SPONHOLZ

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia, Política | Data: 18 jan 2016

Tags:, ,

CPMF: o que a presidente Dilma falava dele

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia, Política, Saúde | Data: 17 jan 2016

Tags:,

da Redação

Mergulhado em profunda crise o Governo Dilma Roussef (PT), luta para convencer o Brasil que mais um imposto (CPMF), fará bem a pátria. Ao insistir na recriação da CPMF eleva a descrença do povo brasileiro com a presidente Dilma.

Circula na internet uma entrevista que a presidente concedeu ao SBT, e que foi tema de todas as suas promessas eleitorais, sustentando que o imposto não seria criado. Veja

Crise econômica faz aumentar espera de desempregados por nova vaga

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 10 jan 2016

A Tarde

650x375_carteira-de-trabalho-desemprego_1599370Foto: Erik Salles – Agência A Tarde

Em pouco mais de um ano, o brasileiro saiu do quase pleno emprego para engrossar a fila dos desocupados, sem data para voltar ao mercado de trabalho. Um levantamento feito pela Tendências Consultoria Integrada, a pedido do Estado, mostra que, com a rápida deterioração da atividade econômica em 2015, o trabalhador está demorando mais tempo para conseguir um novo emprego.

O porcentual de desocupados há mais de sete meses subiu de 24,1%, em janeiro do ano passado, para 33,8% em novembro – o maior nível mensal desde 2006. A faixa que mais cresceu foi a que inclui desempregados entre 7 e 11 meses, cujo porcentual dobrou no período, de 7,3% para 14,2%. Enquanto isso, o porcentual de trabalhadores que conseguia emprego no curto prazo, em até 30 dias, caiu de 29,6% para 20,2%. A faixa entre 31 dias e seis meses ficou estável, com 46% dos desocupados.

Segundo Thiago Xavier, economista da Tendências, a recolocação mais lenta dos trabalhadores desestimula a busca por uma nova vaga e pressiona o aumento da população desalentada, que desiste de procurar emprego. Ele explica que esse grupo de trabalhadores cresceu 17,6% no acumulado de 12 meses até novembro de 2015. No mesmo período do ano anterior, havia queda de 8,25% nessa população. “Em parte, a demora para conseguir emprego também explica a reversão da tendência de crescimento da população economicamente ativa (a partir de outubro).”

…Leia na íntegra

Reajustes de luz e água vão seguir o patamar de 2015, dizem especialistas

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Economia | Data: 03 jan 2016

Tags:,

Tribuna da Bahia

650x375_conta-de-luz_1541229As contas fixas, como a de energia elétrica e água, devem ficar até 15% mais caras na Bahia este ano. A previsão é dos especialistas no setor energético e de economistas, com base no cenário de 2015 e projeções de juros e inflação para este ano que começa.

Segundo o boletim Focus, do Banco Central (BC), a mediana das estimativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para 2016 saiu de 6,80% para 6,87%. O mercado financeiro acredita que o Banco Central vai elevar a taxa básica de juros (Selic) em 0,50 ponto percentual, para 14,75%, ainda em janeiro. Em abril, os juros terão chegado a 15,25% ao ano. A taxa ficaria nesse nível até outubro e seria reduzida a 14,75% em dezembro.

Nesse contexto, o consumidor continuará a sofrer com aumento da energia em 2016 – que deve seguir o mesmo patamar de 2015, podendo ter uma alta de  15%. Pelo menos é o que acredita o engenheiro elétrico Sérvulo Ramos, que também é coordenador do Curso de Engenharia Elétrica na Faculdade ÁREA 1 Devry Brasil.

…Leia na íntegra

Salário mínimo de R$ 880 vale a partir desta sexta-feira

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Economia | Data: 01 jan 2016

Tags:

BannerResenhaGeral_600x65px

dinheiroO salário mínimo passa a valer R$ 880 a partir desta sexta-feira, 1º. São R$ 92 a mais do que o valor anterior de R$ 788. O reajuste de 11,6% terá impacto direto para cerca de 40 milhões de trabalhadores e aposentados que recebem o piso nacional e, segundo o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, a medida causará impacto de R$ 30,2 bilhões nas contas públicas em 2016.

O valor foi reajustado com base na inflação apurada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado nos 12 meses anteriores ao mês do reajuste. A fórmula para o cálculo leva também em conta a variação do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todas as riquezas do país, de dois anos anteriores.

…Leia na íntegra

Material escolar terá alta de 10%; saiba como economizar

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 29 dez 2015

Tags:, , ,

nov_25_pel_banner_site_resenha_feirao_aquitemnegocio_582x65px_jean

por Mateus Novais

650x375_salvador-agora-salvador_1480864

Um dos maiores gastos deste período, o material escolar, deve ficar ainda maior. Segundo previsão da Associação Brasileira dos Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares (Abfiae) os produtos escolares devem ficar, em média, 10% mais caro em 2016. Mas não se desespere, o BLOG DA RESENHA GERAL conversou com o educador e terapeuta financeiro, Reinaldo Domingos, que deu boas dicas de economia.

Segundo Reinaldo, devido à falta de educação financeira, as despesas se acumulam e as famílias se perdem em meio a tantas contas para pagar, muitas vezes, ultrapassando o limite de seu orçamento financeiro. “O primeiro passo é realizar um diagnóstico da vida financeira da família, para saber exatamente quais são os ganhos e gastos mensais e quanto poderá dispor para a aquisição do material escolar”, explica o educador. Outra dica é ir às compras com antecedência para não precisar ser obrigado a pagar mais caro de última hora.

Confira outras orientações sobre o assunto elaboradas pelo terapeuta financeiro: …Leia na íntegra

Vendas de Natal caíram 1% neste ano

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Economia | Data: 27 dez 2015

Tags:

BannerResenhaGeral_600x65px

Agência Brasil

comércio-1As vendas no período do Natal nos shopping centers brasileiros caíram 1% em 2015, já descontada a inflação, se comparadas com as do mesmo período do ano passado. O recuo é o maior registrado nos últimos 10 anos. O levantamento da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), divulgado hoje (26), não informa os valores das vendas do período natalino, apenas a variação em relação a 2014.

As vendas registradas durante todo o ano de 2015 nos centro comerciais, no entanto, superaram as de 2014 em 1,07%: totalizaram R$ 145 bilhões, ante R$ 143,47 bilhões no ano passado. Descontada a inflação, porém, as vendas foram de R$ 130,5 bilhões, uma queda de 2,82% no ano em relação a 2014, o maior recuo da última década. No entanto, considerado os valores deflacionados, as vendas de 2015, nos últimos 10 anos, só não foram maires que as de 2014 (R$ 134,29 bilhões).

…Leia na íntegra

Veículos novos devem ficar mais caros em 2016

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Economia | Data: 27 dez 2015

Tags:

UOL

frota-carrosDepois de terminar 2015 com a pior queda nas vendas em quase 30 anos, o mercado automotivo brasileiro se prepara para adotar uma estratégia arriscada em 2016: deixar o veículo mais caro no momento em que o consumo se retrai, o desemprego sobe e o crédito tende a ficar mais restrito.

Embora o reajuste seja uma decisão de cada montadora, todas as marcas passam, segundo analistas e executivos do setor, por uma forte pressão de custos, em especial do câmbio. Uma projeção feita pela consultoria Tendências aponta que os preços dos veículos novos deverão subir em 2016 no mesmo ritmo da inflação medida pelo IPC-Fipe (Índice de Preços ao Consumidor, da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), pondo fim a um período de 10 anos em que a variação sempre ficou em um patamar abaixo.

Na previsão da consultoria, os veículos novos deverão ter aumento de 5,8% em 2016, a mesma estimativa para o IPC. Para este ano, a expectativa é de que os preços dos carros subam 5,4%, abaixo dos 8,4% previstos para a índice geral. A última vez em que houve queda dos veículos foi em 2012, de 5,0%. À época, as montadoras ainda contavam com a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados). O benefício, criado pelo governo em 2011 para estimular o consumo, deixou de vigorar em 31 de outubro de 2014. A extinção, que contribuiu para que os preços subissem em 2015, deve continuar pressionando o mercado no ano que vem.

…Leia na íntegra

Em 2016, conta de energia deve ter alta de 4,6%

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 26 dez 2015

Tags:, ,

Da Redação
foto: arquivo BRG

conta-luz
Os brasileiros continuarão a gastar mais com as contas de energia. De acordo com informações divulgadas pelo Banco Central nesta semana, em 2016, a energia elétrica no Brasil terá um reajuste médio de 4,6%. Essa estimativa, contudo,  não considera a taxa das bandeiras tarifárias, que passaram a incidir nas tarifas em 2015 e refletem o custo mais alto da produção de energia pelo uso mais intenso de termelétricas.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) disse que a bandeira tarifária válida para o mês de janeiro de 2016 continuará sendo de cor vermelha. A bandeira vermelha implica um acréscimo de R$ 4,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) de energia consumidos em todos os estados do país. O consumidor está pagando mais caro pela energia desde o início do ano.

Comércio fica aberto até às 17 horas nesta véspera de Natal

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 24 dez 2015

Tags:, , ,

nov_25_pel_banner_site_resenha_feirao_aquitemnegocio_582x65px_jean

Da Redação
foto: Arquivo BRG

comércio normal
Para aqueles que deixaram as compras natalinas para a última hora, uma boa notícia. Nesta véspera de Natal, o comércio irá funcionar em horário diferenciado.

As lojas dos principais pontos comerciais de Vitória da Conquista ficarão abertas até às 17 horas nesta quinta-feira (24). Já as lojas do Shopping Conquista Sul terão expediente até às 20 horas.

Na sexta (25), por ser feriado, as lojas não abrirão. O comércio voltará a funcionar normalmente no sábado (26), das 8 às 12 horas. Nesta data, as lojas do Shopping também estarão funcionando em seu horário normal, das 10 às 22 horas.

Sponholz

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia, Política | Data: 19 dez 2015

Tags:, ,

Pagamento da 2ª parcela do 13º irá movimentar a economia no período natalino

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 14 dez 2015

Tags:, ,

Da Redação
foto: Arquivo BRB

comércio-1
O pagamento da segunda parcela do 13º salário deve dar um fôlego extra à economia regional, principalmente aos setores ligados a bens de consumo e serviço. Somente a gratificação natalina dos servidores municipais deve injetar aproximadamente 10 milhões de reais no comércio local.

De acordo com nota publicada pela prefeitura, o pagamento da segunda parcela dos funcionários públicos municipais foi antecipada para o dia 18 de dezembro. Já os demais empregadores têm até o dia 20 de dezembro para pagar o benefício.

Têm direito ao 13º salário todos os trabalhadores do serviço público e da iniciativa privada, urbano ou rural, avulso e doméstico, além dos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Os trabalhadores que possuem menos de um ano na empresa também têm direito ao benefício. Nesse caso, o pagamento será proporcional aos meses em que tenham trabalhado por mais de 15 dias. Caso o empregador não respeite o prazo do pagamento, será autuado no momento em que houver fiscalização, o que gerará uma multa.

 

Comércio de Conquista funciona até às 20h nesta semana

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Economia, Vit. da Conquista | Data: 14 dez 2015

Tags:, ,

nov_25_pel_banner_site_resenha_feirao_aquitemnegocio_582x65px_jean

Da Redação

liquidação comércioJá em clima de festas de Natal e Réveillon o comércio de Vitória da Conquista funciona em horário especial. E a partir desta segunda-feira (14), o horário de funcionamento das lojas será estendido até às 20 horas. A ideia é proporcionar aos clientes maior comodidade na hora de fazer as compras de fim de ano.

E os lojistas estão mesmo animados. De acordo com a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Vitória da Conquista, as vendas podem superar as do mesmo período do ano passado em até 10%. Principalmente os itens relacionados a confecções, calçados, perfumaria, eletrodomésticos e brinquedos. Clique aqui, confira o horário de funcionamento do comércio completo e programe suas compras.

Etanol ficou mais caro em 21 Estados nesta semana, informa a ANP

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Economia | Data: 06 dez 2015

Tags:

nov_25_pel_banner_site_resenha_feirao_aquitemnegocio_582x65px_jean

Uol Economia

340x255_etanol-combustivel_1494331Os preços do etanol hidratado nos postos brasileiros caíram em quatro Estados nesta semana, subiram em 21 outros e no Distrito Federal e ficaram estáveis no Amapá. Na semana passada, houve recuo em oito Estados e alta nos outros 18 e no Distrito Federal. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). No período de um mês, os preços subiram em todo o País.

Em São Paulo, principal Estado produtor e consumidor, a cotação subiu 1,3% na semana, para R$ 2,573 o litro. No período de um mês, acumula valorização de 12%. Na semana, a maior alta ocorreu em Alagoas (+3,94%) e o maior recuo no Acre (-1,50%). No mês, o etanol subiu mais em Mato Grosso (21,80%).

…Leia na íntegra

Cesta básica é a mais cara dos últimos 12 meses, em Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 03 dez 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

cesta-basica

O cálculo mensal da Cesta Básica de Vitória da Conquista registrou o maior aumento desde que começou a ser mensurada, em dezembro de 2014. Em relação ao mês anterior, o valor total dos 12 produtos alimentares teve um aumento de 5,34% no mês de novembro deste ano registrou. O preço da cesta básica também é o mais caro dos últimos 12 meses: totalizando R$ 281,15.

Entre os produtos que mais tiveram ajuste no preço está o tomate (aumento de 34,9%) e o açúcar (aumento de 10,57%). Além deles, o arroz, a banana-prata, o café moído, a carne bovina (acém), a farinha de mandioca, a manteiga e o óleo de soja ficaram mais caros no mês de novembro. Já o feijão, o leite pasteurizado e o pão francês tiveram uma redução em seu valor.

Para o trabalhador assalariado adquirir a cesta básica em novembro na cidade, foi necessário comprometer 38,78% do salário mínimo líquido. Todos os dados desta pesquisa podem ser conferidos aqui ou acessando o site oficial do projeto.

Materiais escolares devem ficar 10% mais caros em 2016

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 02 dez 2015

Tags:, ,

BannerResenhaGeral_600x65px

por Mateus Novais

material escolar

Em 2016, os materiais escolares vão ficar cerca de 10% mais caros, segundo estimativa da Associação Brasileira dos Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares (Abfiae). Os preços de produtos importados como mochilas, lancheiras e estojos podem aumentar de 20% a 30%.

Ao longo dos últimos 12 meses, os materiais escolares, em média, já ficaram 10% mais caros. “O aumento será maior do que o dos anos anteriores, que tem ficado ligeiramente abaixo da inflação. Este ano será acima por causa da desvalorização do câmbio, que tem impacto em toda a cadeia produtiva”, explica o presidente da Abifiae, Rubem Passos, ao site Agência Brasil. Ele também avalia que tanto a indústria nacional como os importadores devem sofrer com a mudança. Em relação a 2014, a associação prevê que as vendas podem cair de 5% a 10%.

Efetivação de temporários no comércio após festas será mais baixa em 2015

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 01 dez 2015

Tags:, , ,

BannerResenhaGeral_600x65px

por Mateus Novais

comércio-1

O trabalho temporário para o período de final de ano é uma das principais esperanças do trabalhador que está fora do mercado. Muitos deles apostam suas fichas nessa época do ano para arrumar um emprego com carteira assinada no comércio. Mas a má noticia é que a expectativa de efetivação do trabalhador está abaixo do esperado, como aponta o Sindicato dos Comerciários de Vitória da Conquista.

Com a crise econômica que o país está passando e as baixas previsões de vendas no comércio, a oferta de vagas temporárias ficou muito abaixo do último ano. Dados do próprio Sindicato aponta a abertura de 50% a menos de vaga que no Natal de 2014. Foram cerca de mil contratações contra 500 neste ano.

Outra redução que será sentida é o número de trabalhadores efetivados após o término do contrato temporário. Segundo Gilmar Ferraz, diretor do Sindicato dos Comerciários, “no ano passado a taxa de efetivação foi de 20%, este ano deve ficar entre 5 a 10%”.

Prazo para pagar 1ª parcela do 13º termina amanhã; veja direitos

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Economia | Data: 29 nov 2015

Tags:

do G1

comprasTermina nesta segunda-feira (30) o prazo para que as empresas paguem aos seus funcionários o adiantamento da primeira parcela do 13º salário. A segunda parcela, por sua vez, precisa ser depositada na conta dos trabalhadores até o dia 18 de dezembro, prevê a legislação. Aqueles que pediram o adiantamento do 13º nas férias, contudo, não recebem a primeira parcela agora (pois já receberam), apenas a segunda. A primeira parte representa metade do salário que o funcionário ganha.

A primeira parcela tem como base a última remuneração do empregado. Já a segunda usa como referência o mês de dezembro.

…Leia na íntegra

Clamor poderá ser decisivo na Justiça em defesa do comércio popular em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Vit. da Conquista | Data: 26 nov 2015

Tags:, , , ,

BannerResenhaGeral_600x65px

da Redação
foto: Arquivo do BRG

Protesto

A Justiça já tem conhecimento da mobilização dos comerciantes do Shopping Popular devido às dificuldades para conseguir emplacar aquele espaço como uma alternativa viável de negócio. As promessas da Prefeitura,  na troca da antiga Feira do Paraguai pelo atual espaço, foram abandonadas e agora só arrocho.

Inaugurado em 23 de março, deste ano, as vendas continuam abaixo do esperado, segundo os comerciantes. Um comerciante que preferiu não ser identificado afirmou: “somente quem trabalha com eletro eletrônico pode arcar com a taxa exigida pela prefeitura. Eu pergunto: como pode uma mulher que trabalha fazendo bainha de calça pagar este valor?”, indagou.

O movimento dos trabalhadores autônomos reivindica a redução da taxa de condomínio praticada  que atualmente é de R$ 225. O clamor dos comerciantes não sensibilizou a Prefeitura Municipal, mas ganha força. O advogado está preparando um dossiê com reportagens das últimas manifestações que poderão contribuir para uma decisão favorável na Justiça. Uma ação está sendo preparada para impedir que os abusos praticados pela administração municipal continuem prejudicando e penalizando o comércio popular da cidade.

Empresários de Vitória da Conquista enfrentam a crise com trabalho

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Vit. da Conquista | Data: 23 nov 2015

Tags:, ,

da Redação
foto: arquivo BRG

comércio-normal

Em Vitória da Conquista a classe empresarial, responsável pelo crescimento e desenvolvimento do município, vem dando demonstração que a melhor maneira de enfrentar a crise é com muito trabalho.

Neste final de semana empreendedores da construção civil promoveram feiras de negócios com resultados satisfatórios e animadores. A Construtora PEL lançou o Residencial Riviera e o Jardim Madrid Residencial em stand de vendas no início da Av. Bartolomeu de Gusmão. A Ramal promoveu o 1º Feirão de Lotes com stand de vendas no coração do bairro Morada dos Pássaros. Já a DGE, em parceria com a Imobiliária Marcelo Santana, abriu o Horto Premier Resindence para exibir a primeira casa totalmente concluída. Outras unidades serão preparadas para venda.

A ADEMI – Associação de Dirigentes de Empresas da Bahia contribuiu com os arrojados empreendedores conquistenses ao realizar pela primeira vez a Semana M² na região. Construtoras conceituadas da cidade participaram do evento como a E2 Engenharia e a Prates Bonfim.

No comércio a CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas, para espantar a crise, colocou uma Hilux zero e outros prêmios para clientela regional. O Conquista Sul, além da belíssima decoração disponibiliza também um cobiçado Jeep na premiação. Alguém já declarou: “não existe crise que resista a força do trabalho”.