Incêndio atinge área de vegetação na Chapada Diamantina

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Meio Ambiente | Data: 10 dez 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Fonte g1

A mais de uma semana, Bombeiros, brigadistas e militares do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer), tentam controlar um incêndio que atinge uma área de vegetação na cidade de Ibicoara, região da Chapada Diamantina.

De acordo com as informações do Corpo de Bombeiros, ainda não há detalhes sobre as causas do incêndio e nem sobre o tamanho da área atingida. Não há registro de feridos.

Foram deslocadas aeronaves da Air Tractors (aeronave agrícola que também pode ser adaptada para combate a incêndio), do Programa Bahia Sem Fogo, para fazer o resfriamento das chamas.

Previsão do tempo indica chuva forte e possibilidade de temporal na região

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Meio Ambiente, Sudoeste | Data: 09 dez 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Apesar do amanhecer com sol em Vitória da Conquista, o Instituto Nacional de Meteorologia, o INMET, emitiu neste domingo (08), um alerta para risco de temporal, com prazo de validade para esta segunda-feira(09),

Além de Vitória da Conquista, outras cidades da região Sudoeste da Bahia como Barra do Choça, Anagé, Planalto, Tremedal, Tanhaçu, Poções fazem parte do grupo de alerta.

De acordo com as informações do INMET, pode chover até 50 mm de uma só vez nessas cidades. Com riscos de alagamentos e deslizamentos de terra. Qualquer sinal de perigo nestes casos, a população deve acionar o serviço da Defesa Civil pelo número 199.

Mais de 2 mil vistorias foram feitas em praias atingidas por óleo no Nordeste

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Geral, Meio Ambiente | Data: 28 nov 2019

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

Ar+

Um balanço divulgado pela Petrobras aponta que mais de duas mil vistorias foram feitas em praias brasileiras com o objetivo de checar a presença de óleo. A operação foi realizada nos nove estados mais afetados do litoral do País, do Maranhão à Bahia. Além disso, mais de 500 toneladas de resíduos foram coletadas.

A estatal informou também que utiliza um sistema que concentra as informações de toda a operação, incluindo os locais visitados, com fotos de cada vistoria e até o número de pessoas inseridas no trabalho.

Este sistema permite, por exemplo, acompanhar a evolução da presença de óleo em uma determinada praia e filtrar as informações por região geográfica.

Incêndio atinge área de vegetação em cidade da Chapada Diamantina

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Meio Ambiente | Data: 26 nov 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_black_friday-1.gif

Fonte:G1

Mais um grande incêndio atinge uma área de vegetação desde a última quinta-feira (21), na cidade de Rio de Contas, no sudoeste da Bahia. A cidade também faz parte da região da Chapada Diamantina. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as chamas chegaram até uma área do povoado de Arapiranga. Não há registro de feridos e nem de casas afetadas pelo fogo.

Desde sábado (23), equipes do Corpo de Bombeiros trabalham no combate às chamas, com a ajuda de de militares do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer). São usados dois aviões Air Tractors para realizar lançamentos de água nas áreas do incêndio próximo às nascentes.

Segundo os bombeiros, um helicóptero do Graer também leva militares para os locais de difícil acesso. Ainda não há informações da extensão do incêndio e nem o que provocou o fogo.

Óleo derramado chega ao litoral do Rio de Janeiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Meio Ambiente | Data: 25 nov 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Fonte: A Tarde

Neste fim de semana, as autoridades do país informaram que fragmentos de óleo chegaram ao litoral norte fluminense, no Rio de Janeiro. Em nota, o (GAA) Grupo de Acompanhamento e Avaliação, formado pela Marinha, Agência Nacional de Petróleo (ANP) e Ibama – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis confirmou, cerca de 300 gramas de pequenos fragmentos de óleo foram detectados e removidos na Praia de Grussaí, em São João da Barra-RJ.

Segundo o comunicado, o material foi analisado pelo Instituto de Estudo do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM) e constatado como compatível com o óleo encontrado no litoral da região Nordeste e Espírito Santo. Um grupamento de militares da Marinha esteve no local efetuando monitoramento e limpeza.

Analise revela que pescados do litoral baiano não foram contaminados por óleo

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Meio Ambiente | Data: 22 nov 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_black_friday-1.gif

Fonte:G1

A análise feita por técnicos da Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria de Agricultura da Bahia (Seagri), confirmou que os peixes, caranguejos, ostras e siris coletados pelo órgão após as manchas de óleo atingirem a Bahia não estão contaminados.

Os técnicos da Bahia Pesca começaram a avaliação dos impactos das manchas de óleo sobre a pesca e os trabalhadores do setor no início de outubro. O resultado do trabalho foi divulgado nesta quinta-feira (21).

Segundo informações do documento técnico divulgado pelo órgão, as 23 amostras analisadas estão próprios para consumo, porque apresentaram níveis da substância Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos (HPAs) “leves”, que estão abaixo da referência estabelecida pela entidade internacional Agencia de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (Usepa).

A coleta de peixes e mariscos foi enviada para uma análise laboratorial e levada para a Diretoria de Vigilância Sanitária e Ambiental do Estado da Bahia.

Incêndio atinge área de vegetação na Chapada Diamantina

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Meio Ambiente | Data: 21 nov 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

Mais uma cidade da região da Chapada Diamantina vem sofrendo com as queimadas. Dessa vez um incêndio de grandes proporções atingiu o Vale dos Três Morros, localizado no município de Piatã.

De acordo com o coordenador da brigada Altitude Ambiental, Ricardo Xavier, o incêndio começou na terça-feira (19) e só foi controlado na madrugada desta quinta (21). Cerca de 20 pessoas da brigada atuaram no combate ao fogo. Ainda não há uma estimativa do tamanho da área atingida. Conforme o coordenador da brigada, o grupo deve fazer imagens de drone para calcular a área queimada e ver se há novos pontos de chamas.

Ainda segundo Ricardo Xavier, o Vale dos Três Morros abriga afluentes dos rios de Contas, Paraguaçu e São Francisco, além de um sítio arqueológico com pinturas rupestres.

Cerca de 675 áreas de 116 cidades já foram atingidas pelo Óleo

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Geral, Meio Ambiente | Data: 20 nov 2019

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park.gif

Fonte: EBC

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), divulgou que as manchas de óleo foram espalhadas por 116 municípios de dez estados: nove da Região Nordeste (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe) e um da região Sudeste (Espírito Santo).

Ao menos 675 pontos do litoral brasileiro já foram atingidos pela  substância poluente de origem desconhecida que, desde o fim de agosto, se espalhou por toda a costa da Região Nordeste e pelo litoral norte do Espírito Santo.

Os militares da Marinha, técnicos do Ibama e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), além de servidores públicos de prefeituras e governos estaduais e voluntários vistoriaram 143 áreas. Destas, o Ibama classificou 64 como limpas e livres da presença de fragmentos de óleo. Nas outras 79 áreas vistoriadas, os agentes ainda encontraram manchas e vestígios esparsos de contaminação até essa terça-feira (19).

Marinha reforça limpeza de óleo no Nordeste

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Meio Ambiente | Data: 14 nov 2019

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park.gif

Fonte:EBC

Na última segunda-feira (11), o navio de desembarque de carros de combate Almirante Sabóia, da Marinha, partiu do Rio de Janeiro, em direção a Ilhéus, na Bahia, com a finalidade de reforçar as ações de limpeza de vestígios de óleo nas praias do Nordeste. O navio transporta um Grupamento de Fuzileiros Navais, com 244 militares, além da tripulação.

Em terra, a tropa desempenhará ações de apoio à proteção ambiental, por meio da limpeza e do monitoramento dos manguezais, arrecifes e praias da região do sul do estado da Bahia, na faixa compreendida entre as cidades de Caravelas e Ilhéus. O navio Almirante Sabóia realizará patrulha naval, ação de presença no Porto de Ilhéus e operações de monitoramento, participando com outros navios, na busca por possíveis manchas de óleo ou agentes poluidores, em especial em regiões próximas ao Parque Nacional Marinho de Abrolhos.

A atracação da embarcação no litoral baiano ocorrerá nesta quinta-feira (14), no Porto de Ilhéus. No dia 18, o navio fará ações no mar, com previsão de retorno ao Porto de Ilhéus no dia 25.

…Leia na íntegra

Óleo volta a aparecer no extremo sul da Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Meio Ambiente | Data: 13 nov 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park.gif

Fonte:G1

Nesta terça-feira (12), novas manchas de óleo voltaram a aparecer no extremo sul da Bahia. O óleo foi encontrado nas praias do Guaiu e de Mogiquiçaba, que ficam entre os municípios de Santa Cruz Cabrália e Belmonte

De acordo com a prefeitura de Belmonte, cerca de 700 kg de óleo foram coletados das praias e levados para um galpão da prefeitura. A Secretaria de Meio Ambiente do município, informou que desde quando os fragmentos de óleo sugiram, no início do mês de outubro, até agora, já foram coletados em Belmonte, cerca de seis toneladas de óleo.

A prefeitura continua o trabalho de retirada do óleo na praia de Bombaça, com apoios de equipes do Exército, Marinha, Corpo de Bombeiros, além de voluntários.

Incêndio florestal em Rio de Contas na Chapada Diamantina, é controlado por bombeiros

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Meio Ambiente | Data: 11 nov 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

Fonte: G1

Foto: kal comunicação

Desde o dia 29 de outubro, um incêndio de grandes proporções atinge diversos pontos de vegetação, na região de Rio de Contas, Chapada Diamantina. De acordo com o Corpo de Bombeiros, que atua no local, o fogo foi controlado no sábado (9) e segue sob monitoramento.

Cerca de 20 bombeiros, brigadistas, equipes do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer) e aeronaves do programa Bahia Sem Fogo Secretaria do Meio Ambiente continuam no local para fazer o acompanhamento da área. Os bombeiros chegaram a controlar as chamas na quarta-feira (6), mas o fogo reacendeu. Até a última semana, as chamas já haviam atingido 1.800 hectares, o que equivale a aproximadamente 1.800 campos de futebol.

Na sexta-feira (8), equipes dos bombeiros foram acionadas pela Secretaria de Meio Ambiente de Abaíra para combater mais um incêndio na área de proteção ambiental que fica na Serra do Barbado, que separa as cidades de Abaíra e Rio de Contas.

Incêndio em Rio de Contas já atingiu mais de mil hectares

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Meio Ambiente | Data: 06 nov 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

Fonte: J. Chapada

Foto: Kal Comunicação

O incêndio florestal que atinge Rio de Contas já ultrapassou os mil hectares de área atingida. A atuação de combate ao fogo continua com 21 bombeiros especialistas no combate a incêndios florestais, 11 brigadistas voluntários e três militares do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer), além da atuações de prefeituras de Rio de Contas e Abaíra, que teve também área atingida pelas chamas.

Os bombeiros e brigadistas contam com o suporte técnico, operacional e logístico do Programa Bahia Sem Fogo, que empregou quatro aeronaves do tipo Air Tractor, com o lançamento direto de água sobre o fogo. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a área atingida em Rio de Contas, que equivale, aproximadamente a mil campos de futebol, é de difícil acesso, o que dificulta o combate ao fogo, que já chegou à Serra das Almas.

Também na região do Pico do Barbado, no município de Abaíra, foram encaminhados brigadistas e bombeiros para atuação, avaliação e monitoramento de áreas já combatidas.

Pescadores e marisqueiras afetados pelo óleo são cadastrados na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Meio Ambiente | Data: 06 nov 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

Fonte:G1

Nesta semana, a Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria da Agricultura, Pecuária, irrigação, Pesca e agricultura (Seagri), estará realizando no litoral, baiano, o levantamento dos pescadores afetados pela mancha de óleo que atinge o Nordeste.

Conforme o presidente da Bahia Pesca, Marcelo Oliveira, o cadastramento tem o objetivo de indicar quem são as pessoas afetadas pelo desastre ambiental, de forma que o governo federal possa desenvolver políticas compensatórias emergenciais.

Técnicos da empresa estão visitando, ao longo desta semana, diversas comunidades de pescadores para fazer o cadastramento dos profissionais prejudicados pelo desastre ambiental.

Incêndio de grande proporção atinge a cidade de Rio de Contas na Chapada Diamantina

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Meio Ambiente | Data: 04 nov 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

Foto: Kal Comunicação

Um incêndio de grandes proporções atinge diversos pontos de vegetação, na cidade Rio de Contas, região da Chapada Diamantina. As chamas se espalharam rapidamente e já destruiu uma área de mais de 500 hectares, atingindo matas nativas e nascentes. 

Segundo os bombeiros, a área é de difícil acesso, o que dificulta o combate ao fogo. Os bombeiros e voluntários estão sendo levados ao terreno por helicóptero.

Estão atuando no combate ao fogo, 23 bombeiros, com a colaboração de cerca de 10 brigadistas da cidade, e voluntários. De acordo com os bombeiros militares, além dos agentes, quatro aviões do tipo AirTractor contratados pelo programa Bahia Sem Fogo permanecem lançando água para auxiliar no combate.

Grande quantidade de óleo chega ao Sul do Estado

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Meio Ambiente | Data: 04 nov 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Manchas de óleo chegam a Alcobaça e Prado, municípios localizados no Extremo Sul do Estado. Segundo a Defesa Civil do Estado da Bahia, não há, ainda, estimativa de quantos quilos foram recolhidos da praia.

As praias do litoral do município de Prado, já haviam sido atingidas com pequenas pelotas e em pouca quantidade. Entretanto, na tarde deste domingo (03), as manchas de óleo voltaram, e em grandes quantidades.

A região é conhecida por ser um dos trechos mais preservados e isolados do litoral do centro da cidade, cercado por áreas de mata e uma lagoa.

O município de Alcobaça está em um dos polígonos de proteção do arco de recifes costeiros do Parque de Abrolhos. O parque abriga a maior biodiversidade marinha de todo o Oceano Atlântico Sul e possui dois polígonos: um protege o arco de recifes costeiros localizado entre os municípios de Alcobaça e Prado; e outro que abrange o Arquipélago dos Abrolhos – composto pelas ilhas Redonda, Siriba, Sueste, Guarita e Santa Bárbara.

Manchas de óleo chegam a Porto Seguro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Meio Ambiente | Data: 02 nov 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

   A mancha de óleo que já atinge 283 localidades de 98 municípios do litoral nordestino desde o dia 30 de agosto, chegou em Porto Seguro, no sul da Bahia, e Santa Cruz de Cabrália, município histórico em que foi celebrada a primeira missa do Brasil. Em Porto Seguro, as manchas chegaram a famosos destinos turísticos, como Arraial D’Ajuda e Trancoso.

A informação foi confirmada pelo superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) na Bahia, Rodrigo Alves. Segundo ele, a quantidade é “bem pequena até agora, mas é uma grande preocupação esse movimento da poluição em direção ao sul”.

Navios fantasmas ‘driblam’ radares e são os suspeitos por óleo no Nordeste

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Meio Ambiente | Data: 31 out 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park.gif

Fonte:G1

Segundo um levantamento obtido pelo G1 , aponta que um navio petroleiro da Libéria operado por uma empresa grega saiu da Venezuela em agosto, desligou seu sistema de rastreamento e passou oculto dos radares na costa brasileira. Operando como um “navio-fantasma”, ele navegou por águas internacionais perto da costa brasileira no mesmo período em que o óleo que atinge o Nordeste teria sido derramado no mar.

O rastreamento que flagrou o liberiano e outros “fantasmas”, também chamados de “dark ships”,. O rastreamento foi feito por uma empresa de inteligência de dados internacional a pedido do site. Não há informações sobre se esta embarcação está na mira do governo brasileiro. A Marinha do Brasil não dá detalhes sobre sua investigação.

De acordo com os testes realizados pela Petrobras, o material encontrado nas praias brasileiras é uma mistura de óleos venezuelanos. A Marinha concentra suas investigações em uma área a cerca de 700 km da costa. Na quarta-feira (30), o vice-presidente Hamilton Mourão afirmou à imprensa que o governo “está perto” de identificar os responsáveis pelas manchas de óleo. 

Bahia decreta situação de emergência por causa das manchas de óleo

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Meio Ambiente | Data: 30 out 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park.gif

Fonte:G1

Depois de Sergipe, a Bahia é o segundo Estado a decretar situação de emergência por conta do vazamento de petróleo na costa. O governador da Bahia em exercício, João Leão, assinou na tarde desta terça-feira (29) o Decreto Estadual de Emergência para liberação de recursos para mais 15 municípios do estado que foram atingidos por manhas de óleo no litoral.

As cidades que agora também fazem parte do decreto são Belmonte, Cairu, Camamu, Canavieiras, Igrapiúna, Ilhéus, Itacaré, Itaparica, Ituberá, Maraú, Nilo Peçanha, Taperoá, Una, Uruçuca e Valença.

Segundo a assessoria do governo, com o decreto fica autorizada a mobilização de todos os órgãos estaduais, no âmbito das suas competências, nas ações de resposta ao desastre, reabilitação e reconstrução dos cenários.

Manchas de óleo reaparecem e atingem mais 3 cidades na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Meio Ambiente | Data: 29 out 2019

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

Fonte:G1

As manchas de óleo que atingem as praias do Nordeste desde o mês de setembro, continuam chegando ao litoral baiano. O número de cidades baianas atingidas subiu para 22. Segundo dados atualizados nesta terça-feira (29), além dos 19 municípios que já tinham sido contabilizados, entram para a lista Valença e Nilo Peçanha, no baixo sul do estado, e Jaguaripe, no recôncavo. A Bahia está em situação de emergência.

Novos pontos de contaminação foram registrados nesta terça-feira (29), na cidade de Ilhéus, no sul do estado. Durante a manhã, a substância chegou à praia da Avenida Soares Lopes e à Praia da Ponta do Ramo. Com isso, subiu para três o número de pontos afetados no município.

Lista de localidades atingidas:

…Leia na íntegra

Exército reforçará limpeza de praias atingidas por óleo no litoral nordestino

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Meio Ambiente | Data: 23 out 2019

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Fonte: EBC

Nesta terça-feira (22), durante uma entrevista o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, informou que o presidente Jair Bolsonaro autorizou a participação do Exército no combate às manchas de óleo que atingem praias da Região Nordeste.

Fernando Azevedo e Silva havia sobrevoado o litoral baiano para averiguar o avanço das manchas, e descreveu a situação do vazamento de resíduos de óleo como, “fato lamentável e inusitado”.

De acordo com o ministro, o recrudescimento das manchas justificou o emprego do contingente militar no combate ao desastre. “A Marinha está debruçada sobre isso [derramamento de origem desconhecida] desde o início de setembro. Todo o efetivo possível está sendo utilizado. O Plano Nacional de Contingência está sendo seguido. No início, as manchas eram pequenas, mas as ações estão sendo tomadas”, afirmou.