82% dos jovens brasileiros contribuem para o sustento da casa

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 12 fev 2017

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: CNDL

Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) com jovens entre 18 e 30 anos mapeou as relações sociais, responsabilidades financeiras, o estilo de vida dessa população e o envolvimento com a tecnologia e mostra que oito em cada dez jovens brasileiros contribuem financeiramente para o sustento da casa (82%)., 29% arcam apenas com uma parte sem ser os principais responsáveis, enquanto 27% dizem que são os principais responsáveis pelas despesas. Já os que não ajudam somam 18%, sendo que 11% dizem que além de não possuírem qualquer responsabilidade sobre as despesas, têm as contas pagas pelos pais por falta de renda, com destaque aos com idade entre 18 a 24 anos (16%).

O levantamento também demonstra que mais da metade (51%) dos jovens mora com os pais e 38% dizem morar com companheiro ou cônjuge. Somente 4% moram sozinhos. Com relação ao estado civil, quase metade dos jovens (46%) estão solteiros, 26% são casados e 23% namoram, sendo que 10% moram junto.

Além disso, o estudo revela que 44% dos jovens têm o trabalho com carteira assinada como fonte de renda. Cerca de 25% dos jovens disseram trabalhar informalmente, fazer bicos ou atuar como freelancers para se manter, com destaque às classes C, D e E (28%), e 10% estão fazendo estágio, sobretudo entre 18 e 24 anos (14%). Aqueles que recebem ajuda financeira dos pais somam 10% e os que não possuem renda são 8%. …Leia na íntegra

Pequenos negócios evitam agravamento do desemprego no país

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 12 fev 2017

Tags:, , ,

da Redação

Conteúdo / Sebrae Notícias 

Em 2016, micro e pequenas empresas fecharam quatro vezes menos postos de trabalho em relação às médias e grandes empresas

As micro e pequenas empresas brasileiras, com faturamento até R$ 3,6 milhões em 2016, evitaram o agravamento do desemprego no Brasil. Elas são responsáveis por mais da metade dos empregos com carteira assinada (52% do total) e encerraram 281 mil vagas durante o ano passado. Já as médias e grandes empresas, que respondem por 48% dos empregos formais, demitiram 1,32 milhão de pessoas, número quase quatro vezes superior.

Os dados são de levantamento feito pelo Sebrae, com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. Em quatro meses de 2016 (janeiro, maio, agosto e setembro), as contratações superaram as demissões nos pequenos negócios. Mesmo assim, o saldo de empregos entre as micro e pequenas em 2016, negativo em 281 mil, foi 35% pior do que o resultado em 2015.

O setor que mais registrou fechamento de vagas foi o da Indústria da Transformação (-119,9 mil), seguido pela Construção Civil (-116,9 mil) e pelo Comércio (-91,3 mil vagas).

Na opinião do presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, os dados refletem a dependência maior da pequena empresa com a mão de obra. “Se uma empresa com quatro trabalhadores demite dois, há uma redução de 50% no quadro de funcionários. Por isso, ela segura mais o empregado”, destaca Afif, que, no entanto, vê no atual nível de endividamento do setor um problema para 2017. “Falta capital de giro e 83% dos pequenos não têm crédito ainda”, complementa.

Sinais de recuperação

Como ocorre todos os anos, dezembro é o mês com o mais alto número de demissões nos pequenos negócios, em função das dispensas de pessoas contratadas por prazo determinado, apenas para atender ao aumento de demanda no fim de ano. Em dezembro de 2016, o saldo negativo foi de 222,8 mil vagas, mas já apresenta sinais de recuperação.

Em todas as regiões do país também houve redução do número de demissões nos pequenos negócios em dezembro de 2016, quando comparado a dezembro de 2015. No Norte, foram 9,3 mil vagas extintas no último mês de 2016, 31% a menos do que no ano anterior. No Sudeste, o saldo negativo foi de 112,6 mil empregos, 26% inferior às dispensas de dezembro de 2015.

 

Produtos mais consumidos no carnaval têm tributação de até 76%

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 10 fev 2017

Tags:, , ,

Da Redação

Cada vez que um folião toma uma caipirinha, 76,66% do valor da bebida vão para o governo, segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), que fez um levantamento sobre a tributação dos produtos mais consumidos no carnaval. A lista inclui de bebidas a fantasias e spray de espuma.

De acordo com a entidade, as bebidas têm a carga de impostos mais alta: além dos 76,66% da caipirinha, o chope tem 62,2% de tributação, e a lata ou garrada de cerveja, 55,6%. Segundo o presidente do IBPT, João Eloi Olenike, os percentuais altos estão ligados ao princípio da seletividade na definição dos impostos. “Quanto menos essencial o produto for para a população, mais tributado ele será”, explicou.

Para quem quer pular o carnaval fantasiado, a parcela de imposto pode chegar a 45,96% se a escolha for um colar havaiano. As máscaras de plástico têm 43,93% de impostos embutidos e as fantasias de tecido, 36,41%.

Outros itens típicos desta época, os confetes e serpentinas são tributados em 43,83%. Já 45,94% do preço dos sprays de espuma vão para os impostos.

A lista do IBPT também incluiu passagens aéreas, tributadas em 22,32%; e pacotes para assistir a desfiles de escolas de samba – com hospedagem, transporte e ingresso – que chegam a ter 36,28% de impostos.

*Com informações da Agência Brasil

Deputado Lúcio Vieira Lima em Brasília defende manutenção da Superintendência do BB em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia, Vit. da Conquista | Data: 09 fev 2017

Tags:, , ,


da Redação

O deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB), na manhã desta 4ª feira (8), esteve em audiência com o presidente do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli, em defesa da permanência da Superintendência do Banco do Brasil em Vitória da Conquista.

Das 6 Superintendências do BB no interior do Estado da Bahia, a de Conquista, supera a de Feira de Santana, Lauro de Freitas, Barreiras, Juazeiro e Itabuna, sendo a mais premiada devido o desempenho em todas as operações financeiras inerentes as superintendências do BB.

No seu Facebook o deputado Lúcio escreveu: ” Em audiência hoje cedo com o presidente do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli, para tratar da restruturação do Banco, que traz o fechamento da Superintendência de Vitória da Conquista, a terceira cidade da Bahia, e cuja Superintendência é uma das mais rentáveis, defendi junto à Presidência que a restruturação não se dê apenas pela questão geográfica, mas também pela Econômica e Social!”.

O prefeito Herzem Gusmão (PMDB), que também participaria da audiência, foi impedido em função de não ter conseguido vaga no voo BH / Brasília na conexão com Vitória da Conquista.

Lote residual de IR de 2008 a 2016 já está liberado para consulta no site da Receita Federal

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 08 fev 2017

Tags:, , ,

Da Redação

Lotes residuais de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física, referentes aos exercícios de 2008 a 2016, estarão disponíveis para consulta a partir de hoje (8). Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita Federal na internet ou ligar para o número 146.

O pagamento das restituições será feito no próximo dia 15. Segundo a Receita, serão beneficiados 115.831 contribuintes, com um total de R$ 250 milhões.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la pela internet, preenchendo formulário eletrônico no centro virtual de atendimento e-CAC.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá comparecer a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para o telefone 4004 0001 (capitais), 0800 729 0001 (demais localidades) ou 0800 729 0088 (telefone especial para deficientes auditivos). Procurando o banco, é possível agendar o depósito do valor em conta-corrente ou poupança.

*Com informações da Agência Brasil

51ª edição da Exposição Conquista começa no dia 28 de março

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 08 fev 2017

Tags:,

Da Redação


A 51ª Exposição Agropecuária Conquista já tem data marcada. O evento, realizado pela Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense (C00pmac) e que é um dos principais da Bahia, acontecerá e 28 de março a 2 de abril no Parque de Exposições Teopompo de Almeida.

Mesmo com a quantidade de dias reduzida, a Exposição promete atrair expositores de animais de várias partes do Brasil. Como já é tradição, a Exposição Conquista também terá espaço para realização de negócios, aprendizado, com a oferta de palestras e oficinas, além de diversão.

A Exposição Conquista reúne diferentes segmentos produtivos, como agropecuária, comércio, indústria, serviços, tecnologia e empreendedorismo, em um único espaço. Em sua última edição, o evento movimentou 140 milhões de reais e atraiu 160 mil pessoas de todo o país, se consolidando como uma das mais importantes exposições do Brasil.

Sebrae e Prefeitura oferecem oficinas para microempreendedoras individuais

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 08 fev 2017

Tags:, , ,

Da Redação


Entre os dias 20 e 24 de fevereiro, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Prefeitura de Vitória da Conquista irá oferecer oficinas dedicadas exclusivamente a pessoas registradas como microempreendedoras individuais. As oficinas tratam de temas que envolvem o universo desses trabalhadores, como vendas, compras, controle de dinheiro, empreendimentos e formação de preços.

Ao todo, serão cinco oficinas e cada uma terá quatro horas de duração, sempre das 8 às 12 horas, e será ministrada a públicos de aproximadamente vinte pessoas por dia. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas na Sala do Empreendedor, local onde também acontecerão as oficinas.

A iniciativa tem como objetivo preparar o empreendedor para lidar com as demandas do mercado, tanto no atendimento, como controlar o estoque, vender, melhorar a parte de gestão, ou seja, prepará-lo para organizar e estruturar o seu negócio.

As oficinas disponíveis podem ser conferidas aqui. Para obter outras informações, o interessado pode ir à Sala do Empreendedor, que fica primeiro piso do Mercado Municipal do Bairro Brasil ou entrar em contato por meio do telefone: (77) 3421-0947.

Pesquisa revela negócios promissores para 2017

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 08 fev 2017

Tags:, , ,

da Redação

Agência Sebrae Notícias

Atividades que atendem às necessidades básicas da população e que oferecem serviços especializados e de reparação estão entre as que mais crescem no Brasil

Em 2017, abrir um negócio no ramo da alimentação, vestuário e conserto será a opção de muitos empreendedores brasileiros. Estudo elaborado pelo Sebrae, com base no perfil de novas empresas em anos anteriores e no comportamento da economia nacional, revelou que os empreendimentos que atendem às necessidades básicas e que oferecem serviços de reparação, além de serviços especializados que permitem a redução de custos operacionais a outras empresas, estão entre as atividades mais promissoras para este ano.

Para mapear os negócios promissores de 2017, o Sebrae analisou os segmentos com maior taxa de natalidade em 2016, pois sinalizam a existência de uma maior demanda. Parte dos negócios em alta está em atividades ligadas a vestuário, alimentação e higiene. “A população continua crescendo e, mesmo em tempo crise, ela não deixa de consumir esses produtos e serviços. As pessoas buscam alternativas mais baratas, mas o consumo permanece. É importante o empresário acompanhar esse movimento da economia para ter mais sucesso”, afirma o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

Outro segmento que continua promissor é o de reparação. Até 2014, a ascensão econômica das classes C e D gerou um boom no consumo de eletrônicos, eletrodomésticos, automóveis, entre outros itens. Com a crise econômica, aumento do desemprego e redução do crédito, essas pessoas agora são forçadas a reparar esses bens ao invés de adquirir produtos novos.

Por fim, também figuram entre os negócios promissores para 2017 as empresas que ofertam produtos e serviços especializados para outros empreendimentos e que possibilitam a redução dos custos operacionais e/ou aumento da sua eficiência produtiva.

Veja a lista das atividades mais promissoras para 2017: 

– Alimentos e bebidas: comércio de alimentos e bebidas, representação comercial, preparação de alimentos, comida preparada, restaurantes populares, lanchonetes, produtos de panificação, laticínios, doces, refeições.

– Vestuário: Confecção, comércio de vestuário e acessórios do vestuário e bijuterias

– Serviços de saúde: consultório médico, serviços ambulatoriais, fisioterapia, nutrição, venda de planos de saúde, comércio de medicamentos e artigos de ótica.

– Produtos/serviços inovadores: produtos e serviços que permitam aumentar a eficiência produtiva e/ou redução de custos das demais empresas.

– Serviços de Reparação: reparação e manutenção de veículos usados, manutenção de máquinas e equipamentos, comércio de peças e acessórios para veículos usados.

– Estética/beleza: cabeleireiros, comércio de cosméticos, comércio de produtos de perfumaria, higiene pessoal.

– Serviços especializados: serviços advocatícios, de engenharia, de comunicação, de gestão empresarial, serviços de apoio administrativo, serviços de contabilidade, serviços domésticos, serviços com foco na 3ª idade.

– Informática: Serviços de manutenção e reparação de computadores e equipamentos de informática, produção de softwares e comunicação multimídia

– Construção: comércio de material de construção, manutenção, reparação, pintura, pequenas reformas de imóveis, instalações elétricas, hidráulicas, obras de acabamento, artigos de serralheria, móveis de madeira, manutenção de sistemas de ventilação e refrigeração.

 

 

Contas de luz devem ficar mais baratas

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 07 fev 2017

Tags:,

Da Redação


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que as contas de luz devem ficar mais barata este ano. Isso porque a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) de 2017 será 22,2% menor que o cobrado em 2016, o que representará o barateamento médio das tarifas neste ano.

A Aneel estima que a queda no valor da CDE vai proporcionar um barateamento das tarifas de energia no país de 2,03%, na média. Para os consumidores do Norte e Nordeste, essa redução será de 0,35%, na média, e, para os consumidores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, de 2,7%, também na média. A redução da tarifa para os consumidores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste é maior porque eles contribuem mais para a CDE.

A CDE é um fundo que financia programas como o Luz para Todos e o Tarifa Social, que subsidia a conta de luz de famílias de baixa renda. Ele também banca a compra de parte do combustível usado nas termelétricas que atendem aos chamados sistemas isolados, regiões do Norte do país onde a rede de transmissão de energia ainda não chegou.

Programa do Sebrae vai liberar R$ 8,2 bi às micro e pequenas empresas

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 05 fev 2017

Tags:,

da Redação

Valor Econômico (Conteúdo)

O Sebrae lançou, em janeiro, o programa de crédito orientado “Empreender Mais Simples: menos burocracia, mais crédito”, que prevê a liberação de R$ 8,2 bilhões às micro e pequenas empresas nos próximos dois anos. Haverá ainda investimentos de R$ 200 milhões por parte do Sebrae no desenvolvimento e aperfeiçoamento de dez sistemas informatizados para desburocratizar a gestão das empresas. O programa foi elaborado em parceria entre o governo federal e o Banco do Brasil e a previsão é que as liberações comecem em março.

Do total de R$ 8,2 bilhões, cerca de R$ 1,2 bilhão virá por meio da linha Proger Urbano Capital de Giro, com recursos do Fundo do Amparo ao Trabalhador (FAT) e R$ 7 bilhões da linha BNDES Capital de Giro Progeren. A taxa mensal de juros é a partir de 1,56%, com prazos máximo de 48 meses (linha do FAT) e 60 meses (linha do BNDES). Sem valor mínimo, o limite do pedido é de R$ 200 mil, mas a expectativa do Sebrae é que o tíquete médio gire em torno de R$ 80 mil. …Leia na íntegra

Prefeitura pretende transformar a travessa Góes Calmon em alameda

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Vit. da Conquista | Data: 03 fev 2017

Tags:, ,

Da Redação


Em encontro entre representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e a administração municipal de Vitória da Conquista, foram discutidas algumas ações que visam melhorar o centro comercial da cidade. Na oportunidade, além de apresentar o o projeto de modernização do terminal da Lauro de Freitas para os comerciantes, o prefeito Herzem Gusmão afirmou que pretende transformar em alameda a Travessa Góes Calmon.

O Governo Municipal também anunciou que tem como propósito revitalizar a Praça da Bandeira e melhorar o piso central. A Praça Nove de Novembro também deverá receber melhorias. Para isso, o governo deve estabelecer parcerias com vários setores da iniciativa privada.

Redução dos preços do feijão e leite faz valor da cesta básica cair em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 03 fev 2017

Tags:, , , ,

Da Redação


O preço da cesta básica em Vitória da Conquista teve redução no primeiro mês do ano, se comparado a dezembro de 2016. Em janeiro, o custo médio dos principais alimentos ficou em R$ 326,88 – 1,07% a menos do que o mês anterior, é o que aponta o projeto Indicadores Econômicos de Vitória da Conquista, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

Os principais responsáveis pela queda do valor da cesta básica foram: Feijão (-6,77%), Leite (-3,21%), Manteiga (-1,92%) e Carne (-1,48%). Por outro lado,  tiveram variações positivas a Farinha (5,03%) e o Pão (1,58%).

No mês em análise, o tempo de trabalho necessário para se obter a cesta básica foi de 83 horas e 25 minutos, e o trabalhador comprometeu 37,92% do salário mínimo líquido² para adquirir os 12 produtos da cesta.

Receita Federal passa a exigir CPF de dependentes do IRPF a partir dos 12 anos de idade

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 01 fev 2017

Tags:, , ,

Da Redação

Em instrução normativa, divulgada nesta quarta-feira (1) no Diário Oficial da União,  a Receita Federal determinou que na declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2017, os contribuintes que pretenderem incluir dependentes a partir de 12 anos de idade, deverão fazer o registro do indivíduo no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), obrigatoriamente.

Atualmente o limite de idade de registro de CPF para inclusão no imposto de renda é a partir dos 14 anos. Em nota, a Receita justificou a alteração para evitar a inclusão do mesmo dependente em mais de uma declaração, além de que a medida “reduz casos de retenção de declarações em malha [fina] e riscos de fraudes relacionadas à inclusão de dependentes fictícios”.

O download do programa gerador da declaração será liberado no site do órgão no dia 23 de fevereiro. A partir do dia 2 de março, a Receita Federal começa a receber a declaração do IRPF 2017. Os contribuintes deverão fazer a  entrega até o prazo do dia 28 de abril.

A partir do dia 3 de abril, cartão de crédito só pode cobrar rotativo por 30 dias

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 31 jan 2017

Tags:, ,

da Redação

Fonte: Estadão /CDLVC

Para baixar os juros do cartão de crédito, o governo determinou aos bancos que até o dia 3 de abril limitem o uso do rotativo – linha usada pelo cliente que não paga o valor integral da fatura – por 30 dias. Pelas novas regras, os clientes poderão ficar no rotativo, que tem as maiores taxas do mercado, somente até a data da liquidação da próxima fatura. Se a dívida não for paga, ela terá de ser transferida para outra modalidade de crédito, como o parcelado no cartão, que possui custo menor.

A mudança já havia sido anunciada no fim do ano passado pelo presidente Michel Temer e pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, como uma das medidas da agenda positiva do governo, para impulsionar a economia. Nesta quinta-feira, 26, com a resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN), foi dado o prazo até 3 de abril para os bancos colocá-la em prática.

A negociação sobre para qual linha a dívida do rotativo será transferida ficará a cargo dos bancos. A instituição pode automaticamente passar essa dívida para um crédito parcelado ou se apresentará ao cliente uma nova modalidade, desde que seja mais barata.

Atualmente, alguns bancos já oferecem aos clientes a possibilidade de migrar a dívida do rotativo para outras linhas com juros menores. Mas isso não é feito de maneira automática e depende de solicitação do cliente. Agora, depois de 30 dias no rotativo, os bancos têm de transferir o saldo que não foi pago para outra modalidade. “É uma operação de crédito e a decisão é facultada aos bancos”, disse o diretor de Regulação do Banco Central, Otavio Damaso, ao comentar a resolução do CMN. …Leia na íntegra

Prazo para regularizar situação e permanecer no Simples acaba dia 31

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia | Data: 29 jan 2017

Tags:, ,

da Redação

Fonte: Agência Sebrae de Notícias / Bahia

Mais de 220 mil empresas ainda não acertaram as contas com a Receita Federal

simples-nacionalAs micro e pequenas empresas optantes pelo Simples Nacional, e que foram excluídas desse regime de tributação em dezembro, têm até o dia 31 de janeiro para parcelarem os seus débitos e pedirem a reinclusão. Dos 299 mil pequenos negócios que perderam o direito ao Simples, cerca de 78 mil já aderiram ao parcelamento de até 120 meses, mas precisam fazer a opção novamente. Ainda faltam 221 mil para regularizarem sua situação.

“Os donos de pequenos negócios devem correr e pedir o parcelamento. Ainda faltam 40% dos que foram notificados pela Receita em 2016. O prazo está acabando. Sair do Simples pode ser o decreto de falência. O Simples é uma cápsula protetora dos pequenos negócios”, alerta o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

No mês de dezembro, quase metade dos pequenos negócios que estavam com débitos no Simples Nacional, e que haviam sido notificados pela Receita Federal em setembro do ano passado, parcelou suas dívidas e permaneceu no sistema. Das 584 mil micro e pequenas empresas que foram notificadas, 285 mil regularizaram a situação antes do final de 2016 para permanecer no Simples.

Para voltar a ser optante, o empresário deve pagar ou parcelar suas dívidas e pedir uma nova adesão ao sistema até o final deste mês. O empresário que não se regularizar a tempo só poderá voltar a usufruir desse sistema de tributação em 2018.

A recomendação do Sebrae é que os donos de pequenos negócios com dívidas no Simples procurem seus contadores e peçam para eles aderirem ao parcelamento de até 120 meses, reincluindo a empresa no Simples. Para isso, o contador deve calcular o valor dos débitos e da parcela mais adequada. O pedido de parcelamento deve ser feito no Portal do Simples Nacional.

Para ajudar os donos de micro e pequenas empresas a acertarem as contas, o Sebrae promove o Mutirão da Renegociação, que, além de estimular a regularização dos débitos tributários, incentiva e ajuda os empreendedores a renegociarem as dívidas bancárias, locatícias e com fornecedores.

Para isso, o Sebrae disponibilizou um hotsite com dicas para negociar com os diferentes tipos de credores e com perguntas e respostas sobre a campanha. Além disso, o Call Center do Sebrae (0800 570 0800) e os postos de atendimento espalhados pelo país também estão preparados para auxiliar os empreendedores a acertarem suas contas.

Nova regra não impede que cliente use cartão mesmo estando no rotativo, diz BC

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 27 jan 2017

Tags:, , ,

Da Redação

A criação da nova regra que limita o uso do crédito rotativo do cartão não prevê nenhuma alteração do limite de crédito de cada cliente. A informação foi dada pelo diretor de regulação do Banco Central, Otávio Damaso. Segundo o diretor, se o cliente ainda tiver limite no cartão, poderá usar o meio de pagamento mesmo que tenha atingido os 30 dias de uso do rotativo e não tenha quitado a dívida.

“Se cumprir a regra, ele poderá continuar usando o cartão”, disse o diretor ao ser questionado se haveria instrumento que travaria o uso do cartão em casos de permanência por 30 dias no rotativo. “Nos 30 dias, ele tem de quitar o saldo devedor. Mas nada impede que continue usando o cartão.”

Ou seja, clientes que não conseguirem quitar o rotativo em 30 dias poderão entrar em situação de inadimplência, mas, se houver limite no cartão, poderão continuar usando o meio de pagamento para novas compras.

Damaso explicou que a regra anunciada pelo BC não altera o relacionamento entre instituição financeira e cliente. Assim, os bancos poderão continuar oferecendo o limite global como é realizado hoje. Normalmente, bancos oferecem limite global de crédito para o cliente dividido por várias linhas diferentes, como cartão de crédito, cheque especial, financiamento de veículos e crédito pessoal.

* Com informações do Estadão

Petrobrás reduz os valores da gasolina e do diesel nas refinarias

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 27 jan 2017

Tags:, , ,

Da Redação

A partir de desta sexta-feira (27), o litro da gasolina e do óleo diesel ficarão mais baratos nos postos de combustíveis de todo país. Isso porque, a Petrobrás anunciou uma redução de 1,4% no preço da gasolina e 5,1% no litro do diesel, nas refinarias.

Em valores reais, estima-se que o repasse da redução nos preços para os consumidores será de R$ 0,02 no litro da gasolina, o que representa um percentual de 0,4%, enquanto que o desconto no diesel chegará aos motoristas 2,6% menor, uma redução de R$ 0,08 por litro.

Em comunicado, a Petrobrás afirmou que “a decisão é explicada principalmente pelo efeito da valorização do real desde a última revisão de preços e por ajustes na competitividade da Petrobras no mercado interno e pela redução dos preços dos derivados nos mercados internacionais, especialmente do diesel, que registrou uma elevação de estoques em função de um inverno menos rigoroso que o inicialmente previsto no hemisfério norte”.

Confiança do empresário do comércio aumenta quase 20% em um ano, diz CNC

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 27 jan 2017

Tags:, , ,

da Redação

Conteúdo Agência Brasil

A confiança dos empresários do comércio aumentou 18,4% em janeiro deste ano, comparativamente a janeiro do ano passado. Quando a comparação se dá com dezembro de 2016, no entanto, série ajustada sazonalmente, o resultado é negativo em 2,3%.

Os dados foram divulgados hoje (25), pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e fazem parte do Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), relativo ao primeiro mês do ano.

Apesar do fechamento negativo em janeiro de 2017, frente a dezembro de 2016, a expressiva elevação da confiança do setor, comparativamente ao mesmo mês do ano anterior, se dá pela sétima vez consecutiva, chegando a registrar, agora em janeiro, 95,7 pontos, em uma escala de 0 a 200. …Leia na íntegra

OAB divulga lista de materiais que não podem ser exigidos pelas escolas

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Educação | Data: 26 jan 2017

Tags:, , , ,

Da Redação

Nessa época do ano, os pais costumam entrar na correria das papelarias para comprar o material escolar para os filhos que voltam às salas de aula no mês de fevereiro. Mas é importante estar atento. Muitas escolas acabam colocando na lista de materiais objetos que não podem ser exigidos, como ampara a Lei 12.8686/2013 de proteção ao consumidor.

Pensando nisso, foi que a Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), de Vitória da Conquista divulgou uma lista, feita pelo Procon, de itens que as escolas não estão autorizadas a exigir do seus alunos. Fita durex, papel ofício colorido, cartolina, materiais de higiene pessoal e de limpeza estão entre os 61 itens proibidos.

A OAB ainda informa que caso os pais se sintam lesados, ou possuem alguma dúvida sobre o assunto, deverão procurar um advogado para que sejam tomadas as devidas providências.

Confira a lista divulgada:

 

Materiais escolares devem ficar até 10% mais caros este ano

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 26 jan 2017

Tags:,

da Redação

Fonte : CDL / VC com informações do Correio

Segundo o IBGE, os gastos com educação subiram 8,63% em Salvador e Região Metropolitana em 2016

Segundo o IBGE, os gastos com educação subiram 8,63% em Salvador e Região Metropolitana em 2016

material-escolar- freepik.com_(…) Manter os filhos nas escolas particulares não tem sido uma tarefa fácil. Com os reajustes da mensalidade e o aumento no valor do material escolar, os pais precisam buscar estratégias para manter os gastos com a educação dos filhos dentro do orçamento e evitar dívidas.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que os gastos com educação subiram 8,63% em Salvador e Região Metropolitana em 2016.  Apesar do soteropolitanos terem gastado mais com a educação, o aumento ficou abaixo da média nacional, que foi de 8,86%. E quem mais sofreu com esse aumento foram os pais que possuem filhos no ensino fundamental (+ 12,32%) e no ensino médio (+ 12,33).

As expectativas são de que os gastos com a educação tenham um novo aumento este ano. De acordo com a Associação Brasileira dos Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares e de Escritório (Abfiae), é esperado um reajuste entre 5% e 10% no valor dos materiais escolares. O principal motivo, conforme explica o presidente da associação, Rubens Passos, é o valor de matérias-primas como o papel. “Os cadernos devem ficar, em média, 15% mais caros”, afirma.