Resultado da seleção do P-Fies é divulgado pelo MEC

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação | Data: 07 ago 2018

Tags:,

Da Redação

 

O P-Fies é equivalente às modalidades II e III do novo Fies. O resultado dessa nova  modalidade do Programa de Financiamento Estudantil, foi divulgada na noite desta segunda-feira (06), pelo Ministério da Educação e está disponível na página do programa. O P-Fies atende estudantes com renda familiar entre três e cinco salários mínimos e tem o financiamento feito por bancos privados ou fundos constitucionais e de desenvolvimento.

O candidato pré-selecionado no P-Fies deverá comparecer à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de ensino para validar suas informações em até cinco dias, contados a partir do dia imediatamente subsequente ao da sua pré-seleção na modalidade do P-Fies.

Deverá então comparecer a um agente financeiro em até dez dias, contados a partir do terceiro dia útil imediatamente subsequente à data da validação da inscrição pela CPSA, com a documentação exigida e especificada para fins de contratação e, uma vez aprovada pelo agente financeiro, formalizar a contratação do financiamento.

 

Greve: mesmo com baixa adesão de apenas 15% Prefeitura poderá convocar professores substitutos

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 07 ago 2018

Tags:, , ,

da Redação
Foto: Ilustração

Em reunião realizada no final da tarde desta 2ª feira (6), a Secretaria de Educação avaliou que a greve tem registro de baixa adesão, com apenas 15%.

O BRG apurou que na próxima sexta-feira (10), a greve dos professores, se confirmada a sua continuidade em nova assembleia marcada para esta quarta-feira (8), chegará ao 21º dia. Sem esperar que chegue ao 30º dia, a Smed convocará imediatamente quantos professores, e outros servidores, que forem necessários para que a normalidade seja restabelecida.

A Smed trabalha em parceria com a Fundação Lemann e prepara a nova metodologia de Sobral (CE) que tem conquistado o melhor Ideb do Brasil com média de 8.8. Em Conquista a média não chega a 4.

Lei

O corte de salários já anunciado, e agora a possibilidade de convocação de profissionais de Educação, têm amparo na Decisão do STF  do mês de junho deste ano.

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu no dia 13 de junho, sobre as providências que podem ser tomadas pelo poder público, quando servidores entram em greve.

O decreto foi mantido por maioria do colegiado o que significa que servidor que fizer greve pode ser punido e ter os dias descontados.  Entre os pontos do decreto estão a possibilidade de o governo determinar corte de ponto em dias não trabalhados e a contratação de pessoal por tempo determinado, diante da necessidade do “interesse público”.

ProUni: prazo para entrega de documentos da lista de espera termina hoje (06)

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação | Data: 06 ago 2018

Tags:,

Da Redação

 

Termina nesta segunda-feira (06),  o prazo para que os candidatos selecionados na lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) entreguem nas instituições de ensino a documentação que comprove as informações passadas no momento da inscrição.

No site do programa pode ser encontrada a relação com os documentos necessários. As instituições de ensino utilizam a lista de espera para ocupar as bolsas que sobraram após a primeira e a segunda chamada do programa.

Ao todo, o ProUni oferta 174.289 bolsas de estudo, integrais e parciais (50%), em instituições privadas de ensino superior. O candidato interessado em uma bolsa integral deve comprovar renda mensal familiar por pessoa de até um salário mínimo e meio. Para concorrer a bolsas parciais, a renda mensal familiar por pessoa deve ser de até três salários mínimos.

Simmp sofre derrota na Justiça e fica impedido de promover manifestações na Prefeitura

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 06 ago 2018

Tags:, , , ,

banner alfa park

 

da Redação

Em decisão a doutora Juíza de Direito, Drª. Simone Soares de Oliveira Chaves acatou parcialmente o pedido da Prefeitura de Vitória da Conquista sobre a greve deflagrada no dia 20 de julho.

Proibição

Os grevistas estão impedidos legalmente de promoverem manifestações dentro das repartições públicas que integram a Prefeitura. A decisão  está amparada  na Lei Complementar  nº 1.786. A Lei dispõe sobre o RJU – Regime Jurídico – Único que recomenda no seu Art. 129, inciso V – a não promoção de manifestação de apreço ou desapreço nas repartições públicas do Município. A Lei foi sancionada no dia 16 de dezembro de 2011, pelo  ex-prefeito Guilherme Menezes.

Decisão da Justiça

Confira trecho da sentença da Drª Simone Soares de Oliveira Chaves:

(…) Assim, DEFIRO PARCIALMENTE a TUTELA DE URGÊNCIA, para determinar que o
SINDICATO DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL PÚBLICO DE VITÓRIA DA CONQUISTA se abstenha de
toda e qualquer conduta de obstrução aos equipamentos e serviços públicos municipais, mormente
deixando de realizar manifestações dentro dos prédios públicos.

Multa

Além da multa diária de R$ 500,00, que consta da sentença, segundo informações, em caso de desobediência, a Secretaria de Administração instalará um PAD – Processo Administrativo contra os infratores. A Prefeitura não deseja tomar uma decisão tão dura, mas se necessário o recurso amparado por Lei será imediato.

Grevistas da Educação já perderam metade do salário

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 05 ago 2018

Tags:, ,

da Redação

“Onde o sindicato é forte o ensino é fraco”, autor desconhecido

Os professores e servidores lotados na Secretaria de Educação, que aderiram a greve do Simmp – Sindicato do Magistério, que foi iniciada no dia 20 de agosto, já perderam metade dos seus respectivos salários. Já são 17 dias de paralisação.

A Secretaria de Administração já anunciou a medida, e a Secretaria de Educação vem monitorado os faltoso para que a medida de  corte de salários seja aplicada.

Reunião

O Governo Municipal tem reunião marcada nesta segunda-feira (6), para avaliar o  movimento grevista. Em carta aberta, a Prefeitura esclareceu, conforme trecho a seguir: O Simmp reivindicou 6,81% de reajuste salarial sobre o vencimento. Para cumprir o limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), em uma demonstração de responsabilidade e prudência com as contas públicas, a Prefeitura assegurou os reajustes de 2,76% no salário e 5% no auxílio-alimentação retroativo a maio, garantindo, assim, a recomposição da inflação e evitando perdas para os servidores – o que trará um impacto na folha de R$ 5.000.000,00 (cinco milhões de reais), ainda neste exercício, com base no mês da campanha salarial (de maio a dezembro/2018).

STF/Corte salarial

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu no dia 13 de junho sobre as providências que podem ser tomadas pelo poder público quando servidores entram em greve.

O decreto foi mantido por maioria do colegiado o que significa que servidor que fizer greve pode ser punido e ter os dias descontados.  Entre os pontos do decreto estão a possibilidade de o governo determinar corte de ponto em dias não trabalhados e a contratação de pessoal por tempo determinado, diante da necessidade do “interesse público”.

MP

Segundo informações, o MP – Ministério Público, diante da exposição da Prefeitura, que alegou brutal queda na arrecadação, e a LRF – Lei de Responsabilidade Fiscal, deu parecer pela ILEGALIDADE DA GREVE. A Justiça deverá se manifestar nesta segunda-feira.

Assembleia

No site do Simmp, os profissionais da Educação estão sendo convocados para uma assembleia, que será realizada na Câmara de Vereadores, as 8h30, desta segunda-feira. A greve é política, e o PT e PCdoB continuam alimentando e manipulando o sindicato para que o irresponsável movimento continue.

“A greve é irresponsável, perversa e cruel, contra as crianças e os seus pais”, tem reafirmado o prefeito Herzem Gusmão (MDB). O prefeito ainda tem divulgado o que ouviu em um encontro da FNP – Frente Nacional de Prefeitos: “Onde o sindicato é forte o ensino é fraco” (autor desconhecido).

Professores seguem com a greve, Prefeitura reafirma corte de salários

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 03 ago 2018

Tags:, , ,

da Redação
Foto: site do Simmp

O Simmp – Sindicato do Magistério que comanda a greve dos professores da rede municipal de ensino permanece irredutível e mantém uma greve que levará os professores a não receber os seus salários.

Com cartazes e palavras de ordem, os grevistas, apoiados pelo PT e PCdoB foram a Câmara de Vereadores na sessão da última quarta-feira (1°). “A greve é perversa, irresponsável e política”, tem afirmado o prefeito Herzem Gusmão (MDB).

Os partidos que comandaram a cidade por 20 anos, e que arruinaram a Educação, Ideb com média de 3,4, tentam continuar atrapalhando o município, que já prepara a grande virada na Educação, com a metodologia de Sobral que possui média de 8,8 no Ideb.

Monitoramento

A Smed – Secretaria de Educação continua monitorando os faltoso para que o corte possa ser feito de maneira criteriosa para não prejudicar os professores que não aderiram ao movimento. Já são 14 dias de greve.

A reportagem apurou que na próxima segunda-feira (6), as secretarias de Administração e Educação estarão reunidas para avaliar o movimento grevistas, considerado muito fraco.

Em função da baixa adesão, o Governo Municipal achou desnecessário convocar professores contratados para substituir os grevistas.

Senai oferece cursos gratuitos de industrial básica em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 02 ago 2018

Tags:, ,

banner alfa park

Da Redação


Até o dia 26 de agosto, estarão abertas as inscrições para cursos gratuitos de aprendizagem industrial do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Ao todo, estão sendo ofertadas 950 vagas na Bahia, inclusive para Vitória da Conquista.

As inscrições devem ser feitas no site fieb.org.br/senai. Podem se candidatar jovens de 14 a 21 anos ou de 18 a 21 anos, a depender do curso escolhido. Não há taxa de inscrição para o processo seletivo. As aulas terão início entre os meses de outubro de 2018 a janeiro de 2019.

Os cursos oferecidos são: Assistente Administrativo, Assistente de Produção, Auxiliar de Operações Logísticas, Costureiro Industrial do Vestuário, Eletricista Industrial, Inspetor de Análise da Qualidade, Mecânico de Manutenção de Máquinas Industriais, Mecânico de Usinagem Convencional, Montador e Reparador de Microcomputador e Operador de Suporte Técnico em TI.

Lista de espera do ProUni é divulgada

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação | Data: 02 ago 2018

Tags:,


Da Redação

 

Já está disponível para consulta o resultado da lista de espera do Programa Universidades para Todos (ProUni) do segundo semestre de 2018. A relação dos selecionados foi divulgada hoje (2) pelo Ministério da Educação (MEC), e os candidatos devem procurar a instituição de ensino onde buscam vaga para conferir se seu nome está na lista.

Nesta sexta-feira (3) até segunda-feira (6), os selecionados deverão apresentar na instituição à qual se candidataram documentação que comprovem as informações prestadas no momento da inscrição.A lista de espera é usada pelas instituições de ensino para ocupar as bolsas que não foram preenchidas na primeira e segunda chamadas do programa.

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior. Ao todo, nesse processo seletivo, serão ofertadas 174.289 vagas – 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais, em 1.460 instituições.

Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio (R$ 1.431). No caso de bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos (R$ 2.862) por pessoa.

MEC divulga nesta segunda-feira o resultado do Fies do 2º semestre

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação | Data: 30 jul 2018

Tags:,

Da Redação

Estão abertas as matrículas para 17.310 vagas de cursos técnicos de nível médio;Confira

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Educação | Data: 26 jul 2018

Tags:, ,

Da Redação

Começaram, nesta terça-feira (24) e seguem até hoje quinta-feira (26), as matrículas para 50 cursos técnicos de nível médio na rede estadual de ensino para o segundo semestre letivo. São ofertadas 17.310 vagas para os Centros Estaduais e Centros Territoriais de Educação Profissional, além de unidades compartilhadas da rede estadual de ensino, em 115 municípios, em todos os 27 Territórios de Identidade da Bahia. O início do período letivo será no dia 30 de julho.

Do total de vagas, 9.335 são para a modalidade subsequente, destinadas a estudantes que concluíram o Ensino Médio e se inscreveram no Processo Seletivo que foi encerrado na quarta-feira (18) e cuja lista com os classificados está disponível no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br). As demais vagas são para as modalidades: Proeja Médio, voltadas para quem concluiu o Ensino Fundamental ou tenha o Ensino Médio Incompleto, com 18 anos completos, e Concomitante ao Ensino Médio, direcionada para o aluno que está matriculado no 2º ano do Ensino Médio em qualquer escola da rede estadual de ensino.

Matrícula – No caso dos que se inscreveram no sorteio eletrônico, os classificados conforme o número de vagas, devem se dirigir às unidades para as quais foram inscritos para realizar a matrícula. Nos demais casos, os interessados devem se dirigir às unidades com matrículas abertas, cuja lista está disponível no Portal da Educação. No ato da matrícula é preciso apresentar os seguintes documentos: original do histórico escolar; originais e cópias da carteira de identidade, do CPF, do comprovante de residência (água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, internet, contrato de aluguel, IPTU ou cartão de crédito), com data recente.

Entre os cursos ofertados estão …Leia na íntegra

Lei que proíbe manifestações em repartições do município foi sancionada por Guilherme Menezes (PT)

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 25 jul 2018

Tags:, , ,

da Redação

No dia 16 de dezembro de 2011, o ex-prefeito Guilherme Menezes sancionou  Lei Complementar  nº 1.786.

A Lei dispõe sobre o RJU – Regime Jurídico – Único que recomenda no seu Art. 129, inciso V – a não promoção de manifestação de apreço ou desapreço nas repartições públicas do Município.

As manifestações são legítimas desde que obedecendo os princípios da legalidade. Não parece razoável o barulho provocado por tambores, som amplificado ou apitaço nos ambientes de trabalho.

Importante que os críticos, especialmente os que estão em campanha política, observem que a Lei foi sancionada no Governo do PT

Confira trecho da Lei:

Art. 129 Seção II
Das proibições
( …) Art. 129 Ao servidor é proibido:
I – ausentar-se do serviço durante o expediente sem prévia autorização do chefe imediato;
II – retirar, sem prévia anuência da autoridade competente, qualquer documento ou objeto da
repartição;
III – recusar fé a documentos públicos;
IV – opor resistência injustificada ao andamento de documentos e processos ou execução de
serviço;
V – promover manifestação de apreço ou desapreço no recinto da repartição;
VI – referir-se, no exercício do cargo público, de modo depreciativo ou desrespeitoso às
autoridades públicas ou aos atos do poder público, mediante manifestação escrita ou oral.

Vitória da Conquista (BA), 16 de dezembro de 2011.
Guilherme Menezes de Andrade
Prefeito

Conquista: curso de informática é oferecido gratuitamente para adolescentes

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 25 jul 2018

Tags:

Da Redação
foto: arquivo BRG


Adolescentes de idade entre 14 e 18 anos, que estejam cursando ou já tenham cursado o 6ano do Ensino Fundamental II, podem se inscrever no curso de Informática que está sendo ofertado por meio do “Projeto Ampliando Horizontes: Promover Avanços Sociais através da Inclusão Digital”. A ação está sendo executada pela Rede de Atenção e Defesa da Criança e do Adolescente em parceria com a Telefónica.

Os interessados devem procurar a Rede de Atenção e Defesa da Criança e do Adolescente, localizada na Praça Tancredo Neves, até o dia 10 de agosto, para efetuar sua matrícula com a cópia dos seguintes documentos: RG ou Certidão de Nascimento, documentos (RG, CPF) dos pais e/ou responsável, comprovante de residência e declaração de escolaridade.

Durante o curso que acontecerá no período de 13 de agosto a 30 de novembro, os alunos receberão aulas de informática básica (introdução à informática, Word, Excel e Power Point), com carga horária total de 60h. Mais informações pelo telefone (77) 3424-8917.

Greve de professores é mantida mesmo com a certeza que nenhuma nova proposta de aumento de salário será apresentada

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 25 jul 2018

Tags:, , ,

da Redação

A Prefeitura não tem como oferecer mais nenhum aumento a categoria

O pedido de aumento dos professores através do Simmp – Sindicato do Magistério Municipal Público de 6,81% de reajuste salarial representa impacto na folha até o mês de dezembro de mais de R$ 30 milhões.

A Prefeitura, segundo o secretário da Administração, Jonas Sala (foto), tem limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), em uma demonstração de responsabilidade e prudência com as contas públicas, e assegurou os reajustes de 2,76% no salário e 5% no vale-alimentação.

Segundo informações da administração municipal, nenhuma nova proposta será apresentada. A queda na arrecadação das prefeituras brasileiras é uma realidade.

O prefeito Herzem Gusmão (MDB) gostaria muito que os salários dos professores fossem bem melhor, mas a arrecadação e LRF impedem. “Sei que os nossos professores merecem muito mais, porém somos impedidos pela realidade financeira do nosso município”, garante o prefeito.

A Prefeitura garante também que as contas estão abertas para avaliação do sindicato ou até mesmo da Câmara de Vereadores.

Grevistas protestam no interior do prédio da Prefeitura em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 24 jul 2018

Tags:, ,

da Redação

A greve é política. Esse é o entendimento da administração municipal que reunirá neste final de semana para avaliar o movimento, e buscar o melhor caminho pelo fim da greve dos professores que foi iniciada no dia 20 de julho.

Nenhuma outra proposta será apresentada. O aumento de 2,76%, e mais 5% no vale refeição, retroativo a maio, foi a oferta da municipalidade pelo fim da greve. O secretário Jonas Sala (Administração) vem concedendo entrevistas reafirmando a posição do Governo Municipal que não pode conceder aumento. A LRF – Lei de Responsabilidade Fiscal impede.

A equipe de Sobral está na cidade e o trabalho de implantação de um novo projeto pedagógico está sendo parcialmente prejudicado. Confira imagens do protesto:

Secretário Municipal de Administração esclarece a situação da greve dos professores

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 24 jul 2018

Tags:, ,

Os professores junto ao Sindicato do Magistério Municipal Público (Simmp) reivindicam 6,81% de reajuste salarial. Entretanto, para cumprir o limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), em uma demonstração de responsabilidade e prudência com as contas públicas, a Prefeitura assegurou os reajustes de 2,76% no salário e 5% no vale-alimentação. O que não foi aceito pela categoria.

De acordo com  o secretário de Administração, Jonas Sala, a prefeitura não pode violar a lei. “Qualquer negociação precisa está centrada na realidade. A primeira realidade é a questão da possibilidade financeira da Prefeitura de poder arcar com os números que são negociados. A segunda é a questão legal,  porque são impostas pela legislação vigente, e nós temos uma legislação que reza sobre isso, que é a lei complementar 101/2000, a chamada Lei de Responsabilidade Fiscal. Ela dá limites precisos para que o gasto da arrecadação da Prefeitura seja feito em diversos segmentos, inclusive com a folha de pagamentos”, explicou o secretário.

As negociações para o fim da greve continuam e a Prefeitura busca medidas para que os dias letivos dos alunos da rede municipal não sejam prejudicados.

 

Fies 2018: Prazo para realizar as inscrições vai até 23:59 desta terça-feira (24)

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Educação | Data: 24 jul 2018

Tags:, ,

Da Redação

Termina nesta terça-feira(24), o prazo das inscrições para o segundo semestre de 2018 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Interessados têm até às 23h59 para acessar a página do Fies na internet e completar o processo. Lembrando que as inscrições do segundo semestre de 2018 foram prorrogadas e não haverá outro periodo. Para se inscrever, é preciso acessar a página do Fies na internet.

A data da divulgação do resultado também mudou e vai ocorrer no dia 30 de julho. Nesta edição são 155 mil vagas ofertadas, sendo 50 mil com juro zero.

Segundo o Ministério da Educação, a prorrogação foi feita porque o sistema apresentou falhas e estava ofertando vagas que não existiam. O ministério, então, entrou em contato com os estudantes que haviam feito inscrição em cursos sem vagas ofertadas para que refizessem o processo.

Greve: Prefeitura esclarece e comprova que não pode atender o que pede o Simmp

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 23 jul 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Secom

A Prefeitura de Vitória da Conquista divulgou uma Carta Aberta esclarecedora que comprova que o Simmp – Sindicato do Magistério pede o impossível.

Mesmo sabendo que o professor é peça fundamental para o ensino, a administração municipal lamenta que os cofres da municipalidade não suportam o pedido irreal do Simmp. Confira a nota:

Carta Aberta

Desde que assumiu a Prefeitura, em janeiro de 2017, a atual gestão tem honrado com o compromisso de pagar em dia os salários dos servidores e investido no funcionalismo público, sempre garantindo o reajuste da inflação e fazendo com que os servidores não percam o seu poder de compra.

Ainda assim, o Sindicato do Magistério Municipal Público de Vitória da Conquista (Simmp) decidiu pela greve. A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista lamenta pela decisão, pois o Governo manteve o diálogo constante, em especial, ao longo dos últimos meses, durante a negociação salarial. É fato que a paralisação causa prejuízos para os alunos da Rede Municipal de Educação, que já enfrentam índices defasados de aprendizagem, como atesta o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) dos últimos anos.

O Simmp reivindicou 6,81% de reajuste salarial sobre o vencimento. Para cumprir o limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), em uma demonstração de responsabilidade e prudência com as contas públicas, a Prefeitura assegurou os reajustes de 2,76% no salário e 5% no auxílio-alimentação retroativo a maio, garantindo, assim, a recomposição da inflação e evitando perdas para os servidores – o que trará um impacto na folha de R$ 5.000.000,00 (cinco milhões de reais), ainda neste exercício, com base no mês da campanha salarial (de maio a dezembro/2018).

Salienta-se que todos os argumentos e elementos contábeis apresentados nesta nota são de conhecimento público e foram demonstrados e debatidos com os sindicatos.

Para chegar a estes percentuais, além do limite legal, a Prefeitura considerou todas as projeções e dados financeiros, de modo a reduzir o impacto nas contas municipais. E nessa perspectiva é imprescindível destacar que o impacto no limite legal não se dá pelos chamados cargos comissionados e agentes políticos, que representam 2,91% da folha, uma vez que os demais servidores representam 97,09%.

Além disso, os vencimentos do prefeito e dos secretários municipais estão congelados desde 2014, representando para estes agentes políticos uma perda inflacionária de 25,08%. Já os vencimentos dos demais cargos comissionados estão congelados desde 2015, em uma perda inflacionária de 17,78%.

Enquanto o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) determina que seja feito um repasse mínimo de 60% para pagamento dos salários dos professores, desde o ano passado a atual gestão investe 74% do Fundeb apenas para pagamento de professores, lembrando que há outros servidores públicos que atuam nas escolas.

Ao observar o acumulado pela inflação entre os anos de 2015 e 2017, nota-se que os professores do Município de Vitória da Conquista tiveram uma reposição salarial de 32,5%, representando um ganho real acima da inflação de 10,43%. Portanto, o Governo Municipal continua valorizando o salário do professor, com o objetivo de promover a qualidade do trabalho e do ensino na Rede Municipal de Educação.

É de amplo conhecimento da comunidade as dificuldades enfrentadas pela economia, o que leva a um cenário de prudência quanto à realização das receitas necessárias para a manutenção dos compromissos municipais. Assim sendo, além dos aspectos da LRF, a boa prática administrativa recomenda que a gestão municipal só assuma compromissos financeiros dentro da capacidade de pagamento.

A Prefeitura mantém total clareza e transparência em seus atos, priorizando e buscando atender as demandas do funcionalismo público municipal. E, diante da realidade acima exposta, espera contar com o bom senso de seus servidores para que permaneçam em seus postos de trabalho e garantam o bem-estar da população, uma vez que nenhuma cidade se desenvolve sem a colaboração de seus servidores.

Prefeitura oficializa corte de salários de professores grevistas; contratados podem ser convocados

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 23 jul 2018

Tags:, , , ,

da Redação
Fonte: Secom

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (23), a Prefeitura de Vitória da Conquista anunciou as medidas que serão tomadas mediante mais uma greve do Simmp – Sindicato do Magistério. O corte dos salários dos dias não trabalhados já está valendo. Professores do cadastro de reserva serão convocados para substituir os faltosos.

O Sindicato cobra reajuste salarial de 6,81%, reformulação do plano de carreira, além de criação de um plano de carreira para monitores escolares. Só na folha dos professores, a pedida do Simmp representa impacto de mais de R$ 30 milhões na folha.

Proposta

A proposta da Prefeitura, e nenhuma outra será apresentada,  oferece reajuste no salário de 2,76% e 5% de ajuste no auxílio alimentação, retroativo a maio. A Prefeitura informa que os docentes tiveram uma reposição salarial de 32,5% referente ao acumulado pela inflação entre os anos de 2015 a 2017. Confira abaixo a mensagem da Prefeitura:

Nota

A Prefeitura de Vitória da Conquista lamenta a decisão do Sindicato do Magistério Municipal Público de Vitória da Conquista (SIMMP) pela greve, mesmo após o Governo ter mantido o diálogo constante com a categoria e, em especial, ao longo dos últimos meses de renegociação salarial.

No entanto, levando em consideração os prejuízos causados aos alunos da Rede Municipal pelo movimento grevista, a Prefeitura Municipal informa que:

1º – O Governo adotará todas as medidas legais para o funcionamento das unidades escolares, visando à garantia do direito dos alunos.

2º – A secretaria de Educação monitorará as unidades de ensino durante o período em que durar a greve.
3º – Uma vez constatada a ausência do servidor por razões da greve, a Secretaria de Administração aplicará o corte de salário correspondente aos dias não trabalhados.

4º – Caso o movimento grevista comprometa o cumprimento legal dos 200 dias letivos, a Secretaria de Administração poderá convocar profissionais para garantir o funcionamento das unidades de ensino.

Vale salientar que a Prefeitura tem mantido total clareza e transparência em seus atos e espera contar com o bom senso de seus servidores para que retomem seus postos de trabalho e garantam o bem-estar da população.

Matrículas para 17.310 vagas de cursos técnicos de nível médio começam nesta terça-feira

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Educação | Data: 23 jul 2018

Tags:, ,

Fonte: Ascom/ SEEB

 

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia abre, nesta terça-feira (24) e segue até quinta-feira (26), o período de matrículas para 50 cursos técnicos de nível médio para o segundo semestre letivo de 2018. São ofertadas 17.310 vagas para os Centros Estaduais e Centros Territoriais de Educação Profissional, além de unidades compartilhadas da rede estadual de ensino, em 115 municípios, em todos os 27 Territórios de Identidade da Bahia. O início do período letivo será no dia 30 de julho.

Do total de vagas, 9.335 são para a modalidade subsequente, destinadas a estudantes que concluíram o Ensino Médio e se inscreveram no Processo Seletivo que foi encerrado na quarta-feira (18) e cuja lista com os classificados está disponível no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br). As demais vagas são para as modalidades: Proeja Médio, voltadas para quem concluiu o Ensino Fundamental ou tenha o Ensino Médio Incompleto, com 18 anos completos, e Concomitante ao Ensino Médio, direcionada para o aluno que está matriculado no 2º ano do Ensino Médio em qualquer escola da rede estadual de ensino.

Matrícula – No caso dos que se inscreveram no sorteio eletrônico, os classificados conforme o número de vagas, devem se dirigir às unidades para as quais foram inscritos para realizar a matrícula. Nos demais casos, os interessados devem se dirigir às unidades com matrículas abertas, cuja lista está disponível no Portal da Educação. No ato da matrícula é preciso apresentar os seguintes documentos: original do histórico escolar; originais e cópias da carteira de identidade, do CPF, do comprovante de residência (água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, internet, contrato de aluguel, IPTU ou cartão de crédito), com data recente …Leia na íntegra

Escola Municipal Tenente-coronel Manoel Joaquim Pinto Paca é inaugurada

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 23 jul 2018

Tags:, ,

Da Redação
fotos: Rafael Gusmão

Na manhã desta segunda-feira (23), foi realizada a cerimônia de inauguração da Escola Municipal Tenente-coronel Manoel Joaquim Pinto Paca. A escola, que leva o nome do primeiro comandante da Polícia Militar da Bahia, nasceu a partir do projeto Patrulhando a Cidadania, promovido pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE), pela Prefeitura e pelo Conselho Municipal de Segurança.

Participaram da cerimônia a secretária de Educação, Selma Oliveira; o comandante geral do CPR Sudoeste, Coronel Ivanildo da Silva; o comandante do Policiamento Rodoviário da região, Major Selmo Luís e o presidente do do Conselho de Segurança, Célio Barbosa, além de vereadores e representantes da sociedade civil.

A Escola Municipal Tenente-coronel Manoel Joaquim Pinto Paca, que fica localizada no bairro Kadija, irá oferecer aulas regulares a cerca de 100 alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. O espaço conta com seis salas de aula, pátio, banheiros, cozinha e refeitório.