Detran alerta: veículos com cinco anos de uso deverão passar pela vistoria

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Sudoeste, transporte, Vit. da Conquista | Data: 26 fev 2015

Tags:, ,

Da Redação

Quem não estiver regularizado por levar multa de R$ 191,54, inclusão de sete pontos na CNH, além do recolhimento do veículo.

revisão veículoA partir deste ano, todos os veículos com cinco anos de uso ou mais deverão passar pela vistoria anual do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran). De acordo com a Portaria nº 2045 do órgão, o serviço visa garantir condições de circulação e o documento de licenciamento anual do veículo, de porte obrigatório.

De acordo com o perito do Detran, Domingos Lemos, além de garantir o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos), a vistoria visa “verificar características estruturais, autenticidade da identificação do veículo e se os equipamentos obrigatórios estão em perfeitas condições de funcionamento, garantindo assim, a segurança e a preservação da vida”, alerta.

Os proprietários devem ficar atentos à data de vencimento do licenciamento do veículo (consultar calendário em www.detran.ba.gov.br) e agendar previamente a vistoria …Leia na íntegra

Caminhoneiros voltam a protestar em Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 25 fev 2015

Tags:, , , , , ,

por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

DSC_2917

Uma nova paralisação de caminhoneiros, na tarde desta quarta-feira (25), voltou a deixar o transito na BR 116, em Vitória da Conquista, lento. A ação faz parte do protesto nacional contra o aumento no preço do combustível e os baixos valores dos fretes. Somente caminhões de cargas não perecíveis estão ficando retidos no bloqueio.

DSC_2932Em entrevista ao BLOG DA RESENHA GERAL, um dos líderes do movimento na terceira maior cidade da Bahia, Eli Levi (foto), afirmou que a intenção do movimento nacional “é chamar a atenção da presidente Dilma” para os problemas da categoria. “Nós não estamos mais aguentando rodar. Estamos parando porque não temos condição de trabalhar e, se a gente não fizer nada, vamos ter que parar de verdade, mas vendendo o caminhão”.

O caminhoneiro apontou como principal reivindicação o preço do combustível. “O óleo diesel chegou a um preço muito alto, onde teve dois aumentos em pouco tempo. E o que a gente mais gasta nas viagens é o óleo diesel, então estamos deixando de ganhar. Além disso, aumentou o pedágio no final do ano e a manutenção do caminhão também”, disse. O outro ponto de pauta, o valor do frete, é considerado pela categoria indispensável, “já que se aumentar o frete, vai aumentar também os preços dos produtos, o que iria prejudicar todo mundo, inclusive nós, que compramos”, explicou Levi.

Ele também informou que o grupo conquistense está em contato com os outros movimentos do estado, como em Salvador e Feira de Santana, e não descartou novas paralisações.

Linha de ônibus Centro-Uesb sofrerá alteração de horário

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 25 fev 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

cidade-verde-vitoria-onibus-161A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista publicou, nesta quarta-feira (25), a informação de que a linha de ônibus R09, que atende o bairro Uesb ao Centro, sofrerá alterações de horário.

Segundo a nota, “entre as alterações está o reforço a outras linhas em horários específicos”. Confira as mudanças.

Passageiros não conseguem embarcar em voo da Passaredo e causam confusão no aeroporto

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 23 fev 2015

Tags:, , , ,


por Mateus Novais
fotos: Roberto Silva

DSC_2857

Uma confusão no embarque de um voo da Passaredo Linhas Aéreas provocou revolta em passageiros que não conseguiram entrar no avião da companhia, com destino à São Paulo. O tumulto aconteceu devido a finalização do check-in e despacho das bagagens, que, segundo os passageiros que perderam o voo, teria ocorrido antes do horário mínimo permitido por lei. A Polícia Federal foi acionada.

O voo da Passaredo, com destino ao aeroporto de Guarulhos (SP), estava marcado para as 15h25 desta segunda-feira (23). Porém, cerca de 10 passageiros não conseguiram embarcar. A falta de funcionários no balcão da companhia provocou revolta nos clientes. Alguns argumentaram que alguns chegaram com 40 minutos de antecedência da decolagem (o tempo mínimo previsto por lei é de 30 minutos), mas não havia ninguém para despachar a bagagem ou mesmo fazer o check-in.

A situação provocou revolta em alguns dos passageiros, que acabaram invadindo a área de desembarque, mas foram impedidos de ter acesso à pista. A Polícia Federal foi chamada, mas informou que não houve prisão porque o acesso à pista de decolagem se manteve inviolado.

À nossa reportagem, um grupo de cinco clientes da Passaredo informou que “se houvesse funcionários para orientar, pelo menos quem tivesse feito o check-in online, algumas pessoas teriam embarcado”. O acesso a remarcação do voo também foi impedido, pois, ainda segundo o grupo, o sistema dos computadores da companhia estava fora do ar. Nenhum funcionário da Passaredo foi encontrado para prestar esclarecimento.

Carnaval conquistense: ônibus terão horários e itinerários alterados

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 13 fev 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais*

Onibus BPara atender ao público que participará do Carnaval Conquista Cultural, algumas linhas de ônibus terão os horários estendidos. Entre os dias 14 e 17 de fevereiro, os ônibus que fazem as linhas Vilas Serranas, Cidade Maravilhosa, Patagônia, Conquista VI e Rodoviária, todas com destino ao Centro, circularão até às 2h. Durante os dias da festa também será disponibilizada linha especial que atenderá aos moradores do bairro Brasil.

Em virtude do Carnaval Cultural, algumas linhas que passam pelo percurso da festa terão seus itinerários alterados a partir das 14h. Segundo a Prefeitura Municipal, “esta medida visa garantir maior segurança para os foliões e fluidez do trânsito”.

Confira as alterações nas linhas radiais e perimetrais.

*Informações PMVC

Linha de ônibus que atende o Conveima 1 sofrerá alteração de horário

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 13 fev 2015

Tags:, , ,


por Mateus Novais
foto: aquivo BRG

cidade-verde-vitoria-onibus-161A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista publicou, nesta sexta-feira (13), a informação de que a linha de ônibus R11, que atende o bairro Conveima 1, sofrerá alterações de horário.

Segundo a nota, a mudança se dará a partir do próximo domingo. Confira as mudanças que entram em vigor no domingo.

Atenção na hora de escolher o Transporte Escolar para seus filhos

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 07 fev 2015

Tags:, ,


por Mateus Novais
Foto: Roberto Silva

DSC_0780O período de aulas já está se aproximando e para não restar dúvida de qual a melhor forma de transportar as crianças para a escola, o BLOG DA RESENHA GERAL procurou o Sindicato de Transporte Escolar Autônomo de Vitória da Conquista (Sintevic) para dar dicas aos pais.

Segundo o sindicato, “os pais devem se atentar se o condutor possui carteira de habilitação categoria D, com a especificação do curso de qualificação obrigatório para transporte escolar. Além de ver se o carro é padronizado pelo Simtrans e se tem todos os itens de segurança”.

Vale lembrar que os pais que optar por um transporte irregular, torna-se coautor de uma ilegalidade, e pode ser punido pelos órgãos competentes. Para se informar dos Transportes Escolar que estão regularizados na cidade, o Sintevic disponibilizou o telefone (77) 8851 5030.

Rodoviários comemoram acordo que define plano de saúde

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 05 fev 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

DSC_2645O acordo que institui o percentual de pagamento para trabalhadores e empresas de transporte coletivo foi amplamente comemorado pelo Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista (SINTRAVC). Logo após assinarem o documento em que as empresas Viação Vitória e Viação Cidade Verde se comprometeram a pagar 25% do plano de saúde para os cobradores e 20% para os motoristas, o presidente do sindicato falou ao BLOG DA RESENHA GERAL.

Alvaro Souza destacou a importância do acordo para os trabalhadores do transporte coletivo como algo histórico. “É uma grande conquista para a categoria. Finalmente conseguimos fechar o acordo para os trabalhadores, que é uma luta de mais de 30 anos”.

Apesar do percentual que será pago pelas empresas sobre o valor de R$ 81 ser bem menor do que os 50% proposto pelos trabalhadores, o sindicalista diz que a proposta de retornar às mesas de negociações em quatro meses motivou a categoria a aceitar a oferta dos patrões. “O compromisso de manter o diálogo em torno de uma maior participação das empresas é um dos pontos importantes que nos fizeram aceitar a proposta oferecida pelos patrões”, afirmou.

Segundo o acordo, as duas partes irão negociar uma participação maior por parte das empresas em 120 dias.

Viação Vitória também fecha acordo com rodoviários; transporte é normalizado 

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 05 fev 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

cidade-verde-vitoria-onibus-161O Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista (SINTRAVC) e a Viação Vitória acabaram de fechar o acordo do percentual referente ao plano de saúde. O acordo segue os mesmos moldes do que foi acertado pela Viação Cidade Verde horas antes.

As duas empresas se comprometeram a pagar 25% do plano de saúde para os cobradores e 20% para os motoristas. A empresa também se comprometeu a regularizar o pagamento do FGTS, terço de férias, ticket alimentação e mensalidade sindical.

Cadastramento do Passe Escolar está aberto

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 05 fev 2015

Tags:, ,


por Mateus Novais

DSC_2654Desde o dia 19 de janeiro foi aberta o período de cadastro e recadastro do passe escolar. Os estudantes, tanto de instituições públicas quanto privadas, deverão comparecer em uma das sedes da Associação das Operadoras do Transporte Coletivo Urbano (ATUV).

Os documentos necessários para que seja feito o cadastramento são: Original da Carteira de Identidade; Original e cópia do atestado de matrícula, devidamente carimbado e assinado pelo responsável da escola; Comprovante de residência, recente, em nome do aluno, dos seus pais ou de um representante habilitado; Bilhete Eletrônico Municipal/Escolar (para os alunos que já o possuem) e 01 fotografia 3X4 atualizada e colorida (para aqueles que não possuem o BEM).

Os estudantes podem fazer o cadastramento das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, e das 8h às 11h40, nos sábados. A ATUV funciona na Travessa 2 de Julho, nº 10, Centro, e na Avenida Guanambi, nº 2693, bairro Brasil.

Rodoviários e Cidade Verde fecham acordo; Vitória continua em greve

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 05 fev 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG_1548Às 10h30 desta quinta-feira (5), a Viação Cidade Verde e o Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista (SINTRAVC) fecharam um acordo do percentual referente ao plano de saúde. O acordo põe fim as paralisações de parte do transporte coletivo da cidade. Mas o imbróglio continua com a empresa Viação Vitória.

Segundo o diretor de comunicação do SINTRAVC, Vadenir Evangelista, “o acordo prevê o pagamento, por parte da empresa, de 25% do plano de saúde para os cobradores e 20% para os motoristas. E dentro de 120 dias voltaremos a negociar esse percentual”.

Já a Viação Vitória continua em greve. Os sindicalistas garantiram o percentual mínimo do serviço, com 30% das linhas referente a empresa circulando. “A Vitória não está pagando FGTS, está atrasando o pagamento do terço de férias em 15 dias e também do ticket alimentação. Além disso, não repassa a mensalidade sindical desde abril de 2014”, garantiu o diretor da SINTRAVC.

* Na foto, Sindicato e representantes da Viação Cidade Verde discutem acordo na porta da garagem da empresa

Rodoviários mantêm 50% da frota da Cidade Verde nas ruas e paralisam a Vitória

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 04 fev 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

IMG_7246

Enquanto as empresas do transporte coletivo recebiam a imprensa para uma coletiva, na sede da Associação dos Operadores do Transporte Coletivo Urbano (ATUV), há alguns metros dali, os rodoviários voltavam a paralisar a circulação dos ônibus. Dessa vez, cumprindo a decisão de uma liminar da Justiça do Trabalho, que determinou o funcionamento de 50% da frota por linha.

Porém, segundo o Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista (SINTRAVC), somente foi respeitado os 50% da frota para a Viação Cidade Verde. “Cumprimos a decisão da Justiça, que beneficia a Cidade Verde. A Vitória recolhemos os ônibus para as garagens e talvez nem retornemos amanhã”, afirmou o diretor de comunicação do SINTRAVC, Vadenir Evangelista. Mesmo com a decisão, o sindicalista evitou falar em greve.

Da outra ponta, as empresas afirmam que a decisão liminar compreende as duas empresas. “Não existe falar de transporte coletivo em Conquista, citando apenas uma empresa. Já acionamos o corpo jurídico, que tomará a providência para o correto cumprimento da decisão judicial”, afirmou o negociador contratado pelas empresas, Victor Marcondes.

“Sindicato se encastelou atrás de uma proposta inviável”, diz empresas de ônibus

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 04 fev 2015

Tags:, , , ,


por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

DSC_2690A afirmação lida no título dessa matéria deixa bem claro o impasse que há hoje entre o Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista (SINTRAVC) e as empresas do transporte coletivo (Viação Cidade Verde e Viação Vitória). No final da tarde desta quarta-feira (4), as empresas convocaram a imprensa conquistense para afirmar que não há possibilidade de se avançar nas negociações do percentual do plano de saúde para os rodoviários.

Pelo menos é o que garante o negociador contratado pelas empresas, Victor Marcondes (a esquerda da foto), autor da frase de efeito do título do texto. Para ele, a implantação do plano, independente da participação percentual das empresas “é um avanço histórico, já que nunca houve um plano de saúde para os trabalhadores”. Marcondes ainda ressalta o reajuste de 9% nos salários e mais 11% no vale alimentação, além do aumento de 16% no combustível, para afirmar que “não há como conceder um percentual de mais de 10% no plano”. “O problema é que o sindicato não está argumentando as propostas, estão pedindo 50% e ponto final”, garante o representante das empresas.

Além disso, as empresas argumentam que não houve um acordo, em 2014, para que as empresas pagassem qualquer valor referente ao plano de saúde. “O que está na ata do Ministério [Público do Trabalho – MPT] é um compromisso para realizar um estudo para implementar o plano. Compromisso que foi cumprido desde julho do ano passado e finalizado no dia 17 de janeiro deste ano, com a definição do valor em R$ 81 para cada trabalhador”.

Por estas questões, os empresários afirmam que não há como aceitar qualquer tipo de pressão vinda do sindicato. “Se nós cedermos todas as vezes a esse rolo compressor, a cidade vai gemer”, finalizou o diretor da Viação Cidade Verde, Sergio Huber (a direita da foto).

Cidade Verde diz que rodoviários tem conduzido negociações de “forma arbitrária”

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 04 fev 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

cidade-verde-vitoria-onibus-151A Viação Cidade Verde divulgou nota de esclarecimento à imprensa sobre a negociação do percentual do plano de saúde dos rodoviários. No comunicado, a empresa lamenta “a forma arbitrária com que o Presidente do Sindicato [Alvaro Souza] vem conduzindo as negociações”. Segundo ela, o sindicalista vem “descumprindo ordens judiciais e tomando medidas que prejudicam a classe e, principalmente, a população”.

Confira a nota completa:

Diante das recentes paralisações articuladas pelo Sindicato dos Rodoviários, achamos por bem esclarecer os fatos ocorridos nos últimos dias.

Em nenhum momento as empresas Cidade Verde e Viação Vitória se recusaram a negociar com o Sindicato. Como é de conhecimento de todos os nossos colaboradores, as empresas já apresentaram proposta de negociação ao Presidente e até o momento não receberam uma resposta positiva.

Desde que iniciamos a nossa operação em Vitória da Conquista, cuidamos para ter uma relação respeitosa com nossos colaboradores, basta lembrar que praticamente todo o quadro de funcionários da Viação Serrana foi admitido e tiveram suas questões trabalhistas regularizadas.

Nunca é demais lembrar que em 2014, também após negociações, as empresas concederam aos seus colaboradores um reajuste de 9% nos salários e mais 11% no vale alimentação, benefícios que somados superam o dobro do INPC.

Ainda sobre esses reajustes, é importante salientar que eles ocorreram na data base (mês de maio) enquanto as tarifas só foram reajustadas no mês de novembro. Ou seja, durante sete meses as empresas tiveram que assimilar os custos desses benefícios sem receber nenhum tipo de contrapartida.

Outro ponto que não pode ser esquecido são os sucessivos aumentos nos custos dos combustíveis, que já chegam a 16% em menos de 90 dias, e que comprometem substancialmente a operação das empresas de transporte coletivo.

Por fim, lamentamos a forma arbitrária com que o Presidente do Sindicato vem conduzindo as negociações, descumprindo ordens judiciais e tomando medidas que prejudicam a classe e, principalmente, a população.

Impasse entre Rodoviários e patrões vai parar na Justiça; paralisações continuam

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 04 fev 2015

Tags:, , , ,


por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

DSC_2638

Mais um capítulo do imbróglio entre os rodoviários e as empresas do transporte coletivo foi escrito com uma nova paralisação nesta quarta-feira (4). Uma liminar da Justiça do Trabalho determinou o funcionamento de 50% da frota durante a mobilização dos trabalhadores.

Segundo o Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista (SINTRAVC), a decisão da Justiça foi respeitada na paralisação das 11h. “Colocamos os ônibus para circular como havia determinado a Justiça, mas com catraca-livre nas viagens do Centro para os bairros. Aí as empresas decidiram recolher os ônibus para a garagem”, afirmou o diretor de comunicação do SINTRAVC, Vadenir Evangelista.

Sobre a possibilidade da deflagração da greve, a partir das 17h de hoje, o sindicalista preferiu não confirmar. “Vamos conversar sobre isso mais tarde”, disse o Valdenir.

Sindicato deixa a cidade sem ônibus e pede desculpas

0

Publicado por Editor | Colocado em transporte, Vit. da Conquista | Data: 04 fev 2015

Tags:, ,


da Redação

GreveInaceitável a intransigência do SINTRAVIC, Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista – que vem comandando paralisações, evitando a circulação da frota de ônibus que integra o sistema de transporte coletivo da cidade.

A posição ensejou uma nota de repúdio da Viação Vitória e Cidade Verde. As Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Vitória da Conquista expressam repúdio ao ilegal movimento grevista deflagrado pelo Sindicato dos Trabalhadores no dia de ontem (segunda-feira), e também no dia de hoje (03), em face da ausência de notificação no prazo legal de 72 horas às concessionárias, bem como por utilizar de alegações e motivação inverídicas para justificar a greve.

Notícias dão conta que as paralisações continuarão caso as reivindicações apresentadas não sejam contempladas. Os sindicatos do Brasil estão desacreditados devido a posições, como esta,  que só penalizam a classe trabalhadora e grande parcela da sociedade são penalizadas. O sindicato ainda pede desculpas.

Vitória da Conquista amanhecerá pelo terceiro dia consecutivo sem ônibus

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 03 fev 2015

Tags:, , ,


por Mateus Novais

DSC_2650

Mais uma rodada de negociação entre patrões e rodoviários terminou indefinida nesta terça-feira (3). A reunião mediada pela Prefeitura Municipal não surtiu efeito e uma nova paralisação de ônibus foi deflagrada.

O diretor de comunicação do Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista (SINTRAVC), Vadenir Evangelista, informou que “a proposta das empresas [Viação Cidade Verde e Viação Vitória] se manteve nos mesmos 10%, e nós não aceitamos”. Em seguida, às 17h, os ônibus foram recolhidos e só voltam a circular às 19h, como prometido pela categoria.

Amanhã (quarta-feira), a cidade amanhecerá pelo terceiro dia consecutivo sem transporte coletivo. Os trabalhadores prometeram cruzar os braços entre às 5h e 8h. Uma reunião ocorrerá às 9h, ainda em local indefinido, mas os rodoviários acreditam que a greve é uma realidade. “Na quinta completa às 72 horas do prazo legal para notificação e as negociações não tendem a avançar”, alertou o sindicalista.

Nova rodada de negociação pode pôr fim às paralisações de ônibus

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 03 fev 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

DSC_2641

Como prometido, os rodoviários paralisaram as atividades às 11h desta terça-feira (3) contra a proposta de 10% de participação das empresas de ônibus no plano de saúde dos trabalhadores. A paralisação segue até as 14h. Porém, uma hora após o fim desta mobilização, uma nova rodada de negociação poderá por um ponto final no impasse do transporte coletivo.

DSC_2645A reunião solicitada pelo Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista (SINTRAVC) irá ocorrer na sede da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, às 15h. Os trabalhadores querem que as empresas custem mais da metade do valor do plano. “As empresas propuseram pagar somente 10%. Mas, com o salário que o trabalhador ganha hoje, não é possível custear 90% do total”, garantiu o presidente do Sintravc, Alvaro Souza.

Segundo cálculos do próprio sindicato, o plano de saúde custará R$ 81 por trabalhador ao mês. A intenção da categoria é que as empresas paguem 55% do valor total, ou seja, R$ 35.640. Os demais R$ 29.160 seriam descontados diretamente na folha de pagamento de cada um dos 800 rodoviários.

Se o impasse não chegar ao fim ainda hoje, uma nova paralisação deve acontecer entre às 17h e 19h. Persistindo, a categoria promete entrar em greve na próxima quinta.

Rodoviários prometem mais duas paralisações nesta terça (3)

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 03 fev 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

DSC_1285

Mais duas paralisações no transporte coletivo de Vitória da Conquista estão programadas para esta terça-feira (3). Em contato com o BLOG DA RESENHA GERAL, o Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista (SINTRAVC) informou que os ônibus deixarão de circular nos horários de picos.

Segundo o sindicato, a primeira paralisação ocorrerá das 11h às 14h e a segunda entre às 17h e 19h, momento de maior fluxo de passageiros, que estão saindo ou retornando do trabalho.

Ainda de acordo com o SINTRAVC, as paralisações só não ocorrerão, se as empresas retornarem à mesa de negociação com uma boa proposta de participação no plano de saúde da categoria. Na tarde da última segunda, as empresas ofereceram participação de 10% no valor do benefício, o que foi prontamente recusado pelos Rodoviários, que esperavam um repasse de 65%.

Anunciado com euforia há 1 anos, Bilhete Temporal Tarifário nasceu para não dar certo

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 03 fev 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

bilhetetug51mdMDDaqui a quase dois meses a cidade de Vitória da Conquista irá decretar a falência total do projeto Bilhete Temporal Tarifário. Prestes a completar um anos no dia 30 de março, apenas 125 mil viagens de ônibus, do total de 2,5 milhões, são feitas utilizando o “benefício” por mês. Os dados da própria Administração Municipal demonstram que apenas 5% do número total de deslocamentos do sistema de transporte coletivo municipal é feito com o Bilhete Temporal.

Diante dessa constatação, vale ressaltar quatro questões referentes ao Bilhete: 1º) o serviço não ‘chega aos pés’ do que foi prometido pela Prefeitura na época de seu lançamento; 2º) não se sabe quanto foi investido para implantação do projeto, que evidentemente não funciona; 3º) a promessa de recarga online e/ou na catraca, assim como outros benefícios, não foi colocada em funcionamento; e 4º) a desculpa da implantação do sistema, que acabaria reduzindo o lucro das empresas de ônibus, foi uma das explicações para o reajuste da tarifa em 15%, no mês de novembro do último ano. …Leia na íntegra