PIS-Pasep: pagamento começa nesta quinta (17) para nascidos em janeiro e fevereiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 16 jan 2019

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Da Redação

A partir desta quinta-feira (17), começa o pagamento do abono salarial PIS do calendário 2018-2019, ano-base 2017. Nesta primeira etapa, poderão sacar o benefício trabalhadores da iniciativa privada nascidos em janeiro e fevereiro.

Também será liberado o Pasep, que é pago para servidores públicos por meio do Banco do Brasil, para quem tem final da inscrição 5.

A estimativa da Secretaria do Trabalho, do Ministério da Economia, é que mais de R$ 2,8 bilhões sejam pagos a aproximadamente 3,4 milhões de trabalhadores.

O valor do abono varia de R$ 83 a R$ 998, dependendo do tempo em que a pessoa trabalhou formalmente em 2017. O recurso ficará à disposição do trabalhador até 28 de junho, prazo final para o recebimento.

Confira os itens que as escolas não podem exigir na lista

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 10 jan 2019

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Banner.gif

Da Redação

Uma das preocupações de início de ano dos pais, com filhos em idade, é, sem dúvida, a lista de materiais. Além da preocupação de garantir todos os itens necessários e ainda conseguir economizar, os pais precisam ficar atentos também às exigências que muitas escolas fazem de forma ilegal.

Por lei, as instituições são proibidas de exigir itens de uso coletivo na lista, como papel higiênico, álcool, cartolinas, copos descartáveis, ou de cobrar qualquer tipo de taxa adicional por eles.

As escolas também não podem indicar estabelecimentos para a compra dos materiais. Fazer o pedido de determinada marca, modelo ou produto,  também é considerado uma prática abusiva por parte das instituições de ensino.

Confira os produtos que NÃO podem ser exigidos na lista:

01- Álcool
02- Algodão
03- Balde de pia
04- Balões
05- Bolas
06- Brinquedos
07- Caneta para lousa
08- Canudinho
09- Carimbo
10- Cartolina
11- Colas
12- Copos descartáveis
13- Cordões
14- Creme dental
15- Pendrive, CD’s e DVD’s
16- Elastex
17- Envelopes
18- Esponjas e esponjas para pratos
19- Estêncil a álcool e óleo
20- Fantoches
21- Feltros
22- Fita dupla face, fita durex ou fitas para impressoras
23- Fitilhos- flanelas
24- Garrafa para água
25- Gibi infantil
26- Giz branco e colorido
27- Glitter
28- Grampeador e grampos
29- Isopor
30- Jogos em geral
31- Lã
32- Laços descartáveis
33- Maquiagem
34- Marcador para retroprojetor
35- Massa de modelar
36- Material para escritório e material de limpeza em geral
37- Medicamentos
38- Palito de dente
39- Palito de picolé
40- Papel em geral
41- Papel higiênico
42- Piloto para quadro branco
43- Pincel atômico
44- Pincel para pintura
45- Plástico para classificador
46- Pratos descartáveis
47- Pregador para roupas
48- Sacos plásticos
49- Tintas em geral
50- Tonner para impressora

Governo publica decreto que reduz subsídios na conta de luz

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia, Geral | Data: 28 dez 2018

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

Foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (28), um decreto assinado pelo presidente Michel Temer, que tem como objetivo reduzir gradativamente os descontos concedidos em tarifa de uso do sistema de distribuição e tarifa de energia elétrica, bancados pela Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), paga por todos os consumidores.

A nova medida passa a valer a partir de 1º de janeiro de 2019, nos respectivos reajustes ou procedimentos ordinários de revisão tarifária. Os descontos serão reduzidos à razão de 20% ao ano sobre o valor inicial, até que a alíquota seja zero”, diz o decreto.

Brasileiros estão otimistas com a economia em 2019, aponta Datafolha

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia, Geral | Data: 24 dez 2018

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

De acordo com um levantamento feito pelo Instituto Datafolha,  65% dos brasileiros estão otimistas com a economia do país. . Esse número é resultado de uma  pesquisa , que ouviu 2.077 pessoas em 130 municípios nos dias 18 e 19 de dezembro.

Para 24% dos entrevistados, a economia vai continuar como está e outros 9% acreditam que o pior está por vir. Essa pesquisa mostra uma mudança na percepção da população, já que em agosto o instituto mostrou que 23% eram otimistas enquanto 41% achavam que a situação iria piorar.

O levantamento também ouviu os entrevistados sobre outras questões. Quanto ao desemprego, 47% acreditam que vai cair, 29% acreditam que vai aumentar e 21% acham que não haverá mudança. Com isso, 43% acham que seu poder de compra vai aumentar, outros 36% acham que vai continuar estável e 18% acham que vai diminuir.

Estudo pioneiro sobre o mercado de biscoito artesanal é apresentado em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Geral, Vit. da Conquista | Data: 21 dez 2018

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

O zelo com a qualidade do seu produto fez com que a empresária do segmento de biscoito artesanal, Elita da Silva, proprietária dos Biscoitos Condeúba, perdesse algumas oportunidades de ampliar suas vendas para mercados de outras cidades e estados. Mas, após assistir à apresentação do 1° Estudo de Competitividade do Biscoito Artesanal, a empresária pretende mudar as estratégias e conquistar novos mercados.

“Estou vendo neste projeto uma oportunidade bastante favorável para que o meu biscoito chegue onde é necessário e, até mesmo, onde eu nem esperava. Tenho certeza que o projeto vai elevar o biscoito ao auge que ele precisa estar”, declara.

A empresária fez parte do grupo de empreendedores presentes na apresentação do 1° Estudo de Competitividade do Biscoito Artesanal aconteceu na última terça-feira, 18 de novembro, no auditório do Multiplace Shopping Conquista Sul, e contou com a presença de parceiros do Projeto Biscoito Artesanal e empresários do segmento de biscoito de Vitória da Conquista e Condeúba.

…Leia na íntegra

IPVA ficará mais barato para os Baianos em 2019

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia | Data: 18 dez 2018

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Foi anunciado nesta segunda-feira (17), pelo governador da Bahia, na rede social ( Twitter), que o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) ficará, em média, 3,65% mais barato para os contribuintes baianos em 2019.

Os valores constam em tabela a ser divulgada pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), nesta terça (18), juntamente com o calendário de pagamento do imposto.

Com uma queda de 4,86%, os caminhões terão o maior alívio no valor do imposto. Já para os automóveis, a redução será de 3,2%, e para as motos, de 3,23%. Ônibus e micro-ônibus terão IPVA 3,66% menor. Para os veículos utilitários, o imposto cairá 3,28%. Os novos valores baseiam-se em pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), a partir dos preços praticados no Estado em outubro de 2018. As informações estarão disponíveis no site da Sefaz-BA 

Comércio no Centro de Vitória da Conquista já esta funcionando em horário especial; Confira

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Vit. da Conquista | Data: 10 dez 2018

Tags:, ,


Com o Natal batendo à porta, é dada a largada para a corrida em busca dos presentes. E para os consumidores fazerem suas compras sem pressa,  o comércio de Vitória da Conquista, começou a funcionar  em horário especial nesta segunda-feira (10).

O horário foi acordado entre os Sindicatos do Comércio Varejista e Atacadista, dos Empregados do Comércio e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Até o dia 14, as lojas funcionarão de 8 às 20 horas. No dia 15 e 22, sábado, o comércio ficará com as lojas abertas até às 18 horas. No dia 16 e 23, domingo, as lojas abrirão das 9 às 14 horas. De 17 a 21 de dezembro, o horário de atendimento do comércio será estendido até às 21 horas.

No Brasil, 10% mais ricos ganham cerca de 17,6 vezes mais que os 40% mais pobres, aponta IBGE

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 06 dez 2018

Tags:, , , ,

Reprodução do site da CDL

Enquanto rendimento médio mensal dos mais ricos em 2017 foi de R$ 6.629, para os mais pobres foi de R$ 376. Grupo dos 10% mais ricos concentram 43,1% da renda do país

Um levantamento divulgado nesta quarta-feira (5) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) evidencia o quanto permanece desigual a distribuição de renda no Brasil. Na média nacional, os mais ricos chegam a receber 17,6 vezes mais que os mais pobres. Na divisão por capitais, essa diferença chega a 34,3 vezes (marca registrada por Salvador).

Segundo o IBGE, o rendimento médio mensal (incluindo, além da renda proveniente do trabalho, os rendimentos de aposentadoria, pensão, aluguel, programas sociais etc) per capita domiciliar em 2017 foi de R$ 6.629 para a parcela que representa os 10% dos brasileiros mais ricos. Já entre a parcela dos 40% mais pobres, o rendimento médio foi de apenas R$ 376.

A Região Nordeste é que apresenta a maior desigualdade nesta comparação. Nos estados nordestinos, os 10% mais ricos ganhavam cerca de 20,6 vezes mais que os 40% mais pobres no ano passado.

Em seguida, vem a Região Norte, com uma diferença de 18,4 vezes, o Centro-Oeste, com uma diferença de 16,3 vezes, o Sudeste, com 11,4 vezes. A menor desigualdade foi observada na Região Sul, onde os mais ricos ganhavam cerca de 11,4 vezes mais que os mais pobres.

Por estados e capitais

A desigualdade se amplia ainda mais quando se diminuiu o recorte territorial. Ao se analisar as 27 unidades da federação, o Amazonas tem os 10% mais ricos com rendimentos 30,1 vezes maiores que os 40% mais pobres. Já Santa Catarina tem a menor desigualde, sendo a diferença de rendimento entre estes dois grupos de 8,6 vezes.

Já na análise das capitais, observa-se que a diferença chega a 34,3 vezes em Salvador, a maior do país. Lá, enquanto os 10% mais ricos tiveram rendimento médio de R$ 8.895, o dos 40% mais pobres foi de R$ 280.

A menor desigualdade entre as capitais foi observada em Florianópolis, onde os mais ricos ganhavam em média R$ 9.180, o que representa 8,6 vezes mais que os mais pobres, cujo rendimento médio foi de R$ 880.

Mais ricos concentram 43,1% da massa de rendimento

Segundo o levantamento divulgado pelo IBGE, em 2017 o grupo dos 10% com os maiores rendimentos concentrava 43,1% de toda a massa rendimento, que é a soma de toda a renda do país. Já o grupo dos 40% com os menores rendimentos detiveram apenas 12,3% da massa.

Em 2016, o grupo mais rico concentrava 42,9% da massa de rendimento, enquanto o mais pobre detinha 12,4%. “A variação não é muito expressiva, mas a gente está analisando só dois anos”, ponderou o pesquisador Leonardo Athias.

Considerando a diferença da massa de rendimento, há regiões em que a parcela dos 10% mais ricos detinha cerca de 5,5 vezes mais que os 40% mais pobres.

Índice de Palma

A partir da análise da concentração da massa de rendimento se chega ao Índice de Palma, indicador que apresenta a razão do rendimento apropriado pelo décimo mais rico em comparação com os quatro décimos mais pobres do país.

O Índice de Palma no Brasil em 2017 ficou em 3,51. Isso significa que os 10% mais ricos tinham massa de rendimento cerca de 3,5 vezes maior que os dos 40% mais pobres. Em 2016, esse índice era de 3,47.

A análise regional do indicador permite perceber que a região Sul é a com a menor desigualdade na concentração de renda, tendo Índice de Palma de 2,79 em 2017. Dentre as demais regiões, o índice variou entre 3,32 no Sudeste e 3,85 no Nordeste, a mais desigual. O Norte ficou com índice próximo ao nacional, de 3,52. Já o índice do Centro-Oeste ficou em 3,68.

Fonte: G1 (leia na íntegra aqui)

 

80% dos consumidores negativados em outubro já haviam atrasado outras contas nos últimos 12 meses

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 05 dez 2018

Tags:, ,

Reprodução do site da CDL

Em média, inadimplentes reincidem nos atrasos três meses após não pagaram uma conta. Volume de consumidores que conseguiram sair da lista de devedores cresce 9,5% no acumulado em 12 meses. Para especialistas, Natal deve estimular regularização de contas

Quitar uma dívida atrasada, mas poucos meses depois retornar para a lista de inadimplentes. Ou, antes mesmo de sair do cadastro de inadimplentes, ser negativado por outra dívida. Essa é a realidade de muitos brasileiros que, por falta de planejamento ou dificuldades financeiras, voltam a ter o CPF negativado ao não pagarem suas contas. Dados apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revelam que, do total de consumidores que foram negativados no último mês de outubro, 80% são reincidentes, ou seja, já haviam aparecido no cadastro de devedores ao longo dos últimos 12 meses. Nesses casos, 25% haviam regularizado a dívida anterior, enquanto 55% ainda estavam com uma dívida pendente.

Na avaliação do presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, antes mesmo de propor ao credor uma negociação de dívidas, é importante que o consumidor estude, avalie e planeje uma proposta de pagamento que seja adequada para sua realidade. “Um dos grandes erros cometidos numa renegociação é aceitar os termos do acordo sem ter plena consciência de que o combinado será cumprido. Se o consumidor atrasar as parcelas acordadas, nada impede que seu nome volte para a lista de inadimplentes, o que pode aprofundar o problema”, alerta do presidente. …Leia na íntegra

Geração de empregos nos pequenos negócios já supera expectativa de 2018

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 02 dez 2018

Tags:, ,

Reprodução do site da CDL

 

A geração de empregos nos pequenos negócios, nos últimos 10 meses, já superou a expectativa de todo ano, com a criação de 64.696 novos postos de trabalho em outubro, atingindo a marca de 650,4 mil vagas em 2018. Conforme levantamento do Sebrae, com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), os números representam 80% dos empregos gerados no país, cinco vezes mais que as médias e grandes corporações, que no mês passado extinguiram 6.610 vagas. O saldo positivo nas micro e pequenas empresas foi registrado em todas regiões do país.

“Temos acompanhado de perto a força empregadora das micro e pequenas empresas, que, mesmo num cenário de mudanças na condução política do país, continuam gerando vagas. Neste cenário, é importantíssimo que o novo governo direcione ações para as MPE e implemente melhorias no ambiente de negócios”, analisa o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

Com o resultado, a previsão de que os pequenos negócios fechem 2018 com um saldo entre 550 mil e 600 mil empregos, o maior dos últimos três anos. De janeiro a outubro de 2018, os pequenos negócios geraram um volume de empregos 31,2% acima do saldo de postos de trabalho gerados pelos empresários de mesmo porte no mesmo período do ano passado. Os pequenos negócios do setor de Serviços, mais uma vez, foram o destaque com a abertura de mais de 30 mil vagas em outubro.

No Comércio foram criados 28,6 mil novos postos de trabalho, enquanto que na Construção Civil o saldo positivo foi de 5.990 vagas e na Indústria, 8.523 novas contratações. No acumulado de 2018 até outubro, a geração de empregos foi sustentada pelos pequenos negócios do setor de Serviços, que responderam pela criação de 374,7 mil novos postos de trabalho no país, 58% do total de empregos gerados neste ano.

O segundo setor com melhor desempenho foi a Construção Civil, tendo registrado saldo acumulado de 102 mil empregos em 2018. As micro e pequenas empresas do estado de São Paulo puxaram a geração de vagas em outubro de 2018, criando quase 16 mil postos de trabalho, mas todas as regiões do país registraram saldos positivos de empregos no mês passado, destacando-se a região Sudeste (24,1 mil) e a região Sul (20,1 mil).

Bandeira tarifária de dezembro será verde, anuncia Aneel

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia | Data: 30 nov 2018

Tags:, ,

Da Redação

Uma noticias boa para os baianos, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou nesta sexta-feira (30) que a bandeira tarifária de dezembro será verde, o que significa que não haverá cobrança extra na conta de luz no próximo mês.

De acordo com a Aneel, “apesar de os reservatórios ainda apresentarem níveis reduzidos, a expectativa é a de que a estação chuvosa continue promovendo elevação do nível de produção de energia pelas usinas hidrelétricas”.

Criado pela Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo da energia gerada, possibilitando aos consumidores reduzir o consumo quando a energia está mais cara. O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

Pequenos negócios apostam em vendas melhores para o Natal

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 30 nov 2018

Tags:, ,

Reprodução do site da CDL
Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Pesquisa do Sebrae mostra que mais de 30% dos 5,8 mil empresários ouvidos apostam em vendas melhores em relação a 2017 e 38% acreditam que o desempenho será mantido

Mais de 68% dos empresários de pequenos negócios acreditam que as vendas de Natal serão melhores ou iguais ao ano passado. As melhores expectativas estão na área do Comércio, seguido do setor de Serviços, segundo pesquisa sobre vendas e contratações para o final de ano, realizada pelo Sebrae entre os meses de agosto e outubro. O levantamento, que ouviu mais de 5,8 mil empreendedores, apontou que quase 20% dos entrevistados pretendem reforçar o quadro de funcionários, com a contratação de temporários para o período que antecede os festejos natalinos.

Para 30% dos entrevistados as vendas de Natal de 2018 serão melhores que as vendas de 2017. Já 38% acreditam que serão iguais em comparação ao ano passado, enquanto 26,7% estão pessimistas. As melhores expectativas estão entre os Microempreendedores Individuais (MEI), segmento onde 35% creem na melhoria das vendas e 38% avaliam que serão iguais ao Natal passado e 24% responderam que irá piorar. Em seguida estão as Micro e Pequenas Empresas (ME), onde 43% acham que venderão igual a 2017 e 27% avaliam que haverá uma melhora, considerando ainda que 26% dos entrevistados não estão otimistas. Entre as Empresas de Pequeno Porte (EPP), 61% esperam uma melhoria ou que suas vendas se manterão iguais ao ano passado, mas 32% acham que serão piores. …Leia na íntegra

Rede de mulheres empreendedoras realiza 1º Café e Batom

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Vit. da Conquista | Data: 29 nov 2018

Tags:, ,

Da Redação

De acordo com uma pesquisa realizada pelo instituto norte-americano GEDI, atualmente cerca de 30% de todos os negócios privados do mundo são operados ou têm como idealizador uma mulher. Embora os números registrem um crescimento significativo, ainda existem muitas barreiras sociais e econômicas, que fazem com que o caminho para o sucesso destas mulheres seja ainda mais desafiador. Desestímulo, desigualdade e sexismo, por exemplo, são alguns dos obstáculos relatados.

Em Vitória da Conquista, um grupo de mulheres se juntaram no intuito de formar uma rede. Desta forma, surgiu a Rede Donnas Empreendedoras. “O objetivo é capacitar, incluir e conectar mulheres para que o empreendedorismo na cidade de Conquista e região seja fomentado”, explica uma de suas fundadoras, Gisele Ramos.

Como parte de suas atividades, foi realizado ontem, 28, no Restaurante Maria do Sertão, o 1º encontro Café e Batom. O evento debateu “Os desafios das mulheres empreendedoras” com a presença de Kaelly Silva, proprietária da KL Store, Georgia Nunes, que falou sobre o empreendedorismo da mulher negra, a Professora Doutora Almiralva Gomes, pesquisadora sobre empreendedorismo feminino e Patrícia Palhares, proprietária do Maria do Sertão …Leia na íntegra

Termina na sexta-feira o prazo para pagamento da 1ª parcela do 13º salário

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 29 nov 2018

Tags:,

Da Redação


O prazo para que as empresas paguem aos seus funcionários o adiantamento da primeira parcela do 13º salário termina nesta sexta (30). A segunda parcela, por sua vez, precisa ser depositada na conta dos trabalhadores até o dia 20 de dezembro.

O pagamento do 13º salário é feito com base no salário de dezembro, exceto no caso de empregados que recebem salários variáveis, por meio de comissões ou porcentagens – nesse caso, o 13º deve perfazer a média anual de salários. Cabe ao empregador a decisão de pagar em uma ou duas parcelas. No caso de ser apenas em uma única vez, o pagamento deve ser feito até esta sexta.

Caso o empregador não respeite o prazo do pagamento, será autuado por um auditor-fiscal do Ministério do Trabalho no momento em que houver fiscalização, o que gerará uma multa. Quem não receber a primeira parcela até a data limite deve procurar as Superintendências do Trabalho ou as Gerências do Trabalho para fazer a reclamação. Outra opção é buscar orientação no sindicato de cada categoria.

Em 12 meses, quase oito milhões de brasileiros foram vítimas de fraudes

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 28 nov 2018

Tags:, ,

Reprodução do site da CDL

Clonagem de cartão de crédito é o golpe sofrido mais comum na praça. Para ajudar na prevenção contra fraudes, SPC Brasil libera monitoramento gratuito de CPF por 30 dias

Com a chegada do fim de ano, criminosos aproveitam o aumento da circulação de consumidores nos centros de compras para realizar os mais diversos tipos de golpes. Um levantamento da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) estima que, em 12 meses até setembro deste ano, 7,8 milhões de brasileiros foram vítimas de fraude. Os dados mostram que a maior parte das ocorrências (41%) está ligada à clonagem de cartão de crédito. Outros golpes mais comuns envolvem o uso indevido do nome para contratação de empréstimos (12%), utilização de documentos para abertura de crediário (10%) e pagamento de boletos falsos (10%). Há ainda pessoas que foram vítimas de clonagem de cartão de débito (7%), falsificação de cheque (7%) e clonagem de placa de veículo (7%). …Leia na íntegra

23% dos trabalhadores devem usar 13º salário com presentes de Natal

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 27 nov 2018

Tags:, ,

 

27% vão economizar e 17% quitar dívidas em atraso com dinheiro extra. Apenas 11% vão priorizar pagamento de impostos e tributos de início de ano. Segundo pesquisa, 44% dos consumidores brasileiros vão recorrer a bicos para comprar mais presentes de Natal

Para muitos, fim de ano também é sinônimo de dinheiro extra entrando na conta e, por isso, alguns se perguntam qual deve ser a prioridade do uso do décimo terceiro salário. Um levantamento realizado em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revela que dois (23%) em cada dez trabalhadores que recebem décimo terceiro salário devem utilizar ao menos parte desse dinheiro extra para comprar presentes de Natal. Na lista dos principais destinos quem encabeça é a intenção de poupar ou investir a quantia recebida, com 27% de menções.

O recebimento do décimo terceiro salário também é visto pelos consumidores como uma oportunidade para organizar a vida financeira. De acordo com a pesquisa, 17% dos trabalhadores pretendem utilizar o dinheiro extra para quitar dívidas que estão em atraso. Há ainda 16% que vão gastar o recurso durante as festividades de Natal e Ano Novo e 13% que vão pagar despesas essenciais da casa, como contas de água e luz. Outra alternativa que aparece com menos força (11%) é guardar o dinheiro extra para cobrir tributos e impostos típicos de início de ano, como IPTU e IPVA, por exemplo. …Leia na íntegra

Segunda parcela do 13º do INSS começa a ser paga hoje

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 26 nov 2018

Tags:, ,

 

Clayton Castelani com Cristiane Gercina
do Agora

O INSS deposita a partir de hoje a segunda parcela do 13º a aposentados, pensionistas e demais beneficiários com direito ao bônus anual.

Ao todo, 30,1 milhões de segurados estão incluídos nesta etapa.

O pagamento da bonificação injetará R$ 21,4 bilhões na economia do país.

O depósito será realizado na folha mensal do INSS, paga entre os dias 26 de novembro e 7 de dezembro, conforme estabelecido pelo calendário de pagamentos de benefícios de 2018.

Caixa anuncia nova etapa de plano de demissão voluntária

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 23 nov 2018

Tags:,

 

Da Redação

Foi anunciado na manhã desta sexta-feira (23), pela Caixa Econômica, a nova etapa do Programa de Desligamento de Empregado (PDE), com período de adesão de 26 a 30 de novembro. O programa está aberto aos empregados com mais de 15 anos na instituição, aposentados ou aptos a se aposentar até o fim deste ano, ou com adicional de incorporação de função de confiança.

O banco espera a adesão de até 1,6 mil funcionários, que deverá gerar economia de R$ 324 milhões por ano, caso a expectativa seja atingida. Desde 2016, 12,5 mil empregados se desligaram da Caixa, dos quais 8,6 mil por meio de programas de demissão voluntária.

O anúncio da nova etapa do plano ocorre um dia depois de a assessoria do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmar a indicação do economista Pedro Guimarães para a presidência da Caixa. Com passagem pelos bancos Bozano Simonsen, BTG Pactual e Brasil Plural, Guimarães é PhD em economia pela Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, com especialização em privatizações.

Black Friday invade comércio Conquistense nesta sexta (23)

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Vit. da Conquista | Data: 23 nov 2018

Tags:

Diversos estabelecimentos comerciais em Vitória da Conquista  estarão participando da onda de descontos da Black Friday. De origem americana a Black Friday ou sexta-feira negra, consiste numa grande baixa dos preços nas principais lojas, como uma proposta para impulsionar as vendas na última sexta-feira de novembro, após um dos feriados mais importantes da cultura norte-americana, o Dia de Ação de Graças, marcando o início das compras natalinas.

No Brasil, a primeira versão do evento aconteceu com alcance reduzido, apenas com  às empresas de comércio online.  Nos anos posteriores, a Black Friday rompeu a barreira virtual e passou a ser adotada pelos estabelecimentos comerciais dos mais variados ramos de atividade. A cada ano, mais lojistas aderem ao evento, evidenciando os efeitos positivos no aumento das vendas

Vitória da Conquista recebe o 1º Fórum Pró-Conquista de Negócio

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Vit. da Conquista | Data: 23 nov 2018

Tags:, ,

Reprodução do site da CDL

O 1º Fórum Pró-Conquista de Negócios acontece no dia 27 de novembro, no Centerplex Cinemas do Boulevard Shopping, a partir das 08:00h. O evento é uma realização do Movimento Pró-Conquistas, que tem o objetivo de gerar novos negócios e atuar no desenvolvimento sustentável de Vitória da Conquista e região.

O Fórum Pró-Conquistas de Negócios, após intensa demanda, conseguiu reunir especialistas de renome nacional e internacional para dialogar com o empresariado conquistense.

O evento oportuniza a geração de novos investimentos, por meio de Rodadas de Negócios, Cases de Sucesso e palestras sobre as perspectivas para o ano de 2019 no Brasil e na região do sudoeste baiano.

A programação conta com empresários de sucesso da cidade, pesquisadores, especialistas de renome nacional e internacional.

O público-alvo é Empresários, profissionais liberais, representantes de entidades, representantes do poder público (executivo/legislativo/judiciário) e estudantes.

O que é o Movimento Pró Conquistas?

O Movimento Pró Conquistas é uma organização da sociedade civil, sem fins partidários ou interesses lucrativos, que proporciona um espaço de discussão para que diversos segmentos representativos da sociedade possam debater o futuro do empreendedorismo e do voluntariado em Conquista e região. O Pró Conquistas oferece atualmente assento, voz e voto para diversas entidades locais (dentre elas AINVIC, CDL, COOPMAC, CREA, FIEB/SESI, OAB, SINCOMÉRCIOVC, SINDUSCON. Em breve, serão oferecidos assentos a novas entidades e a sociedade será convidada a se envolver em cada iniciativa.

Vagas limitadas. Faça já sua inscrição:
http://www.proconquistas.com.br/forum/