UESB põe saúde de pessoas em risco no Hospital de Jequié, acusa professor

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 26 fev 2016

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

hospital-prado-valadares

Um professor do departamento de Saúde da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) divulgou uma carta pública acusando a instituição de colocar em risco a saúde de alunos, professores e pacientes no Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié (a 150 km de Vitória da Conquista). Segundo o docente Rodrigo Santos de Queiroz, o Núcleo de Ensino e Pesquisa (NEP), anexo da UESB que funciona no HGPV, está passando por graves problemas de falta de material de proteção, o que propicia a proliferação da infecção hospitalar.

“Estamos sem álcool 70% (item primordial de prevenção à infecção hospitalar), sem máscara, sem luva de procedimento, sem touca e propé. […] Atualmente os alunos estão comprando cadeados, máscaras, luvas… Confeccionando roupas e levando para casa para lavar…”, relata o professor. Ainda segundo Rodrigo Queiroz, os relatos de furtos são recorrentes no local.

Além de divulgar a carta, o professor convocou uma reunião (com representantes da reitoria da Uesb, direção do Hospital e demais autoridades locais), bem como uma denúncia na Vigilância Sanitária local. “Se eu fosse diretor do hospital, imediatamente suspenderia as atividades da UESB no HGPV, pois além de estarmos trazendo risco aos pacientes e contribuindo para aumento do índice de infecção, estamos consumindo um enorme quantitativo de material do Hospital”, aponta o professor da Uesb.

Confira a Carta na íntegra: …Leia na íntegra

Núcleo Regional de Saúde enfrenta dificuldades para combater Aedes aegypti

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 26 fev 2016

Tags:, , , , ,

Banner Expoconquista

por Mateus Novais

dengue

A Sessão especial da Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista, desta sexta-feira (26), serviu para reforçar a premissa que o papel de toda a comunidade é importante para o combate ao mosquito Aedes aegypti. Mas também revelou algumas verdades inconvenientes nesse período de promoção do engajamento social.

IMG_1435A representante do Núcleo Regional de Saúde do Estado, Rosane Carvalho, presente ao evento, destacou o problema enfrentado pelo órgão no combate ao mosquito transmissor da Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela. “O órgão enfrenta dificuldades, pois possui uma equipe reduzida e dificuldades de realizar o trabalho de campo, sobretudo após a extinção das diretorias estaduais de saúde [Dires]”, informou Rosane. A profissional de saúde salientou que em Conquista ações vêm sendo feitas, mas existem “muitos municípios enfrentando um cenário caótico”.

Pouco material

Um dos municípios baianos que passa por problema é Brumado (a 100 km de Vitória da Conquista). Naquela cidade, a última remessa de larvicida recebida pela Coordenação Epidemiológica foi de 10 kg, quando seriam necessários pelo menos 60 kg do produto para cobrir a cidade em pelo menos 90% de sua totalidade.

“O larvicida está vindo regrado e o governo cancelou a coleta de dados sobre o índice predial, mas com os números dos casos suspeitos, temos a certeza de que o índice do mosquito no município mais que triplicou. Estamos rumando para uma grande epidemia da zika em Brumado e a Vigep está trabalhando com limitação por conta desta falta de material para os agentes”, disse o coordenador do serviço, Fábio Azevedo.

Sobre a falta de material em Brumado, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou que a denúncia da falta de larvicida no município de Brumado não procede. “A média de consumo do município é de 10 KG por mês e todas as solicitações do produto foram atendidas”, dia a nota.

Combate ao mosquito Aedes Aegypti é tema de sessão da Câmara

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 25 fev 2016

Tags:, , , ,

Da Redação

mosquito
Nesta sexta-feira (26), a Câmara Municipal de Vitória da Conquista realiza Sessão Mista para discutir formas de combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissão de doenças como dengue, febre amarela, chikungunya e zika vírus. A proposta abordar a temática na Casa foi apresentada pela Comissão de Saúde, diante da mobilização nacional para dar fim a proliferação do mosquito e a diminuição dos casos das doenças a ele relacionadas.

Depois do aumento significativo dos casos do zika vírus nos últimos meses, o governo federal intensificou as ações de combate ao Aedes Aegypti. Principalmente, após a confirmação da relação entre o zika vírus e a microcefalia – doença congênita em que a cabeça e o cérebro das crianças são menores que o normal para a sua idade, o que prejudica o seu desenvolvimento

Em Vitória da Conquista, de acordo com a Secretaria de Saúde, até o dia 18 de fevereiro, foram registrados 749 casos suspeitos de dengue, 30 de zika e um de chikungunya. Todos aguardam o resultado.

Vacina contra dengue passa por testes finais

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 22 fev 2016

Tags:, ,

Da Redação

mosquito
Nesta segunda (22), a vacina contra dengue, desenvolvida pelo Instituto Butantan, começa a ser submetida à fase 3 de testes clínicos. Esta é a última etapa antes que a vacina possa ser submetida à avaliação da Anvisa para registro.

Inicialmente, 1,2 mil voluntários pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) devem ser vacinados nesta etapa. A presidente Dilma Rousseff deve assinar, no início da tarde desta segunda-feira, um contrato entre o Ministério da Saúde e a Fundação Butantan para a realização dos testes no restante do país.

Ao todo, 17 mil voluntários de todo o Brasil devem receber a imunização. Todos os participantes terão que ser acompanhados por cinco anos para verificar a eficácia e a duração da proteção da vacina contra o vírus da dengue.

 

Leitores do BRG flagram criadouros do Aedes aegypti por Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 22 fev 2016

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

O temor com a proliferação do mosquito Aedes aegypti tem deixado grande parte da população de Vitória da Conquista em alerta. Infelizmente nem todos estão fazendo sua parte no combate ao mosquito transmissor da Zika, Dengue e Chikungunya.

Leitores do BLOG DA RESENHA GERAL têm enviado fotos que demonstram a falta de compreensão de muitos moradores aos riscos que o Aedes aegypti traz para a saúde. Confira alguns desses flagrantes enviadas por nossos leitores através do Whatsapp do BRG:

endemias

Instituições de ensino participam da campanha #ZikaZero

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 22 fev 2016

Tags:, , , ,

Da Redação


ZikaZeroDiversos setores da sociedade estão mobilizados no intuito de combater o Aedes aegyti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. As instituições de ensino superior estão tendo um importante papel nesse sentido. Muitas delas estão engajadas em mobilizar as pessoas para os cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito.

Na última sexta-feira (19), por exemplo, funcionários da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC-Conquista) colaram cartazes informativos sobre várias formas de combater o mosquito, passaram de sala em sala conversando com os alunos a respeito do assunto e depois realizaram um mutirão de limpeza no campus.

A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), por sua vez, realizará, no dia 24 de fevereiro, a campanha “Dia D UESB: conscientização e combate ao aedes aegypti”. A mobilização, que acontecerá nos três campi, tem como objetivo capacitar a equipe de serviços gerais e demais interessados da comunidade acadêmica para identificar e reconhecer os possíveis focos do mosquito aedes aegypti; orientar os setores; sensibilizar a comunidade acadêmica e reforçar a conscientização no pleno combate ao mosquito.

Notificações de casos de Vírus Zika serão obrigatórias no Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 19 fev 2016

Tags:,

Da Redação

dengue
As notificações dos casos suspeitos de Zika passam a ser obrigatórias para todos os estados do país. A medida foi publicada no Diário Oficial da União na última quarta-feira (17). Isso significa que todos os casos suspeitos de Zika deverão ser comunicados pelos médicos, profissionais de saúde ou responsáveis pelos estabelecimentos de saúde, públicos ou privados, às autoridades de saúde, semanalmente.

Nos casos de gestantes com suspeita de infecção pelo vírus ou de óbito suspeito, a notificação será imediata, ou seja, deverá ser feita em até 24 horas. De acordo com o Ministério da Saúde, a notificação do vírus Zika passa a ser obrigatória no Brasil só agora porque antes a doença não existia no país. Além disso, hoje já existem testes que nos permitem dar com segurança o diagnóstico do vírus.

A mudança na notificação é resultado de uma análise criteriosa dos métodos de acompanhamento do vírus Zika no Brasil. Até então, a doença era monitorada por meio do sistema de vigilância sentinela para prestar apoio às medidas de prevenção à doença. Cabe ressaltar que o Zika é uma doença nova no Brasil, tendo sido identificada pela primeira vez em maio de 2015 e, como qualquer outra nova doença identificada, necessita de estudos e reavaliações periódicas.

A medida foi tomada em parceria com estados e municípios, além de especialistas de instituições de pesquisa e estudo brasileiros. Os profissionais de saúde de todo o Brasil já estão sendo orientados da nova medida por meio dos diversos canais de comunicação de rotina, como videoconferências, e-mails, ofícios e contatos diretos.

Falta vacinas contra Hepátite B e Tétano nos postos de saúde de Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 19 fev 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

A ausência de vacinas contra a Hepátite B e Tétano nos postos de saúde de Vitória da Conquista tem atrapalhado a vida de muita gente. A reportagem da TV Aratu conversou com um paciente com insuficiência renal e uma estudante, que precisam das vacinas para continuar o tratamento e realizar a matrícula na faculdade, respectivamente, e não sabem o que fazer. Para ter uma ideia, a vacina contra a Hepatite na rede privada custa mais de R$ 500. Sem condições de pagar este valor, os pacientes estão tendo que esperar.

Confira a matéria de Daniel Silva e Rony Cley:

Brumado está em estado de emergência por conta do Zika Vírus

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 18 fev 2016

Tags:, , , ,

Da Redação

BrumadoA cidade de Brumado, a 139 km de Vitória da Conquista, está em estado de emergência na saúde pública desde o dia 2 de fevereiro. De acordo com a prefeitura do município, o estado de emergência foi decretado depois que o Departamento de Vigilância Epidemiológica (DVE) constatou o alto índice de  infestação do mosquito Aedes Aegypti.

Com o aumento da proliferação do mosquito, cresceu o número de casos de doenças a ele relacionadas. De 1º de janeiro a 17 de fevereiro de 2016, já foram registrados no município 157 casos do vírus zika, 39 casos de dengue e um de febre chikungunya.

Segundo informações da Secretaria de Saúde da cidade, o número de casos do vírus zika representa mais de 60% do que foi registrado durante todo ano de 2015. O que pode ter provocado essa crescente da doença foi a falta do larvicida que combate o mosquito na região.

Nesse sentido, uma força tarefa foi montada para combater o mosquito foi montado em Brumado. A prefeitura colocou nas ruas equipamentos especializados e aumentou as notificações. Além disso, oor meio do Diário Oficial, a administração municipal pediu o apoio da população na luta contra o Aedes Aegypti.

Mosquitos hematófagos se espalham desafiando Governos e Consciência Humana!

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 17 fev 2016

Tags:, ,

Por André Paulo Barros Cairo (MCMP)

MosquitoEm 2016, existindo no Brasil, 1,5 milhões de infectados pelo Zika Virus, no Continente Americano, de 3 a 4 milhões e em todo Planeta, tantos quantos, os Governos conseguirão zerar o avanço? Com sete dias de vida o mosquito levanta voou, podendo ultrapassar bilhões em busca de sangue humano e água para reprodução. A Síndrome de Guillain-Berré, existente no Zica Vírus, o sistema imunológico ataca e paralisa parte do sistema nervoso por engano, inflama nervos, enfraquece músculos, corpo, com iminência de morte, sendo indispensável ação precisa.

Como existe Dengue, Chikungunya e Zica, doenças transmissoras do mosquito Aedes aegypti se reproduzindo com velocidade, o número de infectados cresce, podendo transformar em epidemia incontrolável. Se existisse somente a Dengue, o problema seria menor, porém, o Zica Virus e a Micro Cefalia são alarmantes. Se Governos e Consciência Humana não enfrentarem o problema para vencer, mosquitos hematófagos Aedes aegypti continuarão voando, enquanto muita gente fica voando, imóvel.

Em vias públicas, há exposições livres para o habitat do Aedes egypti, nas mãos de Governantes, sendo preciso visão clínica, onde a rua é uma extensão de nossas casas, divulgação da Imprensa não falta e realizo Palestras! Se a situação é preocupante, devemos ser alarmantes, exigindo saúde eficaz e proibitiva. Mérito é zerar a Violência, pois o Aedes aegypti não raciocina, entenderam Governantes e Consciência Humana?

Banco de Leite do Esaú Matos coletou mais de mil litros em 2015 e é premiado

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 16 fev 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

SC2_4155

O Banco de Leite Humano do Hospital Municipal Esaú Matos foi o que mais coletou leite na Bahia em 2015. Foram 1.118,1 litros dos quais, após a pasteurização, foram distribuídos 911,4 litros, beneficiando 455 bebês internados na UTI Neonatal do hospital.

Este foi um dos fatores utilizados pelo Ministério da Saúde e Fundação Oswaldo Cruz para certificar o Banco de Leite local com o padrão Ouro do Programa Iberoamericano de Bancos de Leite Humano. “Este é um programa que avalia a qualidade da coleta, armazenamento, pasteurização e distribuição, dos equipamentos, da equipe e das capacitações dos profissionais que atuam no Banco de Leite”, explicou a coordenadora do serviço, Adriana Vasconcelos, destacando que esta foi a terceira vez que o Banco de Leite recebe a certificação.

Doação

Os interessados em cooperar com o Banco de Leite Humano podem doar frascos de vidro com tampa de plástico para o serviço. Já as mães que estão amamentando podem doar o leite excedente para a unidade.

O Banco de Leite Humano funciona no Hospital Municipal Esaú Matos, localizado na Av. Macaúbas, nº 100, bairro Kadija. Mais informações, pelo telefone (77) 3420-6237.

Deputado Lúcio Vieira Lima debate sobre o Aedes aegypti

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 15 fev 2016

Tags:, , ,

da Redação

Com informações e foto da assessoria parlamentar

Luicio V LimaO deputado federal Lúcio Vieira Lima participa de um debate nesta segunda-feira, 15/02, ao vivo, no programa Expressão Nacional, da TV Câmara, emissora da Câmara dos Deputados,  das 21h30 às 22h30 (horário de Brasília). O programa vai tratar da pandemia do zika vírus no mundo e das políticas públicas adotadas no país para o combate à doença.

Lúcio Vieira Lima é o autor da proposta para regulamentação ao princípio constitucional da propaganda oficial segundo o qual a publicidade governamental precisaria ter um caráter educativo e informativo.

O programa contará também com a participação dos deputados Mário Heringer (PDT/MG) e Odorico Monteiro (PT/CE); do médico infectologista e especialista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Dalcy Albuquerque Filho; e, por meio de teleconferência, da jornalista e autora do livro “Selfie: Em Meu Autorretrato, a Microcefalia é Diferença e Motivação”, Ana Carolina Dias Cáreceres.

É impossível acabar com o mosquito, diz infectologista

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 15 fev 2016

Tags:, , , , ,

da Redação

ArturNas páginas amarelas da Revista Veja, Edição 2464 de 10 de fevereiro, contém uma entrevista com o infectologista Artur Timerman, presidente da Sociedade Brasileira de Dengue e Arboviroses (SP), que revelou que a capacidade de adaptação do Aedes aegypti é tão grande que erradicá-lo é uma estratégia inútil. A constatação do entrevistado não pode,  e não deve invalidar as campanhas de combate ao Aedes.

Segundo o especialista o melhor caminho  para diminuir o pânico com os casos de zika associados à microcefalia, segundo ele, é o investimento pesado em estudos para o desenvolvimento de uma vacina.

Até a liberação da vacina que demandará de 2 a 3 anos o Governo Federal precisa levar a sério a proliferação do Aedes no Brasil. “Nossos virologistas são bons, mas não recebem a verba necessária para pesquisa. Não há investimento porque ciência básica não dá voto”, disse o entrevistado de Veja.

Sobre a microcefalia o infectologista Artur Timerman sentenciou: ” Desaconselho veementemente uma gestação, até conhecermos um pouco mais esse vírus. Fiz isso em minha própria casa. Desaconselhei minha filha e engravidar”, disse.

Conselho Federal e Conselhos Regionais de Medicina Veterinária esclarecem sobre o atendimento médico-veterinário gratuito aos animais de população carente

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 14 fev 2016

Tags:,

Portal CFMV

CFMV

O Sistema Conselho Federal e Conselhos Regionais de Medicina Veterinária esclarece que é permitido, dentro da legalidade, o atendimento gratuito eventual aos animais de pessoas carentes.

No entanto, em cumprimento aos deveres éticos, o Sistema CFMV/CRMVs não permite que as prestações de serviços realizadas de forma gratuita sejam feitas com caráter de publicidade, autopromoção, de forma permanente e na busca de captação ilegal de clientela ou para fins eleitoreiros.

Os caminhos para o profissional que deseja prestar serviços beneficentes a animais de pessoas que não têm condições de pagar pelo atendimento, passam pelo respeito às normativas existentes e que devem valer para todos, descaracterizando qualquer acusação de que os profissionais de Medicina Veterinária atuam de forma mercenária.

É dever dos Conselhos Regionais a fiscalização do exercício da Medicina Veterinária, o que é feito por profissionais qualificados, com o objetivo de orientar sobre as normas vigentes e averiguar irregularidades na atuação dos médicos veterinários, protegendo, assim, a sociedade e os animais de um eventual exercício profissional inadequado. Desse modo, as ações de orientação e fiscalização realizadas pelos conselhos profissionais não podem ser vistas como perseguições.

…Leia na íntegra

Colômbia: um país em pânico por causa do zika

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 14 fev 2016

Tags:,

Da Redação

colombiazikaFoto: BBC

Com mais de 30 mil infectados, a Colômbia é, ao lado do Brasil, um dos países mais atingidos pelo surto do vírus zika.

Ao contrário do vizinho, não é a microcefalia ─ tipo de má-formação cerebral em fetos – que preocupa o governo, mas o aumento significativo no número de casos da rara síndrome de Guillain-Barré.

Cientistas se mantêm cautelosos e evitam fazer uma associação direta entre o vírus e a síndrome que pode causar paralisia grave, mas nas regiões mais atingidas o pânico é real e está aumentando.

Fabian Medina, de 22 anos, é uma das vítimas da doença. Ele deveria estar no auge da vitalidade, mas parece um homem de 90 anos de idade. Medina está se recuperando da paralisia depois de passar duas semanas em uma unidade de terapia intensiva. …Leia na íntegra

Representante do Governo Federal participa de mobilização contra o mosquito Aedes Aegypti em Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 13 fev 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

DSC_0657

A secretária executiva da Casa Civil do Governo Federal, Eva Chiavon, participou de um encontro com vários agentes da Saúde Pública de Vitória da Conquista, na anhá deste sábado (13). A visita é uma forma de conscientizar a sociedade conquistense sobre a importância da participação nessa luta.

DSC_2065

Eva Chiavon participou de um mutirão contra o mosquito Aedes aegypti no bairro Ibirapuera. Junto com agentes de endemias e do Exército, parceiro da ação, algumas casas foram visitadas. Em coletiva, a secretária executiva da Casa Civil reforçou a importância de se eliminar o mosquito e da participação de cada um. “É preciso uma mudança de hábitos e de cultura”, disse a Eva Chiavon.

Esta é a segunda etapa das atividades de mobilização e de combate ao mosquito Aedes Aegypti. Além de Vitória da Conquista, estas ações acontecerão simultaneamente em mais 12 cidades do estado no chamado Dia Nacional de Enfrentamento e Combate ao Aedes Aegypti.

Microcefalia: mais uma morte é registrada na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 11 fev 2016

Tags:, , ,

Da Redação

microcefalia
Em boletim divulgado nesta quinta-feira (11), a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) informou que mais uma morte por microcefalia foi registrada no Estado. O 11º caso aconteceu no município de Presidente Tancredo Neves, na região do Baixo Sul baiano.

Outras 10 mortes foram notificadas em Camaçari (1), Campo Formoso (1), Esplanada (1), Itabuna (1), Itapetinga (1), Olindina (1), Salvador (3) e Tanhaçu (1). De outubro até a última terça (9), a Sesab registrou 701 casos de microcefalia, com perímetro cefálico menor ou igual a 32 centímetros, em 115 municípios. O maior número de casos está localizado em Salvador, 360, correspondendo a 51% do total.

No entanto, a Sesab não informou quantos desses casos estão relacionados ao zika vírus, doença transmitida pelo Aedes aegypti, embora, no mesmo comunicado cite as ações do governo para combater o mosquito transmissor.

SAMU 192: trotes caem 40% no período de férias escolares

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 10 fev 2016

Tags:,

por Mateus Novais

SC1_4200

O número de trotes contra o Serviço de Urgência e Emergência (Samu 192) caiu cerca de 40% nos meses de dezembro e janeiro, período de férias escolares. E redução se deu através de u trabalho de conscientização aliado ao novo sistema eletrônico de atendimento.

No mês de dezembro, o registro de trotes caiu de 53,5%, em 2014, para 30,64% das ligações, em 2015. Já no mês de janeiro de 2015 foi registrado 51,6% de ligações irregulares, contra 29,65% no mesmo período deste ano. No acumulado, a diminuição foi de mais de 40% nos trotes em ambos os período – algo em torno de 480 trotes para um total de 1200 chamada por mês.

A queda no número de trotes só foi possível após a implantação do Samu +, sistema integrado de atendimento às urgências médicas, em março de 2015. Além do investimento em tecnologia, a equipe do Samu 192 visitou às escolas para conversar com crianças e adolescentes sobre o funcionamento do serviço e também sobre o prejuízo que o trote pode causar para as pessoas que realmente precisam do serviço. “A ideia é continuar com as ações nas escolas para que este percentual diminua ainda mais”, ressaltou a coordenadora do Samu 192 , Gracielle Gardênia.

Demora

O funcionamento dos novos equipamentos era um pedido antigo dos funcionários do SAMU 192, já que o índice de trotes era muito alto, estimado em 52% das ligações (média superior a nacional, que gira em torno de 40%). Com a ausência de um sistema ate-trote, todo o serviço de atendimento da região ficava comprometido. Para se ter uma ideia, a regional de Vitória da Conquista coordena 11 municípios e atende, em média, 1.200 ligações por mês.

Os recursos para implantação desse novo sistema começou a ser disponibilizado pelo Governo Federal em 2011. Em setembro de 2014, a Prefeitura Municipal começou a adquirir os equipamentos para o funcionamento da interligação, porém, apenas os computadores haviam sido instalados para os telefonistas. Mesmo assim, estes ficavam desligados durante todo o tempo, já que não tinham função.

Trote é crime

Caso as pessoas não saibam, trote é crime previsto no Artigo 266 do Código Penal. O infrator pode ser punido com detenção de um a seis meses, ou multa.

Você pode ter zika sem saber: só 1 em cada 5 pessoas manifesta sintomas

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 06 fev 2016

Tags:, ,

Camila Neumam e Carlos Madeiro
Do UOL, em São Paulo e Maceió

A confirmação de que o vírus zika está relacionado com a microcefalia (má-formação do cérebro) em bebês e pode aumentar as chances de doenças neurológicas em adultos vem causando preocupação na população. O UOL consultou os infectologistas Ana Freitas Ribeiro, do Hospital Emílio Ribas, Érico Arruda, presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia, Artur Timerman, e a Fiocruz para responder as principais dúvidas sobre o assunto.

O zika é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo que transmite também os vírus da dengue e da febre chikungunya, e tem também sintomas parecidos com o da dengue, mas intensidades diferentes. No entanto, apenas 20% dos infectados apresentam os sintomas.

Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil já confirmou ao menos 404 casos de microcefalia em 9 Estados este ano, além de investigar outros 3.670 casos suspeitos.

Não há dados exatos do total de casos de zika no país, já que a doença não apresenta sintomas na maioria dos casos. Mas estima-se que ao menos 500 mil pessoas foram infectadas com o vírus no país em 2015.

“Apesar de ser transmitido pelo Aedes aegypti e ter reações parecidas com o vírus da dengue, o zika vírus é diferente na sua estrutura biológica e por isso é possível que haja comportamento diferente no organismo para que cause a má-formação”, afirma Arruda.

Diagnóstico

…Leia na íntegra

Mau exemplo!

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 05 fev 2016

Tags:, , ,

da Redação

MAu exemplo

O mosquito Aedes-Egypt, transmissor da dengue e Zika vem assustando o planeta. O BRG mostrou ne destacou o bom exemplo da Sonar que cuida da casa onde funcionou a Central de Concursos.

Os recados do BRG continuam recebendo denúncias da falta de cuidado de parte da população com recipientes com água que facilitam a proliferação do mosquito.

Uma foto foi enviada que mostra no Bairro Bela Vista, uma casa de shows, que mantém caixas d’água abertas. A população tem acionado órgãos de empresa denunciando situações semelhantes para que a PMVC e a 20ª Dires possam atuar para evitar a proliferação do mosquito transmissor de várias e graves doenças.