Familiares de viciados em crack buscam internação à força em SP

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 21 jan 2013

Tags:, , ,

por Mateus Novais

crackA partir desta segunda-feira (21) começa o programa de internação compulsória de viciados em drogas, do governo do Estado de São Paulo.  Por causa da grande procura de familiares em busca de tratamento forçado a parentes que não largam o vício, há expectativa de filas.

O jornal Folha de S. Paulo publicou matéria em que afirma que muitos parentes de viciados em crack entraram em contato durante a semana passada. O Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas do Estado (Cratod), contará com um juiz, um promotor e um integrante da OAB para definir a necessidade de internação.

O governo estadual diz que tem capacidade para atender a demanda e que há cerca de 700 leitos no Estado para isso. O viciado pode, por exemplo, ser levado para ser internado em outro Estado.

A internação compulsória está prevista na lei de psiquiatria. Para que ela ocorra é necessário que um médico assine um documento indicando que o usuário precisa ser internado, mesmo contra a vontade. A Justiça decide se isso deve ou não ser feito.

Os comentários estão encerrados.