Ex-diretor do Conjunto Penal de Conquista confirma que detento da unidade foi assassinado

0

Publicado por Editor | Colocado em Segurança | Data: 30 mar 2017

Tags:, ,

Da Redação

Em entrevista ao Programa Sudoeste Agora desta quinta-feira (30), na Rádio Clube FM, o ex-diretor do Conjunto Penal de Vitória da Conquista, Major Souza Júnior, confirmou que o interno Luiz Augusto de Figueiredo Colombini, que morreu no dia 12 de fevereiro dentro da unidade, foi vítima de homicídio doloso.

“Após o laudo, chegou-se a conclusão de que ele foi espancado e morreu. O autor ou autores do homicídio ainda não foram descobertos”, disse o Major. Na época, a direção do presídio afirmou que a morte do interno aconteceu depois que o mesmo caiu do beliche onde dormia. O que foi contestado pelos familiares do detento, que relataram que, ao identificarem o corpo no IML, constataram diversos hematomas e cortes no rosto.

O Major Souza Júnior foi exonerado do cargo de diretor do Conjunto Penal nessa quinta (29). Segundo ele, a sua saída  foi um pedido seu, por almejar voos maiores para sua carreira profissional. O Major estava no cargo desde agosto de 2016, quando o novo presídio começou a funcionar. Quem assume a vaga é o Capitão José Oliveira Melo.

 

Os comentários estão encerrados.