o dia 15 de novembro de 2018 terão sua primeira parcela de coparticipação com vencimento em 15 de dezembro de 2018”, cita a circular.

Para os aditamentos que forem formalizados após o dia 15 de novembro de 2018 terão sua primeira parcela de coparticipação com vencimento em 15 de janeiro de 2019.

Grana da aposentadoria ficará na mão dos bancos na nova Previdência

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 12 nov 2018

Tags:, ,

Mariana Carneiro
Folha de S.Paulo

O modelo de Previdência planejado pela equipe do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), prevê a permissão para que gestores da iniciativa privada administrem a poupança dos trabalhadores que optarem pelo novo regime de aposentadoria.

Bancos, seguradoras e até fundos de pensão de funcionários de estatais, como Petros (da Petrobras) e Previ (do Banco do Brasil), poderão se credenciar para administrar a grana dos trabalhadores que ingressarem no novo regime de Previdência, chamado de capitalização.

Essa opção só será possível para novos profissionais, que ainda não entraram no mercado de trabalho. Eles terão acesso ao sistema por meio da carteira verde e amarela, promessa de campanha do presidente eleito e que quer flexibilizar as leis trabalhistas, fazendo com que o negociado entre patrões e empregados prevaleça sobre direitos hoje previstos em lei. Apenas os direitos escritos na Constituição, como férias remuneradas, 13º salário e FGTS, estariam garantidos.

Manchetes de jornais desta 2ª feira, 12 de novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 12 nov 2018

Tags:,

 

– A Tarde: Quinze milhões de famílias entram em crise em 2018 

– Tribuna da Bahia: Novo governo vai herdar 7,3 mil obras incompletas

– Correio (BA): Após chamado misterioso, empresário paulista sofre acidente na cidade de Serro Azul

– Folha (SP): Veto a discussão de gênero acumula derrota na Justiça

– O Globo: Pacote de privatizações terá de superar entraves técnicos

– Jornal do Commercio (Recife): Crise nos Estados na agenda de Bolsonaro

Bolsonaro liga para Silvio Santos; participa do Teleton, e ouve previsão que ele governará 8 anos e Sergio Moro, mais 8

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 11 nov 2018

Tags:, ,

da Redação

Ao participar ao vivo do programa do Silvio Santos no SBT, o presidente eleito Jair Bolsonaro, confessou ser fã do apresentador  e fez previsão futura na política Nacional: “O Brasil vai ter 16 anos de homens com vontade de fazer o Brasil caminhar. Pode ser que isso não aconteça, mas se defender da minha vontade e das pessoas que querem ver o Brasil pra frente, 8 anos com Bolsonaro e 8 com o Moro – vai ter 16 anos e um bom caminho”.

Veja o vídeo:

 

Prepare-se para pedir a aposentadoria em 2019

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 11 nov 2018

Tags:, ,

Fernanda Brigatti
do Agora

O governo Jair Bolsonaro (PSL) ainda não começou, mas o presidente eleito e seu futuro ministro da área econômica, Paulo Guedes, já se movimentam para uma reforma no sistema de aposentadorias dos trabalhadores brasileiros. Esse tipo de discussão causa apreensão nos segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), especialmente entre os que estão em vias de completar as condições mínimas para o pedido de benefício.

Enquanto essa tentativa de reforma da Previdência não avança e ganha contornos mais sólidos, o segurado que já estava de olho na aposentadoria pode se antecipar e deixar seu cadastro do INSS, o Cnis, em dia.

Períodos de contribuição com falhas, trabalho sem carteira e laudos de tempo especial incompletos são exemplos do que pode atrasar, reduzir e até impedir a concessão da aposentadoria.

Manchetes de jornais deste domingo, 11 de novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 11 nov 2018

Tags:,

 

– A Tarde: Cozinhas domésticas tornam-se fonte de renda 

– Tribuna da Bahia: (não circula aos domingos)

– Correio (BA): Câncer de próstata mata três baianos por dia

– Folha (SP): Bolsonaro não é a volta dos militares, afirma Villas Bôas

– O Globo: Os desafios de Moro

– Jornal do Commercio (Recife): Bolsonarismo x Lulismo