Considerada ilegal, associação de proteção veicular diz buscar regulamentação

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 05 jul 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG_4226

A Associação dos Proprietários de Motocicletas de Vitória da Conquista (Supermotos) emitiu comunicado sobre a condenação por comercialização ilegal de seguros automotivos. Na nota, a empresa diz estar recorrendo da decisão da Justiça Federal e, ao mesmo tempo, buscando a regulamentação da atividade.

“A Supermotos é filiada a FENABEN e a AAAPV, entidades de âmbito nacional que vem unido forças em todo Brasil para a regulamentação dessa atividade já que somos amparados pelo artigo quinto da Constituição federal, e essas entidades tem conseguido várias vitórias e juntos vamos consegui muito mais”, afirma a empresa.

Confira a nota na íntegra:

A ASSOCIAÇÃO SUPERMOTOS ABM, vem comunicar aos seus associados a respeito das notícias que têm sido veiculadas em alguns blogs da nossa cidade. Trata-se de uma ação promovida pelo sindicato dos corretores de seguros com o objetivo de paralisar as atividades das Associações de Proteção Veicular, essas ações tem ocorrido em todo o Brasil. NOSSO DEPARTEMENTO JURÍDICO ESTÁ TOMANDO AS DEVIDAS PROVIDÊNCIAS PARA DEFENDER OS INTERESSES DA ASSOCIAÇÃO E DE SEUS ASSOCIADOS.

Nesse momento, em nosso País, nos deparamos com várias ações que visam tirar a opção do povo de associar-se para proteger seus bens, as pessoas que procuram a Proteção Veicular fazem isso porque é a única opção que lhes restou, já que são excluídas do seguro convencional por vários motivos, as seguradoras não aceitam veículos mais velhos, pessoas com nomes negativados, cobram preços altíssimos para condutores jovens e também para quem mora em bairros periféricos ou que tenha altos índices de criminalidade, na verdade as seguradoras não querem esses grupos.

No caso dos motociclistas ainda é muito pior, no Brasil existem aproximadamente dezenove milhões e oitocentos e vinte mil motocicletas, desse total apenas 1.69% têm seguro, dando um total de trezentos e trinta e quatro mil e novecentos e cinquenta e oito motocicletas, ficando um total de dezenove milhões e quatrocentos e oitenta e cinco mil totalmente excluídas do seguro. Feliz daquela pessoa que mora em uma cidade que existe Associação de Proteção Veicular que através da ajuda mútua vai amparar essas pessoas excluídas.

Essa situação sensibilizou vários políticos preocupados verdadeiramente com o povo mais humilde, já temos alguns projetos de lei tratando dessa matéria, um que já foi aprovado e está na fase final é o do Senador Paulo Paim, outros dois que já foram protocolados e já estão tramitando um é o do deputado João Campos, de Goiás, e outro é do deputado Ezequiel Teixeira, do Rio de Janeiro, projeto de lei nº 5523/16 esse já conta com uma frente parlamentar de 240 deputados.

Sendo assim, vemos que há uma mobilização em todo país para que as Associações de Benefícios Mútuos sejam regulamentadas e continuem a cumprir a sua função social que é através do rateio de prejuízos prover benefícios a seus associados promovendo emprego, renda, desenvolvimento e inclusão social a comunidade onde atua. A Supermotos é filiada a FENABEN e a AAAPV, entidades de âmbito nacional que vem unido forças em todo Brasil para a regulamentação dessa atividade já que somos amparados pelo artigo quinto da Constituição federal, e essas entidades tem conseguido várias vitórias e juntos vamos consegui muito mais.

Acreditamos na justiça de Deus, acreditamos na justiça dos homens, acreditamos e confiamos no bom censo de nossos magistrados, agradecemos a todos associados que tem nos procurado e dado seu apoio. Vitória da Conquista 04/07/2016.

Os comentários estão encerrados.