Com a palavra: O Leitor

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 27 abr 2015

Tags:, ,

FALTA DE TRANSPORTE COLETIVO, DE QUEM É A CULPA? – Episódio de hoje: VIAÇÃO VITÓRIA

Por Alexandre Marques

IMG_1523Vejamos mais uma vez como as coisas são engraçadas. Dia 24 de abril, um buraco enorme se abre em plena avenida Lauro de Freitas. O trânsito que já é ruim, ficou pior. Para completar, mais uma vez um fiscal da Viação Vitória, que fica no terminal da vila serrana a tarde, tirou um ônibus da linha, colocando-o para descer pela rua paralela à avenida principal, por onde ele deveria passar, e passageiros ficaram nos pontos mais uma vez esperando a boa vontade de outro ônibus aparecer. Chegando no terminal, foi feita uma reclamação junto aos fiscais da Prefeitura que lá ficam, mas atitude nenhuma fora tomada por parte da fiscalização.

Bem, chegou o dia 25 de abril. Esperávamos que iria ser um dia bom, com ônibus rodando, mas mais uma vez a Viação Vitória protagonizou uma verdadeira palhaçada: não pagou as prestações dos ônibus e a Justiça mandou que cinco veículos da marca volvo fossem apreendidos.

A Viação Vitória mais uma vez tirou o veículo da linha D37, contrariando a tabela de horário determinada pela Prefeitura, conforme o próprio site informa. Ou seja, outra reclamação sendo feita com os fiscais da Prefeitura. Porém, quando o referido fiscal dirigiu-se ao fiscal da empresa para indagar sobre o motivo da linha D37 só estar rodando com um veículo, o fiscal respondeu que, no sábado, a empresa só coloca um carro mesmo e pronto.

Então, como fica o passageiro sem o transporte nessa linha aos sábados? A Viação Vitória faz o que quer e o órgão responsável não toma nenhuma atitude. Até quando os passageiros irão sofrer com um tipo de empresa que desrespeita uma comunidade, desrespeita os seus funcionários e até mesmo o órgão a qual fiscaliza?

Não somos a favor jamais do transporte irregular (clandestino). Mas se hoje as vans estão fazendo este tipo de trabalho é porque a Prefeitura, e em especial a Viação Vitória, permitiu, com falta de veículos nas ruas para fazer um transporte decente e de qualidade.

Uma empresa que atrasa salários e tickets dos funcionários, disponibiliza veículos em péssima qualidade, colocam fiscais por conveniência e não por competência, fazem o que fazem com os passageiros e não é fiscalizada por quem deveriam ser, mostra que é mal gerenciada, que não tem uma administração competente.

Aí eu pergunto a todos os leitores: FALTA DE TRANSPORTE COLETIVO, DE QUEM É A CULPA? Da Prefeitura que não fiscaliza ou da empresa por má administração?

Os comentários estão encerrados.