Dia Interestadual de Protesto por Mais Segurança aconteceu na Bahia e em Sergipe

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Brasil, Economia, Segurança, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 06 ago 2014

Tags:, ,

Da Redação

Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região realizou ação na cidade.

protesto sindicato dos bancáriosAté o final do mês de julho, foram registradas 32 mortes relacionadas a assaltos envolvendo bancos em todo país, apontando um aumento de 39,1% nas ocorrências registradas desde 2011.

Na Bahia, a situação não é a mais animadora. Já são 141 casos de violência em ambientes bancários, quando, no mesmo período do ano passado, esse número chegava a 124. As explosões lideram a lista, com 100 registros, seguidos pelos arrombamentos (16) e os assaltos (9). As tentativas frustradas somam 16 ocorrências.

Pouco vem sendo feito para mudar este quadro. O governo da Bahia destina mais verbas à publicidade que à segurança: foram gastos R$625 milhões contra R$ 287 milhões, respectivamente, de 2007 a 2012 e os maiores bancos, mesmo com balanço positivo fechado em R$ 57,7 bilhões no ano passado, repassaram cerca de 5% à segurança e vigilância.

Para chamar a atenção do governo e dos banqueiros, e aderindo à proposta feita pelo Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região, os 12 sindicatos que compõem a Federação dos Bancários da BA e SE se mobilizaram ontem (05), no Dia Interestadual de Protesto por mais Segurança.

Esta ação já faz parte do calendário da Campanha Salarial 2014. De acordo com o diretor do SEEB/VCR, Sócrathis Rodrigues, o objetivo desta mobilização foi conscientizar. “Nós propusemos para que haja mais conscientização e cobrança por investimentos em segurança, não só por parte do estado, mas também dos bancos. 63% das cidades da nossa base já sofreram ações de criminosos, e em nossa região há agências que ainda não têm os equipamentos de segurança que são normatizados pela Polícia Federal, como porta giratória, câmera, vigilantes. Fiquei entusiasmado com a receptividade na mobilização de hoje e acho que teremos uma Campanha forte este ano”, conclui o diretor.

Os comentários estão encerrados.