Em Brasília, Prefeito busca aumento de recursos para a saúde

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 17 jul 2019

Tags:

da Secom/PMVC (Conteúdo)

Prefeito Herzem Gusmão destaca os avanços da saúde nos últimos anos

Cumprindo agenda em Brasília na última semana, o prefeito Herzem Gusmão se reuniu com o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta. Ao lado da secretária de Saúde Ramona Cerqueira, o prefeito apresentou o trabalho que o Governo Municipal tem realizado para melhorar a Saúde de Vitória da Conquista e solicitou o aumento de repasse de verbas para o município. O encontro ocorreu na última quarta-feira (10), por intermédio do deputado federal Elmar Nascimento.

“Por ser cidade polo da região, Vitória da Conquista acaba recebendo uma demanda enorme. Temos mais de 700 mil cartões SUS, com uma população de 350 mil habitantes. E a situação financeira ficou mais complicada após, recentemente, perdemos recursos para Média e Alta Complexidade com a reformulação da Programação Pactuada e Integrada (PPI). Por isso, estamos aqui para pleitear mais recursos e habilitações de novos serviços”, explicou o prefeito Herzem Gusmão.

Ainda em sua fala, o gestor também destacou que, mesmo diante das dificuldades, “estamos avançando na melhoria das unidades de saúde da família e aumentando a cobertura na Atenção Básica e tenho certeza que, com o estreitamento das relações com o Governo Federal, poderemos fazer muito mais”, concluiu.

Prefeito Herzem Gusmão, ao lado do Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e dos secretários municipais de saúde, Ramona Cerqueira, e da Transparência, Diego Gomes

Na oportunidade, também foi abordada a necessidade de priorização da Atenção Básica. “Com isso, estamos buscando atuar de maneira preventiva com o intuito de proporcionar mais qualidade de vida para a população e, assim, prevenir o surgimento de doenças”, destacou a secretária de Saúde, Ramona Cerqueira.

Também participaram do encontro, os secretários municipais de Comunicação, Mateus Novais, e da Transparência, Diego Gomes.

Os comentários estão encerrados.