Petrobras volta a reduzir preço da gasolina nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 08 jan 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Da Redação

A Petrobras reduzirá o preço médio da gasolina em suas refinarias ao menor nível em cerca de 14 meses. Foi anunciada nesta terça-feira (8), pela estatal uma redução de 1,38% no preço da gasolina vendida em suas refinarias. O litro do combustível passará a ser comercializado a R$ 1,4337 a partir de amanhã (9), dois centavos a menos do que o preço praticado hoje (R$ 1,4537).
 
Essa é a terceira queda consecutiva do preço do combustível, que começou o ano sendo vendido a R$ 1,5087 por litro. Desde o dia 1º, a gasolina acumula queda de 4,97% no preço nas refinarias da estatal.

O preço do diesel foi mantido em R$ 1,8545, o mesmo valor desde 1º de janeiro.

44% dos estagiários repensam efetivação por falta de identificação com empresa

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Trabalho | Data: 08 jan 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Banner.gif

Reprodução do site da CDL

Jovens da geração Z buscam plano de carreira e crescimento dentro de companhia

Os jovens da geração Z estão desembarcando no mundo do trabalho e fazendo a área de RH das organizações repensarem uma vez mais as políticas de retenção de talentos. De acordo com levantamento do Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE, encomendado à Toledo e Associados, ao menos 44% dos jovens analisaram aspectos, como identificação com a empresa, plano de carreira e crescimento antes de aceitar proposta de efetivação na empresa em que estagiam.

A pesquisa realizada com 1.800 estudantes de um grupo de universidades de São Paulo, entre os meses de julho e agosto desse ano, apontou que para 64% dos estagiários atuar na área relacionada com o curso e não ocupar uma função operacional é principal motivação por uma vaga. Já 47% levam em consideração as oportunidades de crescimento dentro da organização.

…Leia na íntegra

Manchetes de jornais desta 3ª feira, 8 de janeiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 08 jan 2019

– A Tarde: Grupo do Brasil aponta prevenção ao Alzheimer

– Tribuna da Bahia:  Casa própria para classe média só com juros de mercado

– Correio (BA): Estudante acusa DJ de violência sexual

– Folha (SP): Governo prepara transição mais curta para a Previdência

– O Globo: Bolsonaro reúne Guedes e Onyx para afinar discurso

– Jornal do Commercio (Recife):  Juro mais alto deixa mercado em alerta

Novo prazo para os profissionais se apresentarem ao Mais Médicos começa hoje (07)

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 07 jan 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Banner.gif

Começa nesta segunda-feira (7), o prazo para que os médicos brasileiros inscritos na segunda etapa do programa Mais Médicos se apresentem nos municípios escolhidos para atuar. O prazo vai até a próxima quinta-feira (10).

Os profissionais que decidirem não comparecer mais às atividades devem informar ao município onde trabalharia, que fica encarregado de comunicar a desistência ao governo federal.

Segundo o Ministério da Saúde, candidatos que desistirem dos postos terão as vagas colocadas de volta ao edital do Mais Médicos. O sistema será atualizado com as vagas disponíveis para os profissionais formados no exterior. A previsão é que a lista de médicos brasileiros homologados que deram início às atividades seja publicada no próximo dia 14.

Manchetes de jornais desta 2ª feira, 7 de janeiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 07 jan 2019

– A Tarde:  MEC passa a contar com secretarias para alfabetização e escolas militares (online)

– Tribuna da Bahia: Mídias sociais elevam depressão entre meninas, diz pesquisa

– Correio (BA): Governo Bolsonaro prepara pente-fino nos benefícios pagos pelo INSS

– Folha (SP): Estados aumentam ICMS para cobrir aposentadorias

– O Globo: Empresas querem ações para destravar economia

– Jornal do Commercio (Recife):  Empresas querem ações para destravar economia 

Manchetes de jornais deste domingo, 6 de janeiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 06 jan 2019

– A Tarde: Microfranquia é a chance de empreender com pouco

– Tribuna da Bahia:  (não circula aos domingos)

– Correio (BA): Material escolar fica 10% mais caro

– Folha (SP): Governo fará pente-fino em todos os benefícios do INSS

– O Globo: No Congresso, Bolsonarto vai priorizar a agenda econômica

– Jornal do Commercio (Recife):  Semana de uma nova chance

Manchetes de jornais deste sábado, 5 de janeiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 05 jan 2019

Tags:

– A Tarde:  Texto da Previdência sai este mês, diz Bolsonaro

– Tribuna da Bahia:  Onyx diz que Bolsonaro se ‘equivocou’ ao falar de aumento de IOF e redução de IR

– Correio (BA): Governo desiste de reajustar IOF aós reações negativas

– Folha (SP): Bolsonaro diz que IOF vai subir e seu governo desmente

– O Globo: Assessores negam anúncio de Bolsonaro sobre impostos

– Jornal do Commercio (Recife): Desafios lá e aqui

Preço da gasolina nas refinarias volta a cair pelo 2º dia seguido

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 04 jan 2019

Tags:, ,

Da Redação

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

A Petrobras reduziu pelo segundo dia seguido o preço da gasolina pvendida nas refinarias. Nesta sexta-feira (4), a empresa está negociando o litro do combustível a R$ 1,4537. Ontem (3) a estatal já havia reduzido o preço de R$ 1,5087 para R$ 1,4675.

De acordo com a Petrobras, a política de preços da empresa para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras “tem como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo”.

Segundo a estatal, essa “paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos”. A Petrobras informa ainda que “o preço considera uma margem que cobre os riscos (como volatilidade do câmbio e dos preços)”.

Bolsonaro defende idades mínimas para aposentadorias de 57 anos para mulheres e 62 para homens

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 04 jan 2019

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

Joana Cunha e Heloísa Negrão (Agora)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) defendeu ontem uma idade mínima de aposentadoria de 57 anos para mulheres e de 62 anos para homens, de forma gradativa. A declaração foi dada em sua primeira entrevista após a posse, ao SBT Brasil.

A proposta atenua a reforma da Previdência apresentada pelo ex-presidente Michel Temer ao Congresso. Ele inicialmente propunha 65 anos para obtenção do benefício para ambos os sexos. O texto aprovado em comissão especial na Câmara dos Deputados, porém, estabelece 65 anos para os homens e 62 para as mulheres.

“O que nós queremos é aproveitar a reforma que está na Câmara, que começou com Michel Temer. A boa reforma é a que passa na Câmara e no Senado, e não a que está na minha cabeça ou na da equipe econômica”, disse. Para ele, “todos vão ter de contribuir um pouco”.

Hoje, há dois tipos de aposentadoria no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social): por idade, que exige 60 anos (mulheres) e 65 anos (homens) e por tempo de contribuição, que não requer idade mínima.

Manchetes de jornais desta 6ª feira, 4 de janeiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 04 jan 2019

Tags:

– A Tarde: Acidente na Bahia mata seis e deixa 23 feridos

– Tribuna da Bahia:  Aposentadoria aos 62 anos, propõe Bolsonaro

– Correio (BA): Um olho à frente e outro no retrovisor

– Folha (SP): Bolsonaro propõe novas idades na aposentadoria

– O Globo: Bolsonaro quer idade mínima de 62 anos para homem e 57 para mulher

– Jornal do Commercio (Recife):  Na segurança, Estado e País falam a mesma língua

Atleta Conquistense sobe ao pódio na Corrida Internacional de São Silvestre

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Esportes, Geral, Vit. da Conquista | Data: 03 jan 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Foto: B.L.S

A mais tradicional e importante corrida de rua da América Latina, a Corrida Internacional de São Silvestre, aconteceu na última segunda-feira (31). A sua 94ª edição ficará marcada para a atleta conquistense Suzy Ruas, que subiu ao pódio na disputa.

A atleta venceu em 1°lugar na sua categoria de 40ª a 44 anos, e ficou com a 48° colocação nos 15 km geral feminino. “Estou muito grata a Deus, pelos grandes benefícios que ele tem feito na minha vida” contou Suzy Ruas.

O percurso total foi de 15 km, e passou por alguns dos principais pontos turísticos da cidade de São Paulo. A corrida contou com a participação de
cerca de 30 mil pessoas, dentre eles grandes nomes do atletismo mundial.

Remédio para tratar doença rara será oferecido pelo SUS

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 03 jan 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Foi anunciado nesta quinta-feira (03), pelo Ministério da Saúde, a incorporação do medicamento dicloridato de sapropterina, utilizado no tratamento da fenilcetonúria, ao Sistema Único de Saúde (SUS).

O remédio deve estar disponível na rede pública em até 180 dias e será ofertado a mulheres que estejam em período pré-concepcional ou em período gestacional e que tenham feito teste de responsividade positivo ao medicamento.

De acordo com a pasta, o uso do dicloridato de sapropterina para o tratamento da fenilcetonúria é feito de forma complementar à realização de dieta, com restrição de alimentos como carne, ovo, trigo e feijão, além do uso de fórmula metabólica rica em aminoácidos, vitaminas e minerais.

Petrobras reduz preço da gasolina nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 03 jan 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

O ano começou com queda no preço do combustível. A Petrobras reduziu em 2,73% o preço médio da gasolina comercializada em suas refinarias a partir desta quinta-feira (3), para R$ 1,4675 por litro. A última redução no preço do combustível ocorreu no dia 28 de dezembro do ano passado, quando passou de R$ 1,5554 para R$ 1,5087.

De acordo com a estatal, a política de preços da empresa para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras “tem como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo”.

Em relação ao diesel, o preço médio nas refinarias da Petrobras foi mantido nesta quinta-feira em R$ 1,8545 por litro.

Manchetes de jornais desta 5ª feira, 3 de janeiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil | Data: 03 jan 2019

– A Tarde: ‘Superministros’ de Bolsonaro expõem diretrizes do governo

– Tribuna da Bahia:  Em euforia, Bovespa fecha no maior patamar da história

– Correio (BA): Policiais perdem o direito de gratuidade no transporte de Salvador

– Folha (SP): Sem mudar Previdência, saída é desvincular gasto, diz Guedes

– O Globo: Reforma garante 10 anos de crescimento, diz Guedes

– Jornal do Commercio (Recife): Superministro na defesa de menos Estado

Sisu deve abrir mais de 235 mil vagas em 2019

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação, Geral | Data: 02 jan 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

O Ministério da Educação (MEC), divulgou no último mês que o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) vai ofertar, no primeiro semestre deste ano, 235.476 vagas distribuídas em 129 universidades públicas de todo o país.

Para concorrer ao processo seletivo, os candidatos deverão se inscrever pela internet, na página eletrônica do programa, a partir do dia 22 janeiro.

Bolsonaro fala em ‘libertar o país do socialismo’

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 02 jan 2019

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

Editorial

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), ao discursar para o povo brasileiro no Palácio do Planalto, prometeu “libertar o país do socialismo’.

O primeiro ministro inglês, já na década de 40, pregava contra o socialismo e deixou a famosa frase:

O Socialismo é a filosofia do fracasso, a crença na ignorância, a pregação da inveja. Seu defeito inerente é a distribuição igualitária da miséria (Winston Churchill).

O exemplo de Cuba, reforça a tese de Churchill. Em 1959 Fidel Castro destitui do poder, Fulgencio Batista, que instaurou uma ditadura, que foi marcada pela corrupção, violência contra a oposição e censura a imprensa.

O erro de Fidel foi adotar e se entregar ao socialismo e maxismo. Tornou-se também um ditador perverso e levou Cuba a extrema miséria.

O Brasil viveu momentos difíceis, e partidos de esquerda, liderados pelo PT afundaram o Brasil na pior crise da sua história. Estabeleceram o ‘nós contra eles’. Difundiram o ódio e o apartheid, e estimularam a desordem.

Bolsonaro encontrou um país melhor, graças ao impeachment de Dilma Rousseff e a atuação de Michel Temer que implementou importantes reformas. A reforma da Previdência, necessária e importante para o Brasil, não aconteceu devido o clima de desordem que a esquerda irresponsável implantou no Brasil.

Bolsonaro invoca Deus e o seu governo será revolucionário sem precisar derramar sangue.

A bandeira do Brasil é verde e amarela. O fim do socialismo, no comando da nação, marcará a era soberana da vontade do povo brasileiro. Viva o Brasil!!

Manchetes de jornais desta 4ª feira, 2 de janeiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 02 jan 2019

– A Tarde: Começa a era Bolsonaro

– Tribuna da Bahia:  Bolsonaro defende pacto nacional e sociedade sem divisões

– Correio (BA): Bolsonaro defende pacto no país

– Folha (SP): Bolsonaro defende família, ataca ideologias e valoriza ação policial

– O Globo: Bolsonaro propõe pacto nacional e fala em ‘libertar o país do socialismo’

– Jornal do Commercio (Recife):  Bolsonaro defende pacto e sociedade sem divisões

Discurso de posse do presidente Jair Bolsonaro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 01 jan 2019

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

da Redação

Com informações a Agência Brasil

O presidente eleito Jair Bolsonaro no Congresso Nacional para a sessão solene de posse.

Em seu primeiro discurso como presidente da República, o presidente Jair Bolsonaro, anunciou que fará reformas estruturantes e criará um circulo virtuoso de confiança na economia. Ele pediu o apoio do povo unido e do Congresso para reconstruir o país. Segundo ele, os “enormes desafios” poderão ser superados com a “sabedoria de ouvir a voz do povo.”

Confira a íntegra do discurso:

Senhoras e Senhores,

Com humildade, volto a esta Casa, onde, por 28 anos, me empenhei em servir à nação brasileira, travei grandes embates e acumulei experiências e aprendizados, que me deram a oportunidade de crescer e amadurecer.

Volto a esta Casa, não mais como deputado, mas como Presidente da República Federativa do Brasil, mandato a mim confiado pela vontade soberana do povo brasileiro.

Hoje, aqui estou, fortalecido, emocionado e profundamente agradecido, a Deus pela minha vida e aos brasileiros, por confiarem a mim a honrosa missão de governar o Brasil, neste período de grandes desafios e, ao mesmo tempo, de enorme esperança.

Aproveito este momento solene e convoco, cada um dos Congressistas, para me ajudarem na missão de restaurar e de reerguer nossa Pátria, libertando-a, definitivamente, do jugo da corrupção, da criminalidade, da irresponsabilidade econômica e da submissão ideológica.

Temos, diante de nós, uma oportunidade única de reconstruir nosso país e de resgatar a esperança dos nossos compatriotas.

Estou certo de que enfrentaremos enormes desafios, mas, se tivermos a sabedoria de ouvir a voz do povo, alcançaremos êxito em nossos objetivos, e, pelo exemplo e pelo trabalho, levaremos as futuras gerações a nos seguir nesta tarefa gloriosa.

Vamos unir o povo, valorizar a família, respeitar as religiões e nossa tradição judaico-cristã, combater a ideologia de gênero, conservando nossos valores. O Brasil voltará a ser um país livre de amarras ideológicas.

Pretendo partilhar o poder, de forma progressiva, responsável e consciente, de Brasília para o Brasil; do Poder Central para Estados e Municípios.

Minha campanha eleitoral atendeu ao chamado das ruas e forjou o compromisso de colocar o Brasil acima de tudo, e Deus acima de todos.

Por isso, quando os inimigos da pátria, da ordem e da liberdade tentaram pôr fim à minha vida, milhões de brasileiros foram às ruas. Uma campanha eleitoral transformou-se em um movimento cívico, cobriu-se de verde e amarelo, tornou-se espontâneo, forte e indestrutível, e nos trouxe até aqui.

Nada aconteceria sem o esforço e o engajamento de cada um dos brasileiros que tomaram as ruas para preservar nossa liberdade e democracia.

Reafirmo meu compromisso de construir uma sociedade sem discriminação ou divisão.

Daqui em diante, nos pautaremos pela vontade soberana daqueles brasileiros: que querem boas escolas, capazes de preparar seus filhos para o mercado de trabalho e não para a militância política; que sonham com a liberdade de ir e vir, sem serem vitimados pelo crime; que desejam conquistar, pelo mérito, bons empregos e sustentar com dignidade suas famílias; que exigem saúde, educação, infraestrutura e saneamento básico, em respeito aos direitos e garantias fundamentais da nossa Constituição.

O Pavilhão Nacional nos remete à “ORDEM E AO PROGRESSO”.

Nenhuma sociedade se desenvolve sem respeitar esses preceitos.

O cidadão de bem merece dispor de meios para se defender, respeitando o referendo de 2005, quando optou, nas urnas, pelo direito à legítima defesa.

Vamos honrar e valorizar aqueles que sacrificam suas vidas em nome de nossa segurança e da segurança dos nossos familiares.

Contamos com o apoio do Congresso Nacional para dar o respaldo jurídico aos policiais para realizarem seu trabalho.

Eles merecem e devem ser respeitados!

Nossas Forças Armadas terão as condições necessárias para cumprir sua missão constitucional de defesa da soberania, do território nacional e das instituições democráticas, mantendo suas capacidades dissuasórias para resguardar nossa soberania e proteger nossas fronteiras.

Montamos nossa equipe de forma técnica, sem o tradicional viés político que tornou nosso estado ineficiente e corrupto.

Vamos valorizar o Parlamento, resgatando a legitimidade e a credibilidade do Congresso Nacional.

Na economia traremos a marca da confiança, do interesse nacional, do livre mercado e da eficiência.

Confiança no compromisso de que o governo não gastará mais do que arrecada e na garantia de que as regras, os contratos e as propriedades serão respeitados.

Realizaremos reformas estruturantes, que serão essenciais para a saúde financeira e sustentabilidade das contas públicas, transformando o cenário econômico e abrindo novas oportunidades.

Precisamos criar um ciclo virtuoso para a economia que traga a confiança necessária para permitir abrir nossos mercados para o comércio internacional, estimulando a competição, a produtividade e a eficácia, sem o viés ideológico.

Nesse processo de recuperação do crescimento, o setor agropecuário seguirá desempenhando um papel decisivo, em perfeita harmonia com a preservação do meio ambiente.

Da mesma forma, todo setor produtivo terá um aumento da eficiência, com menos regulamentação e burocracia.

Esses desafios só serão resolvidos mediante um verdadeiro pacto nacional entre a sociedade e os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, na busca de novos caminhos para um novo Brasil.

Uma de minhas prioridades é proteger e revigorar a democracia brasileira, trabalhando arduamente para que ela deixe de ser apenas uma promessa formal e distante e passe a ser um componente substancial e tangível da vida política brasileira, com o respeito ao Estado Democrático.

A construção de uma nação mais justa e desenvolvida requer a ruptura com práticas que se mostraram nefastas para todos nós, maculando a classe política e atrasando o progresso.

A irresponsabilidade nos conduziu à maior crise ética, moral e econômica de nossa história.

Hoje começamos um trabalho árduo para que o Brasil inicie um novo capítulo de sua história.

Um capítulo no qual o Brasil será visto como um país forte, pujante, confiante e ousado.

A política externa retomará seu papel na defesa da soberania, na construção da grandeza e no fomento ao desenvolvimento do Brasil.

Senhoras e Senhores Congressistas,

Deixo esta casa, rumo ao Palácio do Planalto, com a missão de representar o povo brasileiro.

Com a benção de Deus, o apoio da minha família e a força do povo brasileiro, trabalharei incansavelmente para que o Brasil se encontre com o seu destino e se torne a grande nação que todos queremos.

Muito obrigado a todos vocês.

BRASIL ACIMA DE TUDO!

DEUS ACIMA DE TODOS!

Diesel sobe 2,5% nas refinarias com o fim do programa de subsídio

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 31 dez 2018

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Foi anunciado nesta segunda-feira (31), pela Petrobras,uma elevação no preço médio nacional do diesel vendido nas refinarias em 2,5% a partir de 1º de janeiro devido ao fim do programa de subsídio. Com o aumento anunciado, o valor do litro subiu de R$ 1,8088 para R$ 1,8545.

O programa de subsídio ao diesel foi estabelecido pelo governo em meados deste ano para atender a reivindicações dos caminhoneiros, que fizeram paralisações históricas em maio em razão da alta dos preços do combustível.

De acordo com as informações divulgadas pela estatal, o novo preço do diesel é inferior em 11,75% ao de 31 de maio de 2018, de R$ 2,1016 por litro, último valor médio antes do início do programa governamental.

MPE seguram saldo positivo de empregos e contribuem para desenvolvimento econômico

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 31 dez 2018

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

Em um momento de crise econômica, com a alta do desemprego, as micro e pequenas empresas (MPE), mais uma vez, demonstraram força. Ao longo de 2018, enquanto médias e grandes empresas fechavam postos de trabalho, os micro e pequenos negócios criavam novos. 

O resultado pode ser visto a partir da análise do último Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), referente ao mês de outubro, quando, na Bahia, as MPE geraram 2.353 novos empregos. No acumulado de janeiro a outubro, somaram-se 23.938 empregos gerados por micro e pequenos negócios baianos. Já as médias e grandes somaram apenas 6.496 novas vagas. 

Os números refletem também no volume de atendimento do Sebrae Bahia. Até outubro deste ano, a instituição registrou mais de 240 mil atendimentos, sendo 103.753 microempreendedores individuais, 49.363 donos de microempresas e 10.670 donos de pequenas empresas.

…Leia na íntegra