Atraso na quitação de empréstimos deixou 35% dos consumidores negativados

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 23 ago 2018

Tags:, ,


banner alfa park

da Redação
Fonte: CNDL/CDL (Conteúdo)

No último ano, 20% regularizaram suas dívidas, mas 15% ainda estão inadimplentes. Pagamento de dívidas é principal finalidade dos que recorrem a essa modalidade de crédito

O empréstimo é uma prática recorrente para o pagamento de dívidas, situações de imprevistos financeiros ou mesmo para quem precisa reformar a casa ou trocar de carro. No entanto, o acúmulo de dívidas vem se tornando um problema para muitos brasileiros que não conseguem honrar seus compromissos. Uma pesquisa conduzida pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) aponta que mais de um terço dos entrevistados que contrataram empréstimos no último ano (35%) ficaram com nome sujo por atrasar as prestações. Desse total, 20% já regularizaram a situação, enquanto 15% permanecem negativados.

De acordo com o levantamento, dois em cada dez brasileiros (23%) contrataram algum tipo de empréstimo nos últimos doze meses, sendo que 12% buscaram empréstimo pessoal em bancos e 7% em financeiras. Além disso, 14% optaram por empréstimo consignado em banco, principalmente entre o público com mais de 55 anos (27%), e 6% em financeiras, modalidade em que se desconta as parcelas diretamente do salário ou da aposentadoria. “A capacidade de pagamento das pessoas tem sido afetada pelo alto nível de desemprego. A renda das famílias continua achatada, levando muitos brasileiros a fazer empréstimos para pagar contas ou mesmo quitar dívidas”, destaca a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti. …Leia na íntegra

Alimentos e remédios lideram gastos no cartão de crédito em junho

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 13 ago 2018

Tags:,

da Redação
Fonte: CNDL/CDL (Conteúdo)

Fatura média do cartão no período supera R$ 1 mil e 25% dos usuários caíram no rotativo. No mês de junho, 40% dos brasileiros utilizaram alguma modalidade de crédito, sendo o cartão o instrumento mais comum

Um levantamento feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que o uso do cartão de crédito já não se limita a compra de itens de mais alto valor, que geralmente são parcelados. As despesas correntes, incluindo produtos de primeira necessidade, também já fazem parte das aquisições mais feitas via cartão. No último mês de junho, os alimentos de supermercados lideraram esse tipo de compra, com 63% de menções, seguidos dos remédios (45%) e dos combustíveis (37%). Somente em quarto lugar aparecem as roupas, calçados e acessórios (36%).

De acordo com o levantamento, no último mês de junho, 40% dos brasileiros recorreram à alguma modalidade de crédito, sendo que o cartão de crédito foi o mais comum, citado por 35% dos consumidores. Em seguida, aparecem o crediário ou carnê, com 8% de utilização, empréstimos (5%), cheque especial (5%) e financiamentos (3%). Os que não se utilizaram de nenhuma modalidade no período somam 60% dos consumidores.

Na avaliação da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, por trata-se de uma modalidade de crédito pré-aprovada, o cartão de crédito é um instrumento bastante popular como forma de pagamento. “Hoje o cartão de crédito já não é uma exclusividade dos bancos. Redes varejistas e fintechs já oferecem o instrumento, tornando-o ainda mais acessível para várias camadas da população”, explica a economista. …Leia na íntegra

Dia dos Pais deve movimentar quase R$ 14 bilhões no varejo

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 10 ago 2018

Tags:, , ,

banner alfa park

da Redação
Fonte: CNDL/ CDL (Conteúdo)

Apesar de ainda estarem sofrendo os efeitos da lenta recuperação econômica e do desemprego, 61% dos brasileiros pretendem ir às compras nessa data

Embora os brasileiros ainda estejam sensíveis aos efeitos da lenta recuperação econômica e do desemprego, a maioria (61%) dos consumidores deve ir às compras neste Dia dos Pais – o dado é levemente superior aos 55% de entrevistados que realizaram compras na mesma data do ano passado. A conclusão é de um levantamento feito em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Ao todo, a expectativa é de que quase 93 milhões de pessoas façam alguma compra no período, o que deve movimentar uma cifra aproximada de R$ 13,9 bilhões nos setores do comércio e serviços.

Apenas 28% dos consumidores não devem presentear alguém na data, sendo que a principal justificativa é o falecimento do pai (70%). Comemorado tradicionalmente no segundo domingo de agosto, o Dia dos Pais é considerado por muitos o ‘patinho feio’ das datas comemorativas por não injetar cifras tão expressivas como Natal, Dia das Mães e Dia dos Namorados. Mesmo assim, a comemoração serve de termômetro para analisar o desempenho do varejo no segundo semestre, ainda permeado por incertezas no campo político e por uma recuperação econômica gradual. …Leia na íntegra

Dia dos Pais: Comércio funcionará em horário especial

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 09 ago 2018

Tags:,


Banner marcelo santana

Da Redação

Para garantir aos consumidores mais tempo para comprar o presente do Dia dos Pais, a Câmara Dirigentes Lojistas (CDL), de Vitória da Conquista, informou que o comércio da cidade funcionará em horário especial. Na véspera da data comemorativa, sábado (11), as lojas da cidade funcionarão até às 15 horas.

As vendas de Dia dos Pais deverão crescer 2,5% em relação ao ano passado, já descontada a inflação, segundo levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) divulgado nesta semana.

Mais de 70% dos pequenos negócios usam redes sociais como ferramenta de gestão

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 08 ago 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Agência Sebrae/CDL (conteúdo)

Aplicativos como WhatsApp e Facebook potencializam divulgação de produtos e serviços, promovem ganho em vendas e aproximação com os clientes

Nos últimos três anos, os pequenos negócios no Brasil apostaram na informatização e na utilização de novas ferramentas digitais, em especial nas redes sociais. Atualmente, 72% do segmento utilizam o WhatsApp para se comunicar com clientes e 40% possui perfil no Facebook. É o que mostrou a pesquisa “Transformação Digital nas MPE”, realizada pelo Sebrae entre abril e junho deste ano, e que identificou a informatização das micro e pequenas empresas. A pesquisa avaliou como o setor está envolvido no processo de mudança para a era digital, confirmando o crescimento do grau de informatização das empresas de micro e pequeno porte. O aplicativo WhatsApp e a rede social Facebook são as ferramentas mais usadas pelas MPE na divulgação de produtos e serviços. Também são aproveitadas para estreitar o relacionamento com os clientes e ampliar vendas.
De acordo com a diretora técnica e presidente em exercício do Sebrae, Heloisa Menezes, o estudo mostra como as tecnologias digitais se tornaram imprescindíveis para o empreendedor aumentar a competitividade nos negócios. “Vivemos numa era onde as pessoas passaram a adotar um comportamento cada vez mais digital. E para os pequenos negócios já é obrigatório ter uma presença nesse mundo tecnológico utilizando as ferramentas que estão na palma da mão dos clientes a todo momento”, ressalta Heloisa.

…Leia na íntegra

Pequenos negócios baianos contrataram 188% a mais que em 2017

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 07 ago 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Agência Sebrae de Notícias Bahia/CDL (Conteúdo)

Saldo foi registrado no primeiro semestre, segundo estudo do Sebrae, com base em dados do Caged


O primeiro semestre de 2017 foi bom para as micro e pequenas empresas (MPE) baianas, que fecharam o período com um saldo positivo de 4.821 empregos gerados. Mas um levantamento do Sebrae, com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho, mostra que o período foi ainda melhor este ano: os pequenos negócios do estado geraram surpreendentes 13.921 vagas, quase três vezes mais empregos que no mesmo período de 2017. O crescimento, de 188%, merece ainda mais destaque se comparado à média brasileira de janeiro a junho, que foi 45% maior que em 2017.

O superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, comemora o resultado, registrado após um saldo negativo em 2016. “Os pequenos negócios baianos estão comprovando a sua resiliência e capacidade de gerar desenvolvimento para todo o estado. Eles atuam como uma mola propulsora e impactam diretamente a nossa economia. Precisamos dar toda a atenção a esses empresários”, avaliou o diretor, lembrando que, por outro lado, as médias e grandes empresas geraram 454 empregos no estado, de janeiro a junho.

Dia dos Pais deve movimentar quase R$ 14 bilhões no varejo, projetam CNDL/SPC Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 06 ago 2018

banner alfa park

Da Redação

Fonte: SPC Brasil

 

Embora os brasileiros ainda estejam sensíveis aos efeitos da lenta recuperação econômica e do desemprego, a maioria (61%) dos consumidores deve ir às compras neste Dia dos Pais – o dado é levemente superior aos 55% de entrevistados que realizaram compras na mesma data do ano passado. A conclusão é de um levantamento feito em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Ao todo, a expectativa é de que quase 93 milhões de pessoas façam alguma compra no período, o que deve movimentar uma cifra aproximada de R$ 13,9 bilhões nos setores do comércio e serviços.

Apenas 28% dos consumidores não devem presentear alguém na data, sendo que a principal justificativa é o falecimento do pai (70%). Comemorado tradicionalmente no segundo domingo de agosto, o Dia dos Pais é considerado por muitos o ‘patinho feio’ das datas comemorativas por não injetar cifras tão expressivas como Natal, Dia das Mães e Dia dos Namorados. Mesmo assim, a comemoração serve de termômetro para analisar o desempenho do varejo no segundo semestre, ainda permeado por incertezas no campo político e por uma recuperação econômica gradual.

“As tradicionais datas comemorativas demonstram um forte apelo emocional e muitas vezes até se descolam do ambiente de crise, que segue impactando o orçamento das famílias. Tanto é que nas últimas três datas comemorativas deste ano, o varejo apresentou crescimento nas vendas. Os resultados, contudo, foram discretos e não revertem as perdas acumuladas durante a crise. Ainda assim, servem de alento para impulsionar a retomada da economia”, explica o presidente da CNDL, José Cesar da Costa …Leia na íntegra

Cinco passos para conseguir créditos para o seu negócio

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 05 ago 2018

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: sebrae.com.br/CDL (Conteúdo)

Confira dicas e orientações de como conseguir crédito em instituições financeiras, com base em planejamento bem estruturado de como investir recursos

Para expandir os negócios, micro e pequenas empresas podem acessar linhas de crédito específicas para o segmento ou para a finalidade que se quer alcançar com o recurso. No entanto, antes de ir à instituição financeira e pedir recursos, é preciso tomar alguns cuidados, como, por exemplo, identificar a real necessidade de empréstimo/financiamento, pesquisar qual linha e banco melhor atendem a seu projeto e elaborar um plano de negócio.

Abaixo, você confere quais as etapas que um empreendedor deve percorrer para obter crédito:

1º passo: identificar a necessidade de crédito

É importante ter claro o valor do financiamento e a finalidade do recurso pretendido (compra de máquinas, de equipamentos, de matéria-prima, de aumento da estrutura física etc).

2º passo: buscar informações e escolher a instituição financeira

Busque informações sobre as linhas de financiamento que melhor se enquadram nas necessidades de crédito identificadas no 1º passo e quais instituições financeiras operam com tais linhas. Não se esqueça: as condições (custos, prazos, limites etc.) podem variar bastante de banco para banco.

3º passo: analisar os fatores de restrição

É fundamental estar com todos os fatores de restrição (situação legal, garantias, capital próprio etc.) adequados às exigências das instituições financeiras. …Leia na íntegra

Caixa vai reduzir juros no crédito imobiliário para pessoa jurídica

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 02 ago 2018

Tags:, ,

banner alfa park

da Redação
Fonte: A Tarde/Estadão / CDL (conteúdo)

A Caixa anunciou redução das taxas de juros do crédito imobiliário para o segmento “Produção Pessoa Jurídica”, com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). As taxas serão reduzidas em média de 1 a 2 pontos porcentuais ao ano (a.a.), sendo a taxa mínima de 9% a.a., de acordo com o porte, rating, nível de relacionamento das empresas com a Caixa e a sustentabilidade do projeto, como informa o banco em comunicado.

“Como o cenário econômico está apresentando sinais de retomada, o banco reposicionou suas taxas de juros do SBPE e, atendendo à estratégia que valoriza a escolha da Caixa como banco de principal relacionamento, propôs-se a tratar de forma diferenciada os clientes com bom índice de relacionamento e com uma abordagem de incentivo ao cliente de menor risco, em razão da sua nota de score”, explica o vice-presidente de Habitação da Caixa, Paulo Antunes de Siqueira, na nota.

O objetivo é a “retomada dos lançamentos de empreendimentos para geração de emprego, renda e acesso a moradia”, ainda segundo o comunicado.

Governo Municipal participa de lançamento do Circuito Agro BB

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Vit. da Conquista | Data: 01 ago 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Secom (Conteúdo)

A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista está apoiando mais uma iniciativa de fomento ao agronegócio da região. Na manhã desta terça-feira (31), membros do Governo Municipal estiveram presentes na cerimônia de lançamento do Circuito Agro do Branco do Brasil. O projeto vem para discutir o agronegócio, por meio de encontros com produtores rurais, assistências técnicas, gerentes de relacionamento, revendas, associações e demais parceiros.

O Circuito Agro está sendo lançado em 60 cidades de todo o país, que apresentam vocação para o agronegócio. Na Bahia, apenas quatro municípios foram selecionados. Além de Vitória da Conquista, a ação contempla ainda Juazeiro, Eunápolis e Luís Eduardo Magalhães. O objetivo é estreitar o relacionamento com essas localidades, fortalecendo o seu potencial de negócios e expandindo a sua agropecuária.

“E o papel do Banco do Brasil nesse agronegócio é, sobretudo, apoiando o micro e pequeno produtor rural, com linhas de crédito do Plano Safra 2018-2019. E a Prefeitura é uma grande parceira nossa”, afirma o superintendente do Banco do Brasil no estado da Bahia, Carlos Mota.

O secretário de Administração, Jonas Sala, esteve representando o prefeito Herzem Gusmão na cerimônia. Ele destaca que o agronegócio é o grande motor da economia nacional, e por isso fala sobre a importância do projeto: “Esse evento está também voltado para a tecnologia do campo. Estamos vendo aqui, oferta de financiamento para máquinas, equipamentos e novos processos. Tudo isso vem na direção de um agronegócio cada vez mais produtivo, gerando empregos.”

Por esses motivos, o secretário diz que a Prefeitura aplaude a iniciativa. “É a possibilidade do agricultor e pecuarista da região ter acesso a linhas de financiamento, através do sistema financeiro nacional, para que eles possam modernizar sua propriedade e com isso aumentar sua produção”, avalia.

INSS está cobrando grana da troca de aposentadoria

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 01 ago 2018

Tags:,

banner alfa park

Clayton Castelani e Larissa Quintino
do Agora (Reprodução)

Os aposentados que conseguiram aumentos provisórios no benefício por meio de ações judiciais de desaposentação estão sendo cobrados pelo INSS a devolver os valores recebidos.

Advogados orientam os segurados a recorrerem à Justiça.

A cobrança foi confirmada pelo INSS, que atestou a autenticidade de uma carta envida no final do ano passado a um segurado de Minas Gerais.

O órgão não informou quantos beneficiários terão de devolver valores.

No aviso enviado ao segurado, o instituto o intima a fazer o pagamento em até 60 dias.

O descumprimento implica descontos de até 30% na renda mensal.

Em vez de aplicar, 25% dos poupadores guardam dinheiro na própria casa

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 29 jul 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: CNDL / Reprodução da CDL

Poupança ainda é utilizada por 60% dos brasileiros que possuem recursos guardados; apenas 16% dos brasileiros conseguiram terminar o mês de maio com recursos para aplicar. Por outro lado, 46% dos poupadores resgataram dinheiro guardado

Guardar dinheiro no final do mês não é um hábito comum do consumidor brasileiro. E mesmo entre aqueles que conseguem poupar parte de seus rendimentos, a busca por aplicações rentáveis é atitude adotada por parcela ainda pequena da população. Dados apurados pelo Indicador de Reserva Financeira do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) revelam que um quarto (25%) dos poupadores guarda dinheiro na própria casa, opção arriscada por questões de segurança e negativa do ponto de vista da rentabilidade, uma vez que o dinheiro fica parado sem render juros.

Mesmo com a ofensiva das corretoras e a popularização de modalidades como o Tesouro Direto nos últimos anos, a velha caderneta de Poupança continua líder absolutaentre o principal tipo de aplicações dos poupadores brasileiros, citada por 60% dos entrevistados. Outra escolha bastante mencionada é a Conta Corrente, modalidade usada por 18% dos brasileiros que possuem recursos guardados. Completam o ranking de principais aplicações a Previdência Privada (7%), Fundos de Investimentos (5%), CDBs (4%) e Tesouro Direto (4%). …Leia na íntegra

44% dos brasileiros já usaram o nome de outra pessoa para fazer compras a prazo

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 26 jul 2018

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: CNDL/CDL (Conteúdo)

Embora tenham contado com ajuda financeira de terceiros, 48% disseram que eles próprios se negariam emprestar seus nomes a alguém; maioria pediu dinheiro porque passou por imprevisto ou estava com ‘nome sujo’

Em tempos de crise e de crédito mais escasso, pedir o nome emprestado para realizar compras é a saída que muitos brasileiros encontram para não deixar de consumir. Um levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todas as capitais revela que essa prática não é incomum no país. Em cada dez brasileiros, quatro (44%) já pediram o nome emprestado a outras pessoas para fazer compras a crédito – principalmente as pessoas das classes C, D e E (48%) e as mulheres (49%). Os que disseram nunca terem lançado mão dessa atitude somam 56% dos entrevistados. …Leia na íntegra

Mais de 70% dos pequenos negócios usam redes sociais como ferramenta de gestão

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 24 jul 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Agência Sebrae de Notícias/CDL (Conteúdo)

Aplicativos como WhatsApp e Facebook potencializam divulgação de produtos e serviços, promovem ganho em vendas e aproximação com os clientes

Nos últimos três anos, os pequenos negócios no Brasil apostaram na informatização e na utilização de novas ferramentas digitais, em especial nas redes sociais. Atualmente, 72% do segmento utilizam o WhatsApp para se comunicar com clientes e 40% possui perfil no Facebook. É o que mostrou a pesquisa “Transformação Digital nas MPE”, realizada pelo Sebrae entre abril e junho deste ano, e que identificou a informatização das micro e pequenas empresas. A pesquisa avaliou como o setor está envolvido no processo de mudança para a era digital, confirmando o crescimento do grau de informatização das empresas de micro e pequeno porte. O aplicativo WhatsApp e a rede social Facebook são as ferramentas mais usadas pelas MPE na divulgação de produtos e serviços. Também são aproveitadas para estreitar o relacionamento com os clientes e ampliar vendas. …Leia na íntegra

Brasil fecha primeiro semestre com 63,6 milhões de consumidores inadimplentes

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 21 jul 2018

Tags:, , ,



da Redação
Fonte: CNDL/CDL (Conteúdo)

Cada inadimplente brasileiro tem em média duas dividas em aberto. Pendências que mais cresceram em junho foram as contraídas em instituições financeiras; Dívidas no comércio feitas via crediário caem 9,24% em junho

A lenta recuperação econômica não tem colaborado para a queda da inadimplência no país. De acordo com dados apurados pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o volume de consumidores com contas em atraso e registrados em cadastros de devedores acelerou no último mês de junho, ao crescer 4,07% na comparação com o mesmo período do ano passado. Trata-se da nona alta consecutiva na série histórica do indicador. A última vez que a inadimplência apresentou recuou foi em novembro de 2017 (-0,89%). Ao todo, o SPC Brasil e a CNDL estimam que o país concluiu o primeiro semestre deste ano com aproximadamente 63,6 milhões de brasileiros com o CPF restrito em virtude de atrasos no pagamento de contas. Esse dado representa 42% da população adulta do país.

a

 

O indicador ainda revela que na comparação mensal – ou seja, passagem de maio para junho, sem ajuste sazonal-, houve um crescimento de 0,61% no volume de consumidores inadimplentes – foi a maior variação positiva desde março deste ano. …Leia na íntegra

44% dos brasileiros já usaram o nome de outra pessoa para fazer compras a prazo

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 20 jul 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: CNDL/CDL (Conteúdo)

Embora tenham contado com ajuda financeira de terceiros, 48% disseram que eles próprios se negariam emprestar seus nomes a alguém; maioria pediu dinheiro porque passou por imprevisto ou estava com ‘nome sujo’

Em tempos de crise e de crédito mais escasso, pedir o nome emprestado para realizar compras é a saída que muitos brasileiros encontram para não deixar de consumir. Um levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todas as capitais revela que essa prática não é incomum no país. Em cada dez brasileiros, quatro (44%) já pediram o nome emprestado a outras pessoas para fazer compras a crédito – principalmente as pessoas das classes C, D e E (48%) e as mulheres (49%). Os que disseram nunca terem lançado mão dessa atitude somam 56% dos entrevistados.

De acordo com o estudo, a prática é utilizada, principalmente, pelos consumidores que passaram por situações de emergência e não contam com uma reserva financeira (27%) ou pelos que estão com o nome inscrito em cadastros de devedores (22%). Outras razões ainda mencionadas são o crédito negado (16%) e o limite estourado do cartão de crédito (13%). …Leia na íntegra

Empresas da região Sudoeste têm apoio do Sebrae para desenvolver projetos de inovação

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Vit. da Conquista | Data: 17 jul 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Agência Sebrae de Notícias Bahia com CDL (Conteúdo)

Programa subsidia em até 70% o valor para micro e pequenas empresas, microempreendedores individuais e produtores rurais

Micro e pequenas empresas, microempreendedores individuais e produtores rurais têm uma oportunidade para o desenvolvimento de projetos na área de inovação por meio do programa Sebraetec. A iniciativa promove o acesso de pequenos negócios a soluções em sete áreas de conhecimento da inovação: design, produtividade, propriedade intelectual, qualidade, inovação, sustentabilidade, serviços digitais.

Os empresários que buscam consultoria para implementar projetos de negócios, produtos ou serviços podem obter o subsídio necessário com o Sebrae. O programa aproxima as empresas e com os prestadores de serviços tecnológicos para a implementação da inovação com subsídio de até 70% do valor da consultoria, ficando para a empresa apenas a contrapartida de 30%.

A gerente regional do Sebrae em Vitória da Conquista, Josinete Viana, explica que essa é uma oportunidade para o empresário ter acesso a esse conhecimento. “É uma possibilidade de adequação de sua empresa, arcando apenas com 30%, e o pagamento desse valor ainda é facilitado”.

As micro e pequenas empresas de todas as cidades da região Sudoeste da Bahia podem ter acesso às soluções do Sebraetec. Para isso, o empresário deve ir à agência de atendimento do Sebrae, portando identidade e número do CNPJ da empresa, ou ainda ligar para o telefone (77) 3424-1600.

Receita libera hoje consulta ao segundo lote de restituição do IR 2018

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 10 jul 2018

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: Agência Brasil/CDL (Conteúdo)

A consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2018 será liberada a partir das 9h de hoje (9). Esse lote também contempla restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2017.

O crédito bancário para 3.360.917 contribuintes será feito no dia 16 de julho, totalizando o valor de R$ 5 bilhões. Desse total, R$ 1,625 bilhão são destinados a contribuintes com prioridade: 3.358 idosos acima de 80 anos, 49.796 entre 60 e 79 anos, 7.159 com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 1.120.771 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet , ou ligar para o Receitafone, número 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível verificar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nessa hipótese, o contribuinte pode fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora. …Leia na íntegra

46% dos usuários do cheque especial recorrem ao limite todos os meses

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 05 jul 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: CNDL/ CDL (Reprodução)

Pesquisa mostra que maioria não buscou outra alternativa de crédito antes de entrar no limite do banco; 63% desconhecem o valor dos juros cobrados. Uso foi destinado, principalmente, a cobrir imprevistos com saúde e pagar dívidas

Assim como o cartão de crédito, o cheque especial é uma das modalidades de crédito mais populares entre os consumidores brasileiros. Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todo o país revela que 17% dos consumidores recorreram ao cheque especial nos últimos 12 meses ― sobretudo as classes A e B (29%) ―, sendo que quase a metade (46%) possui o hábito de entrar todos os meses e 20% a cada dois ou três meses. Por outro lado, 80% afirmam não ter usado o limite neste período.

Seu uso teve como principais finalidades cobrir imprevistos com doenças e medicamentos (34%), quitar dívidas em atraso (23%) e realizar manutenção de automóveis ou motos (18%). Outros 17%, entraram no cheque especial por descontrole no pagamento das contas. A economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, alerta que o fato do serviço não exigir qualquer tipo de burocracia ou garantia acarreta no alto custo de uso. “Sem perceber, muitos entram no limite por achar que o recurso faz parte do seu saldo bancário. E no fim das contas, acabam pagando juros altos”, ressalta. …Leia na íntegra

Nova regra do cheque especial começa a valer em julho

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 29 jun 2018

Tags:,

da Redação
Fonte: Diário do Comércio / CDL (Reprodução)

Instituições financeiras vão oferecer uma opção mais barata para o correntista que utilizar 15% do limite da conta por 30 dias seguidos. Os consumidores não serão obrigados a aceitar a proposta e nada mudará para quem permanecer devedor

O cheque especial, que passou a ser a linha de crédito mais cara do sistema financeiro nacional, terá um novo funcionamento a partir de 1 de julho. As instituições financeiras vão oferecer uma opção mais barata para o correntista que utilizar 15% do limite da conta por 30 dias seguidos. Os consumidores, no entanto, não serão obrigados a aceitar a proposta e nada mudará para quem permanecer devedor.

A taxa média cobrada de pessoas físicas recuou de 321%, em abril, para 311,9% ao ano, em maio, conforme dados divulgados na quarta-feira, 27, pelo Banco Central. Já a taxa média de juros no crédito livre – que não utiliza recursos da poupança e do BNDES – ficou em 39,2% ao ano em maio, considerando todas as modalidades.

Assim, uma dívida de R$ 1 mil contraída na modalidade de cheque especial sobe para R$ 4.119,11 depois de 12 meses. Já no crédito pessoal, essa mesma dívida, após o mesmo período, ficaria em R$ 1.392,07, segundo cálculos da economista e planejadora financeira Paula Sauer, do Planejar. …Leia na íntegra