Comerciantes não contemplados do Shopping Popular são despejados

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 30 mar 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

DSC_3822

As barracas da Feira do Paraguai começaram a ser retiradas da Praça Hercílio Lima, próximo ao Hospital São Vicente, na manhã desta segunda-feira (30). A ordem da Prefeitura Municipal é para que todas as barracas sejam desocupadas ainda hoje. Porém, 12 comerciantes que não foram contemplados nos sorteios do Shopping Popular estão sem saber o que fazer, já que não tem um local para trabalhar.

Como é o caso de Vanessa Pereira, que herdou a barraca de sua mãe, depois de mais de 20 anos na Feira do Paraguai. Ela diz que está angustiada, porque não sabe o que vai fazer de agora em diante. “A gente está sem resposta. Não sabe se vai ou se não vai [para o Shopping Popular]. E o pior é que a gente sabe que tem ponto sobrando lá. Nossa documentação foi entregue e eles só dizem que está em processo de análise”.

DSC_3826Outro comerciante que está nessa mesma situação é Murilo Santos. Ele diz que procurou por diversas vezes a Prefeitura e foi informado que uma solução seria dada até a sexta-feira passada, o que não aconteceu. “A Prefeitura falou que iria decidir para onde a gente iria, mas no sábado eles mandaram uma nota dizendo que teríamos 24 horas para retirar as mercadorias das barracas. Só que não deram nenhuma posição do que vão fazer com a gente”.

Por fim, dona Lorena Ribeiro, mãe de duas crianças, conta que alugou um ponto na Feira do Paraguai por 10 anos. E, com o anúncio do Shopping Popular, imaginou que as coisas poderiam melhorar, mas teve os sonhos frustrados. “Nós vamos todos os dias para a Prefeitura e eles falam que vai chegar essas cartas, e nunca chegam. Só que a gente precisa trabalhar. Como eu vou ficar com duas crianças dentro de casa sem trabalhar”.

Os comentários estão encerrados.