Saúde: laboratórios recolhem medicamentos para úlcera no estômago

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 22 jan 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

EBC

Os laboratórios Medley e Aché decidiram recolher lotes de medicamentos com cloridrato de renitidina por suspeita de uma possível contaminação de uma substância de efeito cancerígeno nos pacientes que consomem os produtos. Os medicamentos são utilizados para o tratamento de úlcera estomacal, refluxo, dentre outras enfermidades.

A Medley retirou do mercado 50 lotes do medicamento Ranitidina de 150mg e 300mg, com fabricação entre outubro de 2018 e setembro de 2019. O receio da companhia envolvia a possível presença de uma impureza da nitrosamina chamada N-nitrosodimetilamina, que teria potencial de causar câncer em seres humanos.

Já o laboratório Aché realizou também preventivamente a coleta dos medicamentos Label comprimidos e Label xarope e genéricos de cloridrato de raniditina. Em nota, alegou que “segue rigorosamente todas as solicitações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), inclusive a recomendação sobre o controle das nitrosaminas”.

Segundo a Medley, as pessoas que tiverem de se desfazer do medicamento não terão prejuízos. A empresa orienta quem estiver nesta situação a entrar em contato com o SAC da Medley pelo telefone 0800 7298 000, de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 17h. Também no caso da Aché, dúvidas de pacientes ou lojistas vendedores dos produtos devem ser encaminhadas por meio da Central de Atendimento a Clientes pelo telefone 0800-701-6900 ou pelo e-mail:cac@ache.com.br.

Mutirão de combate ao Aedes Aegypti é realizado no povoado do Baixão

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 20 jan 2020

Tags:, , ,

Editar imagem

Fonte:Secom/PMVC

As ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti, realizadas pela Prefeitura de Vitória da Conquista, seguem acontecendo em todo o município. Na manhã do último sábado (18), os moradores do povoado do Baixão receberam a visita das equipes dos agentes de endemias e da coordenação de Limpeza Pública em um mutirão de combate ao mosquito Aedes Aegypti.

A escolha da localidade foi motivada pelo Levantamento de Índice de infestação no povoado do Baixão, que registrou 12,84%, explicou Eliezer Almeida, coordenador do Programa de Controle de Endemias. “Estamos fazendo esse mutirão preventivo desenvolvendo o trabalho educativo com a população, juntamente com a Secretaria de Serviços Públicos que faz o recolhimento do material da comunidade”, explica.

O objetivo da ação é de realizar um trabalho preventivo para controle do mosquito Aedes Aegypti, fazendo a retirada de todo o tipo de objetos que possam proporcionar o acúmulo de água, além de conscientizar a população sobre o risco de deixarem lixos expostos em materiais inservíveis que favoreçam a reprodução do mosquito.

Na ação foi feita a coleta não só de lixo, mas de inservíveis como carcaça de geladeira, móveis e pneus. “O trabalho da coordenação de Limpeza é basicamente o de educação ambiental, ensinando a população adequadamente as noções de como ocorre o descarte adequado de resíduos e também a coleta de resíduos volumosos, pelo programa Cata-Bagulho, que poderiam estar servindo de possíveis focos para proliferação dos mosquitos”, pontua Thiago Lélis, Gerente de Coleta e Destinação Final.

Ao longo de todo o verão, as equipes das duas secretarias irão trabalhar em vários povoados da zona rural para intensificar as ações de combate ao mosquito.

Anvisa interdita todas cervejas produzidas pela Backer

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 20 jan 2020

Tags:, ,

Editar imagem

Foi interditada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) todas as cervejas produzidas pela Backer cuja data de validade seja igual ou posterior a agosto de 2020. A medida foi anunciada na última sexta-feira (17) pela autarquia. A decisão foi tomada após os resultados laboratoriais divulgados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento revelarem a presença das substâncias dietilenoglicol e monoetilenoglicol em seis outras marcas de cervejas produzidas pela Backer, além da marca Belorizontina.

Inicialmente, as duas substâncias foram encontradas na Belorizontina, que é vendida como Capixaba no Espírito Santo. Quatro mortes por intoxicação após o consumo da cerveja foram confirmadas. Mais 14 pessoas estão internadas. Segundo a Anvisa, exames podem mostrar que a fonte de contaminação nas cervejas da marca pode ser sistêmica e não apenas pontual. Considerando que outros lotes de produtos da Backer podem estar comprometidos, a agência decidiu pela medida, em caráter cautelar.

Assim, os lotes de cerveja da empresa Backer com validade igual ou posterior a agosto de 2020 não podem ser entregues ao consumidor. A orientação é para que estas cervejas não sejam consumidas caso já tenham sido adquiridas. Os comerciantes devem retirar o produto das prateleiras. No início da semana, o Ministério da Agricultura havia determinado o recolhimento de todas as cervejas da Backer das prateleiras.

Janeiro Roxo: Vigilância Epidemiológica sensibiliza profissionais da Atenção Básica para diagnóstico da Hanseníase

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 20 jan 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

da Secom/PMVC (Conteúdo)

Sensibilizar o olhar clínico dos profissionais da Atenção Primária para o diagnóstico precoce da Hanseníase. Esse tem sido o objetivo das ações de capacitação que a Vigilância Epidemiológica tem realizado ao longo desse mês de campanha do Janeiro Roxo.

Todos os profissionais que trabalham nas Unidades de Saúde da Atenção Básica da zona urbana e rural do município – desde médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, odontólogos e equipe de apoio – estão sendo sensibilizados para identificar os pacientes com a doença, para que seja tratada rapidamente a fim de alcançar a cura. “Entendemos que a hanseníase está presente no território, as pessoas estão doentes e, de fato, a Atenção Primária é a porta de entrada para esses casos. Como alguns desses pacientes estão chegando com diagnóstico muito tardio, isso nos informa que precisamos estar ainda mais atentos”, justifica Amanda Maria Lima, coordenadora da Vigilância Epidemiológica.

A coordenadora ainda explica que se o profissional de saúde entende que está trabalhando em um território onde há Hanseníase, ele vai estar mais alerta para os casos em tratamento ou em período de incubação da doença. Isso faz com que todos os profissionais tenham esse olhar mais vigilante para a Hanseníase, que é uma doença que leva a grandes incapacidades quando o diagnóstico é muito tardio.

Neste ano, as equipes de saúde da zona rural têm sido o foco das sensibilizações. De acordo com uma avaliação feita pela equipe de Vigilância Epidemiológica, 80% da entrada de novos casos de Hanseníase no município são da zona urbana e 20% na zona rural. “Esse percentual nos causou uma inquietação: será mesmo que não há indivíduos que estão doentes e precisam dessa atenção à Hanseníase? Por isso, pensamos em trabalhar no território da zona rural, onde tem muitas localidades distantes em que pode haver a existência da doença, também para entender se esse percentual é real ou se estamos tendo subnotificação”, explica Amanda.

Dados epidemiológicos da Hanseníase no município – De 2017 a 2019, já foram diagnosticados 148 novos casos de Hanseníase em Vitória da Conquista. Atualmente, 60 pacientes estão em tratamento, ofertado pelo SUS, no Centro Municipal de Pneumologia e Dermatologia Sanitária. O serviço é referência no município e atende casos suspeitos de Hanseníase, onde pode ser feita a avaliação de sensibilidade, solicitação de exames de laboratório, a consulta médica para diagnóstico, acompanhamento e todo o tratamento.

Hemoba realiza campanha para reforçar estoques de sangue

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Saúde | Data: 17 jan 2020

Tags:, ,

Editar imagem

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) iniciou a campanha “Operação Verão”, neste mês de janeiro, com 25 unidades fixas de coleta em todo o estado. A iniciativa pretende reforçar os estoques de sangue, já que as Unidades Móveis de Coleta (Hemóveis) estão em manutenção.

Em Vitória da Conquista, os interessados em doar sangue podem comparecer na sede da Hemoba, que fica no Hospital de Base situada Avenida Filipinas no Bairro Felícia (atrás da rodoviária).

Para agendar a doação em grupo, é necessário mandar um e-mail (conta.captacao@hemoba.ba.gov.br) formalizando o pedido para o setor de Captação de Doadores. O interessado deve informar o nome do grupo e a quantidade de doadores. Cada grupo vai receber um código personalizado para que realizem a doação. Através deste código, é possível contabilizar o número de candidatos à doação que foram mobilizados pelo grupo e compareceram ao hemocentro.

SAMU 192 em Vitória da Conquista ganha reforço com mais uma ambulância

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 17 jan 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

Fonte:Secom/PMVC

“A frota do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em Vitória da Conquista ganhou reforço nesta semana. Uma nova ambulância foi entregue pelo Ministério da Saúde para otimizar ainda mais a rotina de atendimento à população. Agora, a frota de suporte básico está operando com todos os veículos novos.

O serviço conta hoje com 1 Unidade de Suporte Avançado (USA) e 4 Unidades de Suporte Básico (USB), que foram renovadas pelo Ministério da Saúde – três delas foram substituídas no ano de 2019 e a última chegou nesta quinta-feira (16). A equipe preparou a ambulância logo cedo e já começou a circular na cidade atendendo as ocorrências.

Com alerta para surto de dengue na Bahia, Governo Municipal intensifica ações de combate ao Aedes aegypti

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 16 jan 2020

Tags:, , ,

Editar imagem

Fonte:Secom/PMVC

Com o alerta do Ministério da Saúde para a possibilidade de um surto de dengue, a partir de março deste ano, a Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio das Secretarias de Saúde, Meio Ambiente e Serviços Públicos, tem trabalhado constantemente para intensificar ainda mais as ações de combate com recolhimento de pneus e borrifações perifocais nos locais que podem acumular mais água, como borracharias, ferros-velhos, garajões, rodoviária, aeroporto, complexos hospitalares, escolas.

Visitas domiciliares também vem sendo realizadas pelas equipes de agentes de endemia em pontos estratégicos com planejamento de bloqueios. Por outro lado, a população precisa colaborar ainda mais com o serviço público no sentido de eliminar cenários que favoreçam a reprodução do mosquito, principalmente nesse período chuvoso e de altas temperaturas. O alerta à população é para que tomem todos os cuidados possíveis e necessários para evitar qualquer tipo de água parada em recipientes expostos na natureza.

A dengue é uma doença sazonal que apresenta ciclos endêmicos e epidêmicos, com epidemias explosivas ocorrendo a cada 3 ou 4 anos. “Hoje, temos índices altos em quase todo o Brasil. Essas arboviroses seguem um ciclo natural de sazonalidade e, nesse período em que o ciclo está em alta, as ocorrências são maiores. Outro fator é que nós já temos na natureza muitos mosquitos infectados ou até mesmo co-infectados, com mais de um vírus”, explica Eliezer Almeida, coordenador do Programa de Controle de Endemias.

A dengue é transmitida por quatro sorotipos do vírus que estão em circulação no país: o sorotipo 1, 2, 3 e 4. Ainda segundo o coordenador, quando uma pessoa adquire o vírus da dengue, ele ficará imunizado para aquele tipo de sorotipo. “Com outra circulação viral pode ocorrer mais infecção e isso traz uma certa gravidade, porque uma pessoa que está predisposta a um sorotipo pode ter também algum agravante no quadro clínico”, afirma o coordenador.

Os surtos podem ocorrer quando há mudança e intensidade na circulação do tipo de vírus pelo país, como explica Eliezer: “Sabemos que o tipo 2, que foi tão forte no sul do país, do fim do ano passado para cá está atuando mais na região Nordeste”.

…Leia na íntegra

Ministério da Agricultura confirma contaminação da água na produção de cervejas

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 16 jan 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) encontrou as substâncias monoetilenoglicol e dietilenoglicol na água usada para fabricação das cervejas Belorizontina, da cervejaria mineira Backer. Segundo integrantes do ministério, a água é utilizada para resfriamento do mosto – mistura de ingredientes que vão compor a cerveja após sua fermentação.

Essa água resfria o mosto sem entrar em contato direto com ele. Mas por ser uma água limpa e filtrada, ela também é incluída, posteriormente, no processo produtivo. Agora, o ministério investiga como essa substância foi parar na água.

“Conseguimos evidenciar que a água contaminada com glicol está sendo utilizada no processo cervejeiro. A gente não consegue afirmar ainda de que forma ocorre essa contaminação nesse tanque de água gelada, se é nesse tanque de água gelada ou se é numa etapa anterior”, disse Carlos Vitor Muller, coordenador-geral de vinhos e bebidas do Mapa, em entrevista coletiva realizada na tarde de hoje (15).

A executiva da Backer, Paula Lebbos, explicou em entrevista à imprensa, que o uso do monoetilenoglicol é normal no processo de fabricação, uma vez que é usado para resfriamento, mas ressaltou que a cervejaria não utiliza o dietilenoglicol em seu processo produtivo. Em todo caso, o coordenador do Mapa explicou que nenhuma das duas substâncias devem entrar em contato direto com uma água que será incluída na cerveja posteriormente.

Segundo Muller, o ministério trabalha com várias hipóteses de contaminação, como o uso incorreto da substância para acelerar o resfriamento e até mesmo sabotagem. “Nenhuma hipótese pode ser descartada no momento. Sabotagem pode ocorrer ou a utilização incorreta do etilenoglicol como agente de resfriamento para melhorar a performance de resfriamento desse mosto, ou você pode ter um vazamento de uma solução refrigerante para dentro dessa água”.

Conquista: Ambulatório de Feridas Crônicas já realizou mais de 5 mil atendimentos em pouco mais de um ano de serviço

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 16 jan 2020

Tags:

Editar imagem

Fonte:Secom/PMVC

Vitória da Conquista possui o primeiro Ambulatório de Feridas Crônicas da Bahia com tratamento ofertado pelo Sistema Único de Saúde, e tem mudado a vida de muitas pessoas que dependem do serviço. O Ambulatório faz parte da Clínica Municipal de Reabilitação Sebastião Castro, entregue à população em abril de 2018 pelo Prefeito Herzem Gusmão.

Desde a implantação, até dezembro de 2019, o Ambulatório já realizou 5.199 atendimentos aos 389 pacientes cadastrados no serviço, por meio de consultas médicas e procedimentos de curativos, e já concedeu alta para 199 deles que tiveram as feridas 100% cicatrizadas, com até 25 anos de lesão.

O paciente é encaminhado pela Atenção Básica para realizar o tratamento quando existe o quadro de ferida crônica com mais de 60 dias, devido a complicações vasculares ou diabéticas. “Aqui, o paciente é avaliado por toda a equipe para saber se há a necessidade dele vir realizar o procedimento uma ou duas vezes por semana, observando a quantidade de secreção da ferida. Nós utilizamos curativos de tecnologia especial para auxiliar no processo de cicatrização da lesão”, explica a enfermeira gerente do serviço, Marília Pestalozi.

Todos os pacientes são acompanhados pelo médico angiologista até que a ferida esteja totalmente cicatrizada para receber alta do serviço. “Nós conseguimos, nesse período de um ano e meio, mais de 180 altas englobando pacientes que tinham úlceras há mais de 20, 10 anos e também pacientes diabéticos que tiveram diagnóstico recente e precisavam de uma atenção especial”, conta a angiologista, Thayane Guimarães.


Ministério da Saúde diz Bahia e mais 10 estados poderão ter surto de dengue em 2020

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Geral, Saúde | Data: 15 jan 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

Fonte:G1

O verão está chegando e com ele também aumenta a quantidade de alertas de prevenção contra a dengue. De acordo com o Ministério da Saúde, os estados do Nordeste, assim como Espírito Santo e Rio de Janeiro, poderão ter um surto de dengue a partir de março de 2020.

“A dengue é uma doença sazonal e o quadro é dinâmico e pode mudar em pouco tempo, mas, no momento, os nove estados do Nordeste e as regiões do Sudeste com grande contingente populacional pouco afetadas em 2019 estão no nosso alerta”, afirmou o porta-voz do Ministério da Saúde, Rodrigo Said.

A Bahia, no ano passado, registrou um crescimento de 658,3% no número de casos da doença no período de 30 de dezembro de 2019 a 8 de novembro de 2019. Essa informação é do último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Em 2018 foram 8.647 casos prováveis de dengue, já no ano seguinte foram 65.574 casos.

O Brasil registrou 1.544.987 casos de dengue no ano passado, com 782 mortes, segundo dados da pasta, um aumento de 488% em relação a 2018, um ano considerado atípico pelo Ministério.

Palestra de conscientização contra Hanseníase é realizada em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 14 jan 2020

Tags:,

Editar imagem

Fonte:Secom/PMVC

Janeiro Roxo é o mês de conscientização sobre a hanseníase. Desde 2016, o Ministério da Saúde oficializou o mês de janeiro e a cor roxa para promover ações que conscientizem a população sobre a Hanseníase, como forma de marcar o Dia Mundial de Luta contra a doença.

Na manhã desta terça-feira (14), foi realizada uma palestra para os pacientes que estavam na sala de espera do Centro Municipal de Pneumologia e Dermatologia Sanitária, serviço de referência para o tratamento da Hanseníase no município. O objetivo da ação foi informar sobre os sinais que evidenciam a presença da doença, o diagnóstico e tratamento precoces para evitar danos neurais, além da investigação de contatos que convivem ou conviveram de forma prolongada, com pessoas diagnosticadas com a doença.

Dentro da programação do mês de campanha, estão sendo realizadas atividades de sensibilização com todos os profissionais das unidades de saúde da família, principalmente da zona rural, salas de espera no Centro Municipal de Pneumologia e Dermatologia Sanitária, Dia D da Mancha na Unidade de Saúde da Família Conveima e a Feira de Saúde, na Praça 9 de Novembro.

Confira as datas da campanha do Janeiro Roxo:

…Leia na íntegra

Ministério da Agricultura determina recolhimento de todos os produtos da Cervejaria Backer

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 14 jan 2020

Tags:, , , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

Fonte:M.News

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais anunciou que o número de casos suspeitos de intoxicação pela substância tóxica dietilenoglicol encontrada em cervejas da marca Belorizontina subiu para 13 e outros quatro casos já foram confirmados. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) intimou a empresa a fazer o “recall” de todas as cervejas e chopes de todas as marcas produzidas entre outubro de 2019 e dia 13 de janeiro.

A secretaria municipal trata o caso como mais uma ocorrência de intoxicação de consumidores da cerveja pela substância tóxica o dietilenoglicol, utilizada em sistemas de refrigeração devido a suas propriedades anticongelantes. A substância já foi encontrada em três lotes da cerveja Belorizontina.

A cervejaria conta com 22 rótulos. De acordo com o órgão público, a comercialização está suspensa até que seja descartada a possibilidade de contaminação dos demais produtos.

O Mapa esclarece que não há, entretanto, resultado laboratorial que confirme a presença de etilenoglicol ou dietilenoglicol, substâncias tóxicas usadas em processos de resfriamento, nas demais marcas da empresa. “Os produtos estão sendo analisados e, caso existam resultados positivos, novas medidas serão adotadas”, informa a nota.

Conquista: Secretaria de Saúde promove ações no mês de campanha contra a Hanseníase

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 10 jan 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Fonte:Secom/PMVC

Janeiro Roxo é o mês de conscientização sobre a hanseníase. Desde 2016, o Ministério da Saúde oficializou o mês de janeiro e a cor roxa para promover ações que conscientizem a população sobre a Hanseníase, como forma de marcar o Dia Mundial de Luta contra a doença.

Por isso, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica e do Centro Municipal de Pneumologia e Dermatologia Sanitária, tem abraçado anualmente a campanha reforçando ainda mais uma estratégia de combate: sensibilizar os profissionais das unidades de saúde da Atenção Básica. A enfermeira gerente do Centro Municipal de Pneumologia e Dermatologia Sanitária Fernanda Couto, explica: “é importante que os indivíduos com suspeita de hanseníase sejam identificados em tempo oportuno para tratamento precoce e alcance da cura sem sequelas”.

Dentro da programação do mês de campanha, estão sendo realizadas atividades de sensibilização com todos os profissionais das unidades de saúde da família, principalmente da zona rural, salas de espera no Centro Municipal de Pneumologia e Dermatologia Sanitária, Dia D da Mancha na Unidade de Saúde da Família Conveima e a Feira de Saúde, na Praça 9 de Novembro.

Confira as datas da campanha do Janeiro Roxo:

…Leia na íntegra

SUS vai atender em casa pacientes com dificuldade de locomoção

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 10 jan 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Fonte:EBC

O Ministério da Saúde informou no inicio do mês que o atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) a pacientes com dificuldade de se locomover até uma unidade de saúde, terá mais 410 equipes para o tratamento em casa. A medida vai atender 210 municípios de 21 estados.

De acordo com o ministério, o objetivo é reduzir a demanda por atendimento nos hospitais, evitando as internações e reinternações, bem como diminuir o tempo de permanência de usuários internados no SUS.

Dos 210 municípios que receberam o benefício, 178 estão sendo habilitados pela primeira vez na modalidade de atenção à saúde, com atendimento especializado para pacientes domiciliados.

Para realizar a modalidade de atendimento houve um incremento de R$ 160,4 milhões no repasse aos estados e municípios. A pasta disse que, com as novas habilitações, agora serão 1.157 equipes multiprofissionais de Atenção Domiciliar (Emads) e equipes multiprofissionais de Apoio (Emaps).

Saúde: vacina pentavalente começa a ser distribuída aos estados

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 09 jan 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Começou a ser distribuída nesta quinta-feira (9), pelo Ministério da Saúde 1,7 milhão de doses da vacina pentavalente aos estados, que vão encaminhá-las em seguida aos municípios. De junho a dezembro do ano passado, a oferta foi irregular por causa de problemas com os fornecedores. A vacina garante proteção contra cinco doenças: difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e a bactéria Haemophilus influenza tipo B (responsável por infecções no nariz e na garganta).

Segundo o ministério, o Brasil compra a vacina por meio do Fundo Estratégico da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), pois não existe laboratório produtor no país. Em julho de 2019, lotes do laboratório pré-qualificado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) foram reprovados no teste de qualidade do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde e em análise da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Em agosto, o Ministério da Saúde solicitou reposição do produto, mas, naquele momento, não havia disponibilidade imediata no mercado mundial.

Assim como a pentavalente, a vacina DTP, que previne contra difteria, tétano e coqueluche, estava em falta nos postos de São Paulo, mas já é encontrada nas UBS. A vacina é aplicada como reforço aos 4 anos.


Consultório na Rua presta assistência a mais de 100 pacientes em situação de vulnerabilidade em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 09 jan 2020

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Secom/PMVC

É dever do Sistema Único de Saúde (SUS) acolher e prestar assistência a uma população invisível que vive nas ruas e que, assim como qualquer cidadão, possui os mesmos direitos de acesso à saúde pública. Essa tem sido a missão diária da equipe do Consultório na Rua (CnaR), que é um dos serviços da Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde.

Hoje, 110 pacientes em situação de rua contam com o serviço do CnaR de forma contínua, 95 do sexo masculino e 15 do sexo feminino. O desafio do Consultório na Rua é dar visibilidade às linhas de cuidado para situações impostas pela vida na rua e garantir assistência em saúde para atender as necessidades dessas pessoas.

Eles recebem assistência em saúde dos sete profissionais que compõem o consultório itinerante: uma enfermeira, um técnico em enfermagem, assistente social, psicóloga, dois técnicos de saúde bucal e mobilizador social.

A equipe realiza diariamente abordagens individuais e coletivas, oferecendo orientações de saúde, prevenção de doenças bucais e IST’s, cuidados de enfermagem (aferição de PA, glicemia, curativos), encaminhamento e acompanhamento de exames e consultas nos serviços ligados à rede de atenção em saúde do município, redução de danos, escuta, aconselhamentos e orientações psicossociais.

…Leia na íntegra

SAMU 192 realizou mais de 13 mil atendimentos em 2019

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Saúde, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 08 jan 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Fonte:Secom/PMVC

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) 192 Regional realizou em 2019 o total de 13.495 atendimentos decorrentes dos chamados da população conquistense.

Durante o ano passado, foram 345.180 ligações recebidas pelo serviço que conta com uma equipe de quatro atendentes que identificam a queixa do paciente e transferem para o médico regulador de forma que ele possa orientar e avaliar a gravidade de cada caso para, assim, acionar o operador de frota que vai encaminhar a equipe de atendimento ao local da ocorrência.

Além de atender os moradores de Vitória da Conquista, o SAMU Regional presta cobertura para mais 11 cidades do entorno: Itororó, Macarani, Jânio Quadros, Belo Campo, Poções, Cândido Sales, Itambé, Anagé, Maetinga, Itapetinga e Condeúba.

Do total de ligações recebidas pelo SAMU durante o ano, 24.940 delas foram trotes. Apesar do número ser alto, a coordenadora do SAMU 192 destaca que houve uma redução de 25%, se comparado ao ano de 2018, em que foram registradas 31.535 ligações falsas. “Nas palestras que realizamos, temos orientado a população quanto à questão do trote; orientamos as crianças nas escolas e em todo lugar que a gente vai. Quando a gente está ouvindo um trote, deixamos de ouvir quem realmente está precisando de socorro”, alerta Gileiade.

…Leia na íntegra

Saúde: Ministério quer zerar fila de espera por cirurgias eletivas

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 07 jan 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

EBC

Neste ano, o Ministério da Saúde reservou R$ 250 milhões a mais para aumentar o número de cirurgias eletivas a serem realizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Os repasses começam a ser feitos neste mês, já para diminuir as filas para 53 tipos de procedimentos que incluem catarata, varizes, hérnia, vasectomia e laqueadura, além de cirurgia de astroplastia de quadril e joelho, entre outras com grande demanda.

Os procedimentos com maior demanda são os oftalmológicas, para tratamento de catarata e de suas consequências, e para tratamento de doenças da retina, seguida de cirurgia para correção de hérnias e retirada da vesícula biliar. De acordo com o Ministério da Saúde a expectativa é zerar a fila de espera de pacientes que aguardam por esses procedimentos, que não têm caráter de urgência e são de média complexidade.

As cirurgias eletivas, fazem parte do atendimento diário oferecido à população em hospitais de todo o país. Dados registrados no sistema de informação do SUS mostram que ao longo de 2018 foram realizadas 2,4 milhões de cirurgias eletivas em todo país. Até outubro de 2019, foram 2 milhões de procedimentos realizados em todos os estados brasileiros.

Alimentos mais saudáveis e naturais estão entre as dicas de saúde da OMS para 2020

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 06 jan 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

AR+

A Organização Mundial da Saúde (OMS) sugeriu dicas de como ter uma alimentação mais saudável em 2020. A ideia é reduzir o índice de doenças causadas pelo sedentarismo ou pela má alimentação, como obesidade, doenças cardíacas e diabetes, e incentivar a população a adotar hábitos mais saudáveis. 

A primeira das dicas é consumir uma variedade maior de alimentos. Segundo a Organização, nenhum alimento, exceto o leite materno, contém todos os nutrientes necessários para que o corpo trabalhe corretamente. Por isso, a OMS destaca a importância de se consumir alimentos básicos, como arroz, trigo e batatas, combinados com legumes, vegetais frescos, frutas e alimentos de fonte animal. A dica é dar preferência para alimentos integrais, que contêm grande fonte de fibras e aumenta a saciedade. 

A OMS sugere, também, que haja uma redução no consumo de alimentos com alto teor de açúcar, sal e gordura. Eles podem ser substituídos por vegetais crus, nozes sem sal e frutas secas, por exemplo. 

A redução no consumo de sódio, aliás, é umas das dicas da Organização, que alerta para o aumento da pressão arterial. O alto consumo de sódio é fator de risco para doenças como derrames e doenças cardíacas. A recomendação da OMS é de 5 miligramas diários, o equivalente a uma colher de chá, e evitar alimentos processados e enlatados. 

…Leia na íntegra

Conquista: Centro de Saúde Régis Pacheco vai funcionar em novo endereço

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 30 dez 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

Secom/PMVC

A Secretaria Municipal de Saúde informa que a sede do Centro de Saúde Régis Pacheco está em processo de mudança para um novo endereço localizado na Avenida João Pessoa, n°129, Centro – ao lado do Educandário Santa Rosa.

A nova unidade oferece um espaço mais adaptado e com melhor estrutura para atender à população.

A previsão é de que o atendimento aos usuários na nova sede do serviço seja iniciado a partir do dia 6 de janeiro.