Diretora da Bahiafarma diz que unidade de Vitória da Conquista “era de iniciativa municipal”

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 21 ago 2014

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMAGEM_NOTICIA_5A diretora-geral da Bahiafarma, Julieta Palmeira (foto), afirmou que a unidade da empresa estatal em Vitória da Conquista “era de iniciativa municipal”. A declaração publicada em uma matéria do site Correio 24h, na última quarta-feira (20), contraria outra declaração que a diretora deu ao Portal Terra, no mês de junho.

Em matéria publicada no Terra e citada pelo Blog da Resenha, Julieta Palmeira, reclamou que estava “aguardando que o prefeito (Guilherme Menezes) nos repasse (o galpão), para a gente sair a campo para buscar os investimentos e transformar isso aí numa grande possibilidade de avanço biotecnológico”.

A reportagem do Correio 24h afirma que “como todo elefante branco, é difícil achar quem assuma sua paternidade. Não houve, por exemplo, resposta ao pedido de informação enviado ontem pelo CORREIO à assessoria de imprensa da prefeitura de Vitória da Conquista, cidade governada  por Guilherme Menezes (PT).”. E completa: “Entre os questionamentos enviados à prefeitura, a reportagem indagou a quem cabe a responsabilidade sobre a obra inacabada, o que será feito do espaço e, mais importante, qual a nova data prevista para conclusão do projeto. Procurada, a diretora-geral da Bahiafarma, Julieta Palmeira, se limitou apenas a afirmar que a unidade era de iniciativa municipal. Bem diferente do que diziam, em 2011, o secretário estadual de Saúde à época, Jorge Solla, e o então ministro Alexandre Padilha.”.

A estrutura da indústria foi anunciada pelo governador Jaques Wagner para funcionar em 2007, ano em que o governador tomou posse. O investimento seria em torno de R$ 18 milhões. Mas o prédio encontra-se entregue ao mato, esperando que as obras, licitada em junho de 2013, sejam finalizadas.

Os comentários estão encerrados.