Hospital Esaú Matos realiza 1ª edição do projeto “Vem Neném”

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 20 jan 2019

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Banner.gif

Reprodução da PMVC

Curso integra política de humanização do hospital

Casais, em sua maioria, pais de “primeira viagem” esclareceram dúvidas sobre o antes e nascimento do bebê

Grávida de 23 semanas de Heitor, a auxiliar de escritório, Marlene Ferraz, está ansiosa com a chegada do primeiro filho. “É a minha primeira gestação. Então, estou muito inquieta, porque não é fácil, mãe de primeira viagem, tenho muitas dúvidas, como deve ser o repouso após o parto, o banho do bebê”, contou Marlene.

Boa parte desses questionamentos que tanto Marlene quanto seu marido Wellington Pereira tinham foram esclarecidas neste sábado (19). Ao lado de outros dez casais “grávidos”, em sua maioria, pais de “primeira viagem”, eles participaram do projeto “Vem Neném”, realizado pelo Hospital Municipal Esaú Matos.

Evento foi uma oportunidade para os pais esclarecerem as dúvidas com diversos profissionais

“Foi um dia produtivo, no qual não fomos para ensinar, mas para compartilhar e trocar com esses casais, experiências, conhecimento sobre as mudanças físicas e sentimentais que acontecem com eles em razão da chegada do bebê”, explicou a coordenadora de Humanização do hospital, Christianne Schettine.

Por isso, foram abordados nesta grande roda de conversa, temas como as modificações no corpo da mulher durante a gestação, a nutrição neste período, os sinais do trabalho de parto e como favorecê-lo, amamentação, os cuidados com o bebê e o papel do parceiro no pré-natal, no parto e puerpério.

“A gravidez pode tanto desencadear uma crise emocional para as gestantes, como inaugurar um potencial de adaptação e resolução de conflitos até então desconhecidos, daí a importância de estarmos aqui hoje conversando a respeito dos aspectos psicológicos da gestação para as mães e os pais”, comentou a psicóloga e palestrante, Sabrina Aguiar.

Durante encontro, psicóloga destacou o processo único pelo qual o casal passa

Stéphanie Lima foi outra mamãe que fez questão de participar do encontro. Grávida de 35 semanas, a psicóloga, que espera a primeira filha, Cecília, já havia participado da visita de vinculação, iniciativa que motivou a criação do “Vem Neném”, e viu no curso a oportunidade de adquirir ainda mais conhecimento.

“A visita é o primeiro momento para acessar o espaço, entender melhor a dinâmica e ter acesso aos profissionais para ser melhor orientada. E o curso complementa isso porque você tem um período maior e uma gama maior de profissionais trazendo informações que empoderam a mulher para que ela vivencie a gestação e o trabalho de parto de maneira mais tranquila, mais leve”, comentou.

O “Vem Neném”, como definiu o diretor-geral da Fundação de Saúde, Felipe Bittencourt, “é um projeto inovador para a rede pública de saúde”, que reúne casais do Pré-Natal de Alto Risco do Hospital e da Rede de Atenção Básica. Ele integra a política de humanização implantada pela Fundação no final de 2018.

Os comentários estão encerrados.