Em convenção, PPS confirma apoio a Herzem (PMDB)

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 03 ago 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
fotos: Rafael Gusmão

DSC_05931

Em convenção realizada na noite desta quarta-feira (3), o Partido Popular Socialista (PPS) homologou a pré-candidatura de seus 31 pleiteantes à Câmara de Vereadores e o apoio ao pré-candidato a prefeito Herzem Gusmão (PMDB). A união do PPS com o PMDB para as eleições municipais tinha sido definida na última segunda (1º de agosto).

Segundo o presidente do PPS local, o médico Armênio Santos, a decisão foi tomada atendendo ao pedido de 96% dos candidatos da legenda que disputarão as 21 cadeiras do Legislativo Municipal. “Nestes dias em que me dediquei às minhas ‘chineladas’ por Vitória da Conquista, pude perceber como o nome de Herzem estava forte entre os eleitores. Então, como temos ideias semelhantes e a grande maioria do partido quis assim, estamos selando esta união por Conquista”, afirmou Dr. Armênio.

DSC_05791

O vereador Hermínio Oliveira, que faz parte do diretório da legenda, destacou as principais demandas que o partido vinha discutindo durante a fase de pré-candidatura de Dr. Armênio à prefeitura e que agora serão “intensificadas por Herzem”. “Temos a questão da barragem, que é uma obra de extrema urgência e que a Prefeitura tem que se articular com mais empenho. Temos o aeroporto e as UPAs [Unidade de Pronto Atendimento], que não avançam, e também o presídio, que não é inaugurado. São diversas obras espalhadas pela cidade que não saem do papel e só trazem prejuízo para o cidadão”, comentou Hermínio.

DSC_05971

Os apontamentos apresentados pelo PPS foram recebidos com “alegria”, apontou Herzem. “Como venho dizendo: não estamos discutindo nomes, nem cargos, estamos discutindo a cidade. E o PPS, com seus 31 soldados, estão apresentando opções para melhorar Vitória da Conquista”, desse. “Eu sabia que o PPS era grande, mas não conhecia sua real força. E é com essa força que enfrentaremos as dificuldades na Educação, Segurança e, principalmente, os problemas na Saúde.Estou muito feliz com essa união, que tem muito a oferece à Conquista”, finalizou Gusmão.

 

Os comentários estão encerrados.