Centro de Cultura conquistense deve terminar o ano ainda interditado

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Cultura | Data: 07 jul 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

Centro-de-cultura

O término da reforma do Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, em Vitória da Conquista está bem distante de ser finalizada. Nessa segunda-feira (6), o secretário de Cultura da Bahia, Jorge Portugal, detalhou os problemas enfrentados pela pasta para financiar ações em todo o estado. O atraso na obra interdita o principal espaço de cultura da terceira maior cidade desde setembro de 2013.

jorge-portugalEm entrevista ao Jornal A Tarde, o secretário revelou que não está tendo como fazer planejamento. “Estamos tocando as coisas a partir de conversas contínuas. A gente conversa com Bruno (Dauster, secretário da Casa Civil), Manoel Vitório (secretário da Fazenda). Eles abrem um pouquinho mais a torneira e a gente vai tocando as coisas, fazendo num ritmo que não é desejável, mas pelo menos não deixa de fazer”, disse.

Mas a expectativa do responsável pela pasta da Cultura é que as coisas comecem a melhorar nesse segundo semestre. Para quitar pendências, abrir novos editais e garantir o funcionamento das instituições culturais, Portugal conta com a renovação do Fundo de Cultura do Estado da Bahia. O valor é estimado em R$ 56 milhões, mas que será limitado em R$ 40 milhões pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LOA).

Mas a notícia ruim para os conquistenses é que o Centro de Cultura local não está entre as prioridades da Secretaria de Cultura. A prioridade “são coisas ligadas à Funceb, ao Pelourinho Cultural, que é dinâmica e não deve sofrer interrupção de forma alguma”, diz o secretário, que ainda tem como prioridades ações do Pelourinho Cultural e do Balé do Teatro Castro Alves.

Os comentários estão encerrados.