Deputado sugere ao Governo da Bahia redução de secretarias para conter a crise

0

Publicado por Editor | Colocado em Política | Data: 15 ago 2013

Tags:, ,

da Redação

Corte anunciado em 10% dos 10 mil cargos de confiança é muito pouco

Heraldo RochaNo programa Resenha Geral da Rádio Clube FM (95,9), o jornalista Herzem Gusmão, vem insistindo na necessidade do governador Jaques Wagner reduzir o número de secretarias e cargos de confiança no seu governo. O governador Jaques Wagner (PT) recebeu a Bahia de Paulo Souto (DEM), com 20 secretarias, criou mais 11, e na atualidade são 31. Wagner colocou a Bahia em 2º lugar no Brasil em convocações sem concurso público de quase 10 mil pessoas ocupando cargos de confiança no governo. O gasto com publicidade é outro absurdo que deve ser cobrado do petista que comandada os destinos do estado. No ano de 2012, para impressionar o eleitorado, o gasto com propaganda chegou a R$ 161 milhões.

O deputado estadual Heraldo Rocha (DEM) passou a cobrar do governados medidas para o enfrentamento da crise:  “Por que o governador Jaques Wagner não aproveita a crise financeira para reduzir o excessivo número de 31 secretarias de seu governo?”, questionou o vice-presidente estadual do Democratas. Para o parlamentar baiano, essa seria a melhor posição para conter a gastança e desperdício de dinheiro público. A ponte de Itaparica, outra mirabolante peça de propaganda política do PT, foi condenada pelo deputado Heraldo Rocha. Mais de R$ 100 milhões sem gastos (jogado fora) só no projeto da ponte Salvador/Itaparica.

Os comentários estão encerrados.