ETE exala mau cheiro que é sentido na Uesb e Bem -Querer

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 12 ago 2013

Tags:, ,

da Redação

UESB e ETE são separadas por apenas 1 quilometro e 200 metros. Técnicos garantem que o problema será sanado

ETE FOTO

A nova ETE – Estação de Tratamento de Esgoto de Vitória da Conquista é considerada uma das mais modernas do país. Em recente visita, o diretor regional da EMBASA, José Olímpio e a engenheira sanitarista Kelly Galvão fizeram explanação de como funciona a estação. Na área principal da ETE, está fixado um grande painel com o fluxograma, que facilita a compreensão de leigos que visitam o local. É intenção da EMBASA e receber professores, estudantes e membros da sociedade interessados em conhecer a engrenagem de todo sistema.

Avaldo BBNa UESB, que fica apenas 1.200 metros de distância da ETE, o mau cheiro pode ser sentido. “Realmente existe um cheiro forte que exala em frente ao módulo Luizão. É desagradável e incomoda muito”, afirmou Catarine Rocha estudante de biologia. O professor da UESB, Avaldo Soares Filho (foto), afirmou não sentir o mau cheiro. “Tenho ouvido algumas pessoas reclamarem e acredito que seja um problema esporádico,” relatou. Já a moradora do povoado do Bem Querer, Maria de Lourdes, que fica na mesma região, diz que após a vinda da estação para as proximidades da pequena vila os moradores começaram a sentir um forte odor. “O mau cheiro é constante sendo percebido principalmente no final do dia.” diz.

Segundo informações dos técnicos, o problema será sanado quando for iniciada a captação do gás metano e o funcionamento do secador de lodo. Após o completo processamento dos dejetos será produzido adubo orgânico para plantações. Muitos produtores já manifestaram interesse em adquirir o produto para suas lavouras. A EMBASA não tem previsão de funcionamento dos equipamentos que significarão a conclusão do projeto e solução para o mau cheiro que exala incomodando os moradores das cercanias

Os comentários estão encerrados.