Cori propõe união dos vereadores para reabertura do Centro de Cultura

0

Publicado por Editor | Colocado em Política, Vit. da Conquista | Data: 17 mar 2017

Tags:,

da Redação
Com informações da Ascom / Câmara Municipal (Conteúdo)

Na sessão especial de entrega da Medalha Glauber Rocha, parte da programação do Dia Municipal da Cultura, ocorrida nessa quarta-feira (15), o vereador Professor Cori (PT) reconheceu a importância da Casa da Cultura, uma das homenageadas, e afirmou que se trata de um justo reconhecimento. Para Cori a cultura é a espinha dorsal de um povo, “emprestando-lhe as características e as raízes do seu desenvolvimento como também para o seu crescimento intelectual e social”.

Em sua fala, Cori frisou que a medalha faz uma justa referência ao cineasta conquistense e mundialmente famoso Glauber Rocha. Lembrou que esse ano faz uma homenagem póstuma, dedicando a medalha ao produtor cultural Paulo Mascena, falecido recentemente, e que agora pode se tonar um símbolo da luta pela reabertura do Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, interditado há mais de três anos. “Que essa Casa possa ecoar voz e o que foi discutido aqui”, disse. Ele aventou a possibilidade de os edis destinarem parte das emendas impositivas para a conclusão das obras de reforma do Centro. “Se o governo do Estado não garantir que os 21 vereadores destinem parte das emendas impositivas”, sugeriu. O vereador propôs levantar o projeto técnico e o orçamento da obra.

O parlamentar ressaltou a riqueza cultural do povo brasileiro. “É o Brasil da folia de Reis, do bumba-meu-boi, do maracatu, da festa junina, do fandango, do carnaval, do carimbo, do boi-bumbá, do forró, das mais diversas manifestações”. Ele lembrou que a cultura é sinônimo de resistência e promove fortes laços nas relações humanas.

Os comentários estão encerrados.