Feirense empata com Madre de Deus na abertura do Baianão

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 16 jan 2010

Futebol Baiano

Num Estádio Jóia da Princesa praticamente vazio, o Feirense perdeu a grande chance de largar com triunfo no Campeonato Baiano de 2010 ao empatar com o Madre de Deus por 1 a 1, na tarde deste sábado, em Feira de Santana.

O resultado não agradou às duas equipes, que buscavam iniciar o Estadual com um triunfo. “Não podemos perder gols bobos nem um pênalti. Assim complica”, esbravejou o volante do Feirense, Germínio. “Poderíamos ter segurado resultado, mas não podemos lamentar. Temos um jogo importante na quarta”, retrucou Itamar, zagueiro do Madre de Deus.

As lamentações dos atletas não poderiam ter sido diferentes. Após um primeiro tempo de total domínio do Feirense, o resultado não saiu de um insosso 0 a 0, que deixou o treinador Zanata muito esperançoso. “Pelo volume de jogo que nós tivemos, merecíamos um resultado melhor. Vamos ter tranquilidade, pois estamos no caminho certo”.

Na etapa final, o Madre de Deus começou melhor e chegou ao gol aos 9 minutos. O zagueiro Itamar apareceu como elemento surpresa e cabeceou sem chances para o goleiro Tigre, abrindo o placar no Jóia da Princesa.

O Feirense não se abateu e chegou ao empate aos 26 minutos. Fernando aproveitou cruzamento de Sandro e mandou a bola para o fundo das redes de Delmir. Aos 43′, De Sá sofreu pênalti de Itamar, mas o experiente Marcos Neves acabou desperdiçando a oportunidade de virar o marcador.

As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira. Enquanto o Feirense encara o Bahia de Feira, no Jóia da Princesa, o Madre de Deus recebe o Fluminense no Estádio Municipal de Madre de Deus.

Feirense 1×1 Madre de Deus
Campeonato Baiano – 1ª fase – 1ª rodada
Data:
16/01/2010 (sábado), às 17h
Local: Estádio Jóia da Princesa, em Feira de Santana
Arbitragem: Moarcy Sobrinho Andrade Cruz, auxiliado por Antônio Fernando Santos Robeiro e Edson Oliveira
Público: 253 pagantes, para uma renda de R$ 2.690,00

Feirense: Tigre; Capone, Valdo, Sílvio e Sandro; Germínio, Fábio Santos, Breno (Jamaica, Téo) e Marcos Neves; Ricardinho (De Sá) e Fernando. Técnico: Zanata

Madre de Deus: Delmir; Rogério Rios, Roque, Itamar e Josean; Fernando, Yuri, Alan (Danilo) e Ederson; Simão (Arlisson) e Jhullian; Técnico: Aroldo Moreira

Escreva um Comentário

Faça o login para publicar um comentário.