Fechamento do Colégio Estadual Nilton Gonçalves: governo diz que não voltará atrás na decisão; MP é acionado

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação | Data: 29 nov 2017

Tags:,

Da Redação


A Assessoria de Comunicação da Secretaria Estadual de Educação da Bahia comentou a decisão de fechar o Colégio Estadual Nilton Gonçalves. Por meio de nota, a pasta informou que a decisão da reestruturação da rede é resultado de um estudo minucioso da capacidade de atendimento das escolas públicas.

Conforme a nota, o Nilton Gonçalves vai continuar funcionando normalmente até o final do ano letivo de 2017. “Para o ano de 2018, os estudantes possuem vagas garantidas em colégios localizados a apenas 1300 metros de distância, sendo eles os colégios Estaduais Anísio Teixeira e José Sá Nunes, que possuem saldo de 1.337 vagas disponíveis, além de uma melhor infraestrutura da rede física para receber os alunos no ano letivo de 2018. Além destes, os colégios Kleber Pacheco de Oliveira e Doutor Orlando Leite, a 1.600 metros de distância, também ofertam ensino Fundamental e Médio e possuem 578 vagas disponíveis”.

Para pais, mães, alunos, professores, associações, sindicatos, políticos e intelectuais, o fechamento da unidade é arbitrária e causará muitos prejuízos. Por isso, criaram um coletivo em defesa do Colégio, que acionou o Ministério Público sobre a decisão do Governo de Rui Costa. Assim, já foi agendada uma reunião para o próximo dia 11 de dezembro, com todos os representantes da educação em Vitória da Conquista e do Estado.

A Câmara de Vitória da Conquista também realizará uma sessão especial para discutir o assunto no dia 5 de dezembro.

Os comentários estão encerrados.