Possibilidade de greve na Uesb pode ser abortada

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 29 maio 2013

Tags:, ,

Por Rodrigo Ferraz

00003456_1_20130529131321_28.05.13_ReuniaoGoverno_MD_AceitaProposta_pqNa noite de ontem (terça-feira) representantes de todas as universidades estaduais baianas, dentre elas a Uesb (Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia), conseguiram uma contraproposta salarial do governo que pode fazer com que o movimento recue e evite a greve.

Até o entendimento entre as partes foram necessários cinco meses de duras discussões com os representantes do governo e muito tensionamento nas negociações, principalmente nos últimos dois dias, em que foi preciso a mediação do Fórum dos Reitores.

Segundo a categoria, o governo sinalizou para a incorporação total do restante da Gratificação por Condições Especiais de Trabalho (CET) para este ano, sendo 9% em maio, 9% em novembro, e 5,20% em dezembro. A contraproposta assegura ainda o reajuste salarial, para todas as classes e níveis, de 7% para 2014, dividido em 4% para junho e 3% para dezembro.

Os comentários estão encerrados.