Ex-esposa e emprega são suspeitas de “encomendar” o assassinato de advogado conquistense

0

Publicado por Editor | Colocado em Polícia | Data: 14 fev 2019

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

Da Redação

Nesta quarta (14), a ex-esposa do advogado conquistense Júlio Zacarias Ferraz, Glaucia Mara Ottan de Souza Machado, com a empregada doméstica dela, identificada como Maria Luiza Borges do Carmo. Elas são suspeitas de serem as responsáveis pela morte de Júlio.

O advogado desapareceu no dia 15 de janeiro e foi encontrado morto 20 dias depois. De acordo com a Polícia, Glaucia teria pedido para a funcionária dela encontrar homens para matar o ex-marido, porque não aceitava o fim da relação e queria os bens dele.

Maria Luiza confessou o crime e disse que foi obrigada pela patroa. Segundo ela, o serviço teria custado R$ 2 mil. A polícia informou que a mulher, no entanto, nega as acusações. 

Ainda segundo a polícia, dois homens são procurados pela morte do advogado. As identidades deles não foram divulgadas, mas a polícia informou que eles são de Feira de Santana. 

Os comentários estão encerrados.